ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Homem de 64 anos morre ao se lançar em um foguete caseiro nos Estados Unidos

Bebê de um ano é internado com suspeita de coronavírus no sul da Bahia, diz Sesab

Ator da Globo abaixa cueca e dança para foliões em Carnaval

Homem vindo da Itália para o Brasil testa positivo para coronavírus

Brumado: Motociclista fica ferido em acidente na BR-030, próximo a fábrica de cimento

Brumado: Caçador foge da PM e abandona espingarda e munições

The Voice Kids: Ituaçuense se despede do programa com muita emoção

Clínica Mais Vida - reumatologista fala sobre diagnóstico e tratamento da fibromialgia

Milhares de prefeituras podem ter seus recursos da saúde bloqueados por falta de dados no SIOPS

Feminicídio cresce na Bahia e segue tendência nacional

Cerveja é a bebida favorita de 92% dos foliões brasileiros

Rio de Contas: Carro de passeio com quatro pessoas cai em ribanceira na BA-148

Consultório Júlio Santos: Glaucoma tem tratamento?

Mega-Sena: Prêmio acumula pela 16ª vez e vai para R$ 200 milhões

PodoClin: Dicas para pular o carnaval com unhas e pés bem cuidados

Governo monitora navios na costa brasileira para evitar entrada de coronavírus

RotSat: Rastreamento de veículos ou de sua frota!


Gasoduto de Ipiaú a Brumado segue em ritmo acelerado; projeto atenderá mineração, comercial e automotivo

Foto: 97NEWS

Está em andamento desde o ano passado, o Projeto do Gasoduto Sudoeste que terá aproximadamente 300 km de extensão e 10 polegadas de diâmetro. Será o maior gasoduto de distribuição do Nordeste e o segundo maior do Brasil. Orçada em R$ 430 milhões, a construção do gasoduto Sudoeste ligará os municípios de Ipiaú a Brumado, passando por Jequié e Maracás, entre outros. Sua construção irá contribuir para o desenvolvimento da região com o atendimento aos setores de mineração, industrial, e também comercial e automotivo. Segundo apurou o 97NEWS, as obras seguem em ritmo acelerado, com mais de 57 km de tubos já enterrados e mais 2,2 km prestes a serem colocados, entre as cidades de Itagibá e Jequié, a construção já passou de 50% de avanço físico. 

Foto: 97NEWS

O objetivo da Bahiagás é que, em breve, as empresas, o comércio, as residências e toda a população da região sudoeste possam usufruir dos benefícios do gás natural, podendo baixar os custos e movimentar a economia local. Na prática, o duto passará por 12 municípios, mas vai gerar impacto direto em 15 cidades do Sudoeste. A chegada do gás natural atenderá indústrias, postos de combustíveis, estabelecimentos comerciais, grandes mineradoras, hotéis e residências. Com estimativa de tempo de execução total de quatro anos, e está dividido em três etapas: Itagibá – Jequié; Jequié – Maracás e Maracás – Brumado.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário