ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Caixa inicia a programa de demissão voluntária para 3,5 mil funcionários

Mãe é filmada agredindo filha com chicote emprovisado; Polícia e Conselho Tutelar apuram o caso

Brumado: Município será contemplado com Programa de Triagem Auditiva Neonatal

Brumado: Comerciantes estão com medo da onda de furtos e assaltos no estacionamento do Mercado Municipal

Cantora Marília Mendonça recebe cheque sem fundo de R$ 130 mil após show

Restaurante serve por engano vinho de R$ 23 mil a cliente

Mau cheiro provocado por fezes de andorinhas gera queixas na região da praça da Prefeitura em Brumado

Brumado: Cejusc aplica 'Círculo de Construção de Paz' para a Vara dos Juizados Especiais

Presidente do Comdica participa de curso para o processo de escolha unificado para o Conselho Tutelar de Brumado

Brumado: Instrutor é acusado de 'estupro de vulnerável' por abusar aluno de 6 anos em escola da comunidade de Lagoa Funda

Caetité: Carro tem pane elétrica, bate em árvore e fica destruído

Conquista: Motorista é preso com mais de meia tonelada de maconha em caminhão na BR-116

Jovem suspeito de atirar em gerente da Real Calçados durante assalto em Salvador é preso

Brumado: PETO recupera moto roubada na região de Malhada de Pedras

Estudante de direito é preso após furtar produtos em supermercado no centro de Brumado

34 obras com recursos estaduais e federais estão paralisadas na Bahia

Dia do gari: Profissionais são conhecidos pela simpatia e irreverência em Brumado

Faculdade Pitágoras oferece oficinas gratuitas de capacitação profissional em Brumado

Justiça Eleitoral multa prefeito de Guajeru em R$ 10 mil

Gerente da Real Calçados em Livramento é baleado durante assalto a hotel em Salvador


Brumado: Feijão e tomate estão entre os vilões do alto custo da cesta básica

Foto: 97NEWS

A cesta básica está mais cara em Brumado e quanto mais a gente trabalha, menos vale o nosso dinheiro. Entre os principais vilões da cesta estão o feijão e o tomate. A conta está mais cara. Quem faz feira todo mês, já percebeu o aumento nos preços. O 97NEWS fez uma pesquisa de preços pela cidade, e a média de preço da cesta básica está entre R$ 180 a R$ 300. Isso levando em consideração apenas os produtos mais básicos (feijão, arroz, macarrão, óleo de soja, farinha, açucar, verduras, produtos de limpeza e higiene pessoal). O feijão é o grande vilão da cesta básica desde quando começou o ano, mas não foi o único. O segundo lugar nesta lista é de um velho conhecido, o tomate. O ideal é diminuir o consumo dos produtos que tiveram uma alta muito grande nos preços, mas como tirar da lista itens como o tomate e o feijão? Por isso é tão importante ficar de olho na oscilação de preços. Pesquisar é outra coisa importante. 

Foto: 97NEWS

O tomate, que antes era vendido por cerca de R$ 3 o kg, chega a custar R$ 6 em estabelecimentos comerciais da cidade. Segundo feirantes, a baixa produção do legume, alavancou o preço do produto. “Esses preços podem variar, mas a tendencia é que até junho, o valor do tomate possa cair ao consumidor final”, relatou o vendedor Gilmárcio Ramos, que compra a caixa de tomate a R$ 80 na feira livre. Já o feijão, a nossa equipe registrou preços de até R$ 8 o quilo. Segundo donos de supermercados, o aumento no preço se deu por conta da seca e da defasagem no valor do alimento. Até a metade do ano, os empresários acreditam que o principal atrativo do prato do brasileiro passe a custar entre R$ 4 a R$ 5.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário