ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Gabriel Jesus erra pênalti, e Brasil perde para Argentina com gol de Messi

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

PM apreende munições e pólvora para arma de fogo em Tanhaçu

Fabrício Abrantes é o novo presidente do Democratas em Brumado

Previsão do tempo para feriadão é de céu claro com possibilidades de chuvas isoladas em Brumado

Policiais baianos recebem R$ 40 milhões em prêmio nesta quinta (14)

Conquista: Policia Civil diz que motorista de aplicativo e estudante foi morto a mando de traficante preso

Brumado: Com estimativa de renegociar dívidas, Prefeitura espera receber R$ 20 milhões

Conseg de Brumado visita instalações do Centro de Operações e Inteligência em Salvador

Pretos e pardos são maioria nas universidades públicas no Brasil, diz IBGE

Operação Proclamação da República reforça fiscalização nas rodovias federais da Bahia

Clínica Mais Vida-Endocrinologista destaca a importância de ampliação da atenção e conscientização sobre o Diabetes

Brumado: Cabeleireiro tem casa pichada no bairro do Hospital e teme ser possíveis ameaças

Brumado: Receita Federal e Ministério do Trabalho serão realocados para espaço da antiga Policlínica

Brumado: Após ter casa interditada, músico denuncia péssimas condições de casa alugada pela Prefeitura

Caetité: Operador morre após cair de pá carregadeira e ser atropelado pelo veículo

Celulares pré-pagos com cadastros desatualizados serão bloqueados

Homem é preso suspeito de comercializar anabolizantes e drogas sintéticas em Conquista

Fã que planejava 'se vingar' da cantora Simaria é preso


Bahia: Alunos terão 1h a mais de aula no Ensino Médio a partir de 2020

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A carga horária dos estudantes da rede estadual será ampliada em 200 horas, passando de 800 h/ano para 1 mil h/ano. A mudança, que será implantada a partir de 2020, está prevista na Lei nº 13.415/2017 que alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e estabeleceu uma mudança na estrutura do ensino médio em todo o país. Essa é a nova estratégia da Secretaria Estadual da Educação (SEC) para tentar melhorar o desempenho do Ensino Médio da Bahia. Segundo a pasta, ainda está em discussão se essa hora a mais será no começo ou no final das aulas. A inspiração para a mudança, surgiu analisando outros países. O prazo para a conclusão do estudo é novembro deste ano e não está descartada a possibilidade de contratar mais professores. O baixo desempenho do Ensino Médio na Bahia consta no Anuário da Educação divulgado anteontem, pelo movimento Todos pela Educação, em parceria com a Editora Moderna. O levantamento mostrou que apenas 4,7% dos estudantes desse ciclo de ensino têm proficiência adequada em Matemática.  O Anuário traz também que a Bahia é o 5º estado que menos investe por estudante, são cerca de R$ 3 mil por aluno. A SEC informou que o aporte financeiro por aluno é menor na Bahia na comparação com outros estados por conta da quantidade de estudantes, o que diminui o investimento per capita (por pessoa). 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário