ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Barreira sanitária continua e apreende mais veículos clandestinos em Brumado

11 bens minerais extraídos na Bahia coloca o estado na liderança nacional

Caetité: Em teste rápido, funcionários da INB testem positivo para a Covid-19

Brumado: Caminhoneiro com sintomas de Covid-19 passa mal na BR-030 e é socorrido pelo SAMU

Mais um ônibus clandestino com 25 passageiros é apreendido em Brumado

Número de mortos pelo coronavírus foi maior do que o esperado para 63% dos baianos

Brumado: Servidores públicos que pertencem ao grupo de risco serão afastados durante a pandemia

34ª CIPM: 31 policiais testam negativo para o coronavírus após colega contrair o vírus

Veja o número de casos e mortes por coronavírus no Brasil e na Bahia

Macaúbas: Paciente com Covid-19 morre após traumatismo craniano

Brumado registra 40 casos de Coronavírus e 25 pacientes estão com o vírus ativo

Brumado: Mais um profissional de saúde do hospital municipal testa positivo para o novo coronavírus

Brumado: Pré-candidato a prefeito Alessandro Lobo é condenado a 8 anos de inelegibilidade por abuso de poder econômico

Brumado: Câmara aprova requerimento 05/2020 que prevê a devolução de quase R$ 800 mil ao Executivo

Brumado: Enfermeira da UTI testa positivo para Covid-19

Funcionários da Assembleia Legislativa da Bahia testam positivo para Covid-1

Brumado: 'Cuidem de nossas famílias' cobra diretor da CDL ao destacar relaxamento da população no combate a Covid-19

Mortes por Covid-19 no Brasil dobram em 16 dias, chegando a 30 mil

Brumado: Número de casos da dengue chega a 294; 13 possuem sintomas grave da doença

Otorrino da Clínica Mais Vida chama a atenção para a essencial importância do uso da máscara


Em vídeo, pai denuncia falta de médico para atender filho no Hospital Professor Magalhães Neto

Foto: 97NEWS

Em um vídeo que circula pelas redes sociais um homem denuncia a falta de médico no Hospital Municipal Professor Magalhães Neto (HPMN), em Brumado. As imagens foram feitas na manhã desta segunda-feira (22), quando o filho não foi atendido na unidade após uma madrugada de muitos vômitos e tosse com catarro. Procurado pelo 97NEWS, o pai da criança, Ricardo dos Santos, de 33 anos, relatou que seu filho de 3 anos, durante a madrugada apresentou um quadro de fortes tosses com catarro e vômitos. Como não era um horário comum que ele pudesse procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS), ele foi direto ao hospital, entendendo que o caso do filho poderia ser grave. “Cheguei na unidade às 3h30min, fiz a ficha, e em seguida passei pela triagem. A enfermeira mandou que eu aguardasse. Assim eu fiz, mas as horas foram passando e nada de meu filho ser chamado pelo médico de plantão", relatou Ricardo, que informou ainda que não havia mais ninguém à espera de atendimento na recepção. "Fui até a recepção e comentei com a atendente, se o meu filho não seria chamado, ela então me respondeu que dependeria da triagem. Foi quando resolvi esperar mais um pouco", comentou o músico. Cansado de esperar pelo atendimento, ele acrescentou que as 05h30min resolveu ir embora com o filho. "Muitos me perguntaram, porque eu não entrei a força, não briguei por atendimento, e posso afirmar aqui, jamais eu faria isso, porque não é do meu ensinamento, tenho ética”, afirma Ricardo, destacando que não culpa o funcionalismo púbico pelo caos na saúde, e sim de um sistema que começa lá em cima. "Os guardas, o pessoal da recepção, enfim eles não tem culpa. mas eu queria saber da direção do hospital ou da Secretaria de Saúde o que realmente aconteceu nessa madrugada de domingo. Se aparentemente não houve nenhuma emergência no hospital", disse ao 97NEWS. Já em casa o músico disse que medicou o filho por conta própria, e se caso a criança não melhorasse, ele teria que procurar um médico particular.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário