ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Coordenador da 20ª Coorpin esclarece que incêndio causado por minerador na Chapada Diamantina 'pode não ter sido proposital'

Brumado: Funcionários relatam possíveis férias coletivas na Vix Logística, terceirizada da RHI Magnesita

Mais uma turma de motoristas de Brumado terminam curso do transporte coletivo de passageiros

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação da Aliança pelo Brasil

Medida Provisória permite que agências abram aos sábados e carga horária de bancários sobe

BR-101: Veículo com placas de Brumado se envolve em grave acidente na região de Laje

Livramento de Nossa Senhora: Polícia prende homem suspeito de iniciar focos de incêndio na Chapada Diamantina

Saúde do Coração - Clínica Mais Vida oferece exame de eletrocardiograma

Brumado: Enfermeira fala da importância da prevenção do câncer em trabalhadores e profissionais

Novembro Azul: Como anda a saúde dos homens? 97NEWS vais as ruas e ouve brumadenses

Prefeitura de Brumado lança campanha de descontos no REFIS 2019

Brumado: Motorista passa mal e capota veículo na Av. João Paulo I

Homem é preso suspeito de estuprar enteada de 14 anos em Contendas do Sincorá

Bolsonaro assina medida provisória que extingue o DPVAT a partir de 2020

Eleições 2020: Fabrício Abrantes visita comunidades na zona rural de Brumado

Brumado: Botijões de gás são flagrados sendo transportados irregularmente

PRF resgata aves silvestres transportadas irregularmente em bagageiro na BR-116 de ônibus

Conquista: Manifestantes lotam frente do Fórum da cidade e pedem justiça pela morte do estudante e motorista de aplicativo

Brumado: Superintendente de Trânsito desmente situação de 'bullying' na SMTT

Brumado: Moradores da Vila Presidente Vargas denunciam envenenamento de gatos


Após proibição da Justiça, Frank Aguiar obtém liminar para fazer shows

Foto: Divulgação

Apesar da Justiça ter proibido Frank Aguiar de realizar shows até o cumprimento de uma dívida, o cantor conseguiu reverter a decisão. A defesa dele entrou com uma liminar na noite de quarta-feira (19) e, nesta quinta (20), o desembargador responsável pelo plantão judiciário do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) entendeu que não há efetividade na proibição. "Mostra-se, ao menos por ora, que, muito embora o agravante não cumpra com sua obrigação de pagar o que é devido, impedi-lo de realizar eventos artísticos e/ ou ser contratado para tanto (aí incluída a questão de eventuais intermediações) é desnecessário", escreveu o magistrado na decisão. A proibição para Frank foi determinada na última sexta (14) no âmbito de um processo iniciado em 2001. Na ocasião, o juiz responsável decidiu que ele não poderia "realizar eventos artísticos sem expressa autorização do Juízo" e nem ser contratado, sob pena de multa de R$ 50 mil por evento para o músico e para o contratante. A decisão também determinou que o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) não pague "quaisquer valores relativos a direitos autorais" de Frank Aguiar e de sua empresa, a Frank Aguiar Produções Artísticas Ltda., devendo "depositá-los em conta judicial vinculada ao processo". Todo o processo é fruto de uma dívida do cantor com a DGB Logística (antiga Abril Music) por conta dos direitos autorais da música "Pé de Bode". O caso teve início com a dupla de compositores José Dercídio dos Santos e Aparecido Donizeti Feiria, que entrou na Justiça contra a gravadora por conta da inclusão de uma música deles em um disco de Frank Aguiar, com o crédito da composição para os autores Antonio Carlos e Jocafi. Posteriormente, a gravadora reconheceu o erro, pagou os devidos direitos e passou a incluir o crédito correto nas prensagens seguintes. No entanto, a empresa passou a cobrar os valores de Frank Aguiar, que assinou um contrato se responsabilizando por todas as questões referentes as direitos das músicas presentes no disco.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário