ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Após pacientes testarem positivo para a Covid-19, nefrologista destaca protocolos no Instituto de Nefrologia

SEST SENAT vai realizar testes rápidos de covid-19 em 30 mil trabalhadores do transporte

Bate-papo sobre coronavírus domina conversas em apps de relacionamento

Bahia chega a 290 cidades sem transporte intermunicipal suspenso devido à Covid-19

Possível retorno às aulas na rede estadual de ensino em 22 de junho é falso; decisão ainda não foi tomada

Bahia: Governador fala sobre possível subnotificação nos casos de Covid-19: 'Números reais provavelmente são maiores'

Bahia: Procura por seguro-desemprego aumenta 113%

Brumado: Pedido de flexibilização dos serviços não essenciais da DPE é negado pela Justiça

Sobe para 16 o número de pacientes curados da Covid-19 em Brumado

Fabrício Abrantes, Move Mulher e bancada do DEM querem ampliar licença maternidade de servidoras para 180 dias

Barreira sanitária continua: Mais dois veículos foram retidos pelo transporte irregular de passageiros

11 bens minerais extraídos na Bahia coloca o estado na liderança nacional

Caetité: Em teste rápido, funcionários da INB testem positivo para a Covid-19

Brumado: Caminhoneiro com sintomas de Covid-19 passa mal na BR-030 e é socorrido pelo SAMU

Mais um ônibus é retido com 25 passageiros em Brumado

Número de mortos pelo coronavírus foi maior do que o esperado para 63% dos baianos

Brumado: Servidores públicos que pertencem ao grupo de risco serão afastados durante a pandemia

34ª CIPM: 31 policiais testam negativo para o coronavírus após colega contrair o vírus

Veja o número de casos e mortes por coronavírus no Brasil e na Bahia

Macaúbas: Paciente com Covid-19 morre após traumatismo craniano


Brumado: Sindicato diz que empresa contratada por prefeitura para privatizar os serviços de água e esgoto responde por fraudes em licitações

Foto: Reprodução

Neste fim de semana o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente no Estado da Bahia (Sindae), Erick Vinícius Félix Maia, soltou vários posts nas redes sociais relatando que a empresa mineira contratada pela prefeitura de Brumado para privatizar os serviços de água e esgoto, a Prefisan, responde por fraudes em licitações e diversas irregularidades. A polêmica da privatização do saneamento básico na Capital do Minério começou no fim de 2018, quando o prefeito Eduardo Vasconcelos, contratou a empresa Prefisan Ltda para realizar o plano municipal de saneamento e apresentar uma proposta de manifestação de interesse para entregar a iniciativa privada. Segundo o projeto, a nova empresa que assumir, poderá explorar pelos serviços em Brumado por trinta anos. Mas de acordo com o diretor, a empresa responde por diversas irregularidades no estado de Minas Gerais, inclusive na operação "Mar de Lama", movida pelo Ministério Público Federal (MPF) em 2017. Ainda segundo o sindicalista, a Prefisan é acusada ainda de assediar prefeitos no interior da Bahia. "No município de Caravelas e Prado por exemplo, as prefeituras defendiam o processo de licitação, alegando da mesma forma que o prefeito de Brumado, que várias empresas poderiam se habilitar e ofertar uma melhor proposta de tarifa e investimentos. Lá como em Brumado, foi a Prefisan que tinha feito o plano. Conclusão, apenas uma empresa apareceu para disputar. Sabe quem? A Prefisan, através de uma empresa chamada Sociene, que é sócia da Prefisan", disse na postagem Erick Maia. Que ainda completou dizendo no qual o processo de licitação do saneamento em Brumado não passa de um projeto obscuro. Em outro post, Erick Maia diz que a privatização do esgoto no Brasil, é um conto do vigário. De acordo com ele, as empresas privadas nunca entregam o que prometem, além disso, as tarifas sofrem reajustes de até 80% só no primeiro ano de concessão. "Com a privatização, além dos custos dos serviços que atualmente você paga, será embutido o lucro do empresário, e todos os postos de serviços que eles prometem sairão do seu bolso", relatou. No vídeo, o diretor diz ainda que com o fim do contrato com a Embasa, a prefeitura terá que indeniza-la imediatamente em R$ 40 milhões, que segundo Erick, o dinheiro sairá dos cofres público. "Será uma judicialização sem fim, onde a população será a maior prejudicada", afirmou o diretor do Sindae. 



Comentários

  • Jacson Correia Pereira

    "A privatização do saneamento básico em Brumado é a sede do gestor municipal. Convenhamos, o ano que vem tem eleições... Se a conta de água aumentar absurdos o povo de Brumado saberá dá o troco tanto ao executivo quanto ao legislativo. Tomara !!!! "

Deixe seu comentário