ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Caixa inicia a programa de demissão voluntária para 3,5 mil funcionários

Mãe é filmada agredindo filha com chicote emprovisado; Polícia e Conselho Tutelar apuram o caso

Brumado: Município será contemplado com Programa de Triagem Auditiva Neonatal

Brumado: Comerciantes estão com medo da onda de furtos e assaltos no estacionamento do Mercado Municipal

Cantora Marília Mendonça recebe cheque sem fundo de R$ 130 mil após show

Restaurante serve por engano vinho de R$ 23 mil a cliente

Mau cheiro provocado por fezes de andorinhas gera queixas na região da praça da Prefeitura em Brumado

Brumado: Cejusc aplica 'Círculo de Construção de Paz' para a Vara dos Juizados Especiais

Presidente do Comdica participa de curso para o processo de escolha unificado para o Conselho Tutelar de Brumado

Brumado: Instrutor é acusado de 'estupro de vulnerável' por abusar aluno de 6 anos em escola da comunidade de Lagoa Funda

Caetité: Carro tem pane elétrica, bate em árvore e fica destruído

Conquista: Motorista é preso com mais de meia tonelada de maconha em caminhão na BR-116

Jovem suspeito de atirar em gerente da Real Calçados durante assalto em Salvador é preso

Brumado: PETO recupera moto roubada na região de Malhada de Pedras

Estudante de direito é preso após furtar produtos em supermercado no centro de Brumado

34 obras com recursos estaduais e federais estão paralisadas na Bahia

Dia do gari: Profissionais são conhecidos pela simpatia e irreverência em Brumado

Faculdade Pitágoras oferece oficinas gratuitas de capacitação profissional em Brumado

Justiça Eleitoral multa prefeito de Guajeru em R$ 10 mil

Gerente da Real Calçados em Livramento é baleado durante assalto a hotel em Salvador


Em decisão unânime, STJ decide libertar Temer e Coronel Lima

Foto: Reprodução

A 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgou por unanimidade, a procedência do pedido liminar do Habeas Corpus, do ex-presidente Michel Temer e do coronel reformado da PM João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, nesta terça-feira (14). Antônio Saldanha, ministro relator da ação, votou a favor da liberdade de Temer e o coronel Lima. Foi acompanhado pelos ministros Laurita Vaz, Rogério Schietti e Nefi Cordeiro, presidente da turma. Ficaram impostas as medidas cautelares de: proibir  que eles mantenham contato com outros investigados que não sejam da família; mudar de endereço; entregar o passaporte, além de manter os bens bloqueados até o limite de sua responsabilidade.

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário