ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Privacidade de dados pessoais dos brasileiros pode ter sido violada pelo Google; diz Senacom

Idoso morre após ser agredido com golpes de facão depois de discussão com enteado

O grupo 'Arte na Praça' convida você e sua família para a 3ª Feira de Artes em Brumado

Bahia: Operação desarticula esquema que sonegou R$ 25 milhões em ICMS

Uso do biodigestor muda a vida das famílias de produtores rurais em Brumado

Clínica Mais Vida: Tremores nas mãos, eles podem ser sinais de que sua saúde precisa de cuidados

Logística Reversa: Alunos reciclam material de construção para reformar casa de moradora na zona rural de Brumado

Brumado: Recebimento itinerante de embalagens vazias de defensivos agrícolas acontece em setembro

Canil e Gatil ainda é um sonho para Brumado

Prefeitura de Brumado começa emitir Certificado de Cadastro de Imóvel Rural

Governo anuncia privatização dos Correios ainda este ano

Conheça o app 'Estacionamento Digital! O serviço de estacionamento rotativo fácil e rápido'

2ª Feira do Empreendedor será realizada no mês de outubro em Brumado

Protestos pela Bahia: Vanzeiros fecham rodovia BA-142 em Tanhaçu contra Lei sancionada por Bolsonaro

Clínica Master: Especialista em Ombro e Cotovelo

Brumado: Obras de duplicação da Ponte do Bairro São Jorge estão seguem cronograma

Plenário da Câmara aprova projeto que regulamenta a vaquejada

Brumado: 'Abate clandestino atrapalha comercialização da carne de cordeiro no município', diz produtor

Operação detecta dezenas de postos de combustíveis lesando consumidores na Bahia

Brumado: PM apreende homem após ameaçar ex-companheira no distrito de Itaquaraí


PF deflagra operação contra desvios em obras de calçamento em Itambé

Foto: Reprodução

Uma operação da Polícia Federal (PF) cumpriu mandados judiciais na manhã de quinta-feira (30) na cidade de Itambé. Denominada de “Pedra Afiada”, a operação decorre de uma investigação iniciada em 2017 que apura relações de uma empresa da região com a prefeitura de Itambé. Segundo a PF, a companhia venceu obras de calçamento da cidade, desviando recursos públicos, sem concluir as obras contratadas ou concluindo o trabalho parcialmente. A PF também informou que ao longo das investigações ficou evidente que a empresa servia apenas de “fachada” e que, na verdade, não havia concorrência nenhuma na licitação. Entre os anos de 2014 e 2015, a organização criminosa obteve contratos públicos, dos quais R$1.270.411,42 teriam sido desviados ou utilizados de forma indevida. São cumpridos 11 mandados de busca e apreensão, 10 mandados de medidas cautelares diversas da prisão e 12 mandados de intimação em Itambé e Vitória da Conquista. O nome da operação, Pedra Afiada, é uma dupla referência ao material utilizado para as obras – paralelepípedo – e representa também o significado de Itambé na língua Tupi. Os envolvidos responderão pelos crimes de organização criminosa, desvio de recursos públicos e fraude à licitação.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário