ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Guajeru: Homem de 40 anos morre após passar a noite ingerindo bebida alcoólica

Gusttavo Lima toma atitude surpreendente ao levar bebida na cara durante show; veja o vídeo

Idoso de 76 anos é encontrado morto dentro de residência na cidade de Guajeru

Feriado de Corpus Christi e São João registrou 16 mortes nas rodovias estaduais, diz PRE

Super reflexo: Mãe salva filho de cair do quarto andar de prédio; veja o vídeo

Brumado: Escolas da rede municipal recebem projeto musical gratuito

Estudantes de engenharia se unem e revitalizam Apae em Brumado

Município de Caetité recebe 'Rota da Independência'

Ministro da Economia estima que preço do gás pode cair 40% em dois anos

Médicos brasileiros operam intestino de feto dentro do útero da mãe

Bandidos roubam R$ 12 mil em joias de salão de beleza em Brumado

Previsão do Tempo: Mínima pode chegar aos 12ºC na madrugada de quarta-feira (26)

Brumado: Prefeito terá que devolver mais de R$ 4 milhões com recursos pessoais

Serviço do Disque-Denúncia passa a ser disponibilizado na internet e permite envio de fotos e vídeos de suspeitos

Caetité: Família oferece recompensa para quem encontrar motorista desaparecido após roubo de veículo

Pai é preso após agredir com arma namorado da filha em Itapetinga

Sob vaias, Banda Calcinha Preta sobe ao palco em show na cidade de Dom Basílio

Livramento de Nossa Senhora: Motociclista morre em acidente na rodovia BA-152

Prefeitura de Brumado celebra termo com a Apae para atendimento especial com pessoas com deficiência

Iphan deseja declarar forró como patrimônio imaterial


Brumado: População cobra carro-fumacê após infestação de mosquitos

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A população brumadense está sofrendo com a infestação de mosquitos em todas as regiões da Capital do Minério. A proliferação do Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika, é uma das maiores preocupações dos moradores. Segundo eles, a ausência do carro Ultra Baixo Volume (UBV), conhecido como carro-fumacê, nas ruas tem contribuído para o agravo do problema. De acordo com Leonardo de Souza, morador do bairro São Felix, a prefeitura poderia amenizar a situação e usar o carro-fumacê no bairro. “Nós gostaríamos de saber porque o município não usa mais o carro-fumacê. Nunca mais vi esses veículos passando pelas ruas, e o pior é que todos os bairros da cidade estão empestados de mosquitos. Aqui no São Felix e Malhada Branca não é diferente. Dia e noite nós temos que lidar com essa situação. Os mosquitos não dão sossego”, afirmou. No bairro Dr. Juracy e São Jorge, a situação é a mesma. “Fizeram a limpeza nos bairros, mas mesmo assim os mosquitos estão tomando conta das residências e a infestação é intensa”, relatou o morador Henrique Gonçalves Amorim, que mora as margens do Rio do Antônio, onde a situação se agrava ainda mais, devido ao descarte de esgoto no leito do rio. Segundo o morador, a população necessita dos veículos destinados ao combate e à prevenção da dengue. “A Secretaria de Saúde alega que não se pode mais usar o carro-fumacê por uma recomendação do Ministério da Saúde. Mas eu pergunto, porque na cidade vizinha de Caetité está usando? Lá é diferente de Brumado?", argumenta Amorim. Gonçalves fez um apelo para que as autoridades deem suporte à sociedade. “Tenho notado que há anos os carros-fumacê não circulam por nenhum bairro de Brumado. E todos estão vendo que aumentou a quantidade do mosquito em nossa cidade”, concluiu.

Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) divulgou boletim que apresenta os dados de 2019, sobre as notificações da Dengue, Febre Chikunguya e doença aguda pelo vírus Zika. Segundo a Sesau, foram apresentadas a classificação final dos casos, bem como o coeficiente de incidência, calculado utilizando-se o número de casos prováveis dividido pela população da área geográfica, e expresso por 100 mil habitantes. Em 2019, foram registrados em Brumado 87 casos de dengue, destes, 13 foram confirmados e 23 descartados. As localidades com maiores ocorrência de notificação foram os bairros: São Félix, Santa Tereza, Centro, São José, Nobre, Mercado, Flores e Lagoa Funda. Em relação a Febre Chikungunya foram registrados 06 casos, destes, 4 confirmados. Os locais com registro foram os bairros: Baraúnas, Centro e Maria José Viana. Doença aguda pelo vírus Zika foram registrados 03 casos, destes, 01 confirmado no bairro Santa Tereza. Conforme a secretaria, para prevenção de novos casos, a pasta vem realizando desde o acompanhamento e monitoramento dos casos notificados  até campanhas de limpeza urbana para eliminação de depósitos em localidade com elevado índice de infestação, bem como palestras em escolas, associações rurais e urbanas, empresas e unidades básicas de saúde. 

 



Comentários

  • Maria Lima souza

    "Só na minha família confirmado 3 casos. Cabe a secretaria de saúde tomar todas as providências, carro fumaça e outras providências urgente."

Deixe seu comentário