ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Construção de sede da Unidade do Corpo de Bombeiros em Brumado aguarda liberação do Grupamento de Bombeiros de Vitória da Conquista

Conquista: Aeroporto Glauber Rocha marca nova fase no turismo de negócios

Brumadense que pesava 140 kg, perdeu 50 kg com exercícios e dedicação

Morro do Chapéu: Caçador mata jiboia de 3 metros em e encontra veado na barriga

Brumado: Secretário diz que ponte entre os bairros Dr. Juracy e São Jorge tem previsão de entrega para três meses

Brumado: Justiça Estadual realizará leilão de imóveis e veículos no dia 25 de julho

Líder de grupo terrorista revela plano para matar Presidente da República, diz revista

Homem arranca órgão genital do amante da esposa com tesoura após flagrar traição

Reumatologia é na Clínica Master com Dr. Kayson Lima

Brumado: Escritor José Walter lança mais dois livros; 'Bissextas' e 'Cartas Trocadas'

Inusitado: Motorista abandona carro após ser parado em blitz na Praça da Prefeitura, em Brumado

Aeroporto Glauber Rocha: Presidente Bolsonaro rebate; 'Dinheiro é do povo, não meu, nem de Rui Costa'

Animal solto na pista causa acidente e deixa motociclista ferida no anel viário da BR-030, em Brumado


Bahia: Avô manda matar neto para ficar com a mulher dele

Foto: Divulgação l Polícia Civil

Na última sexta-feira (12), a Polícia Civil desvendou a morte do jovem Leandro dos Santos Adorno, de 27 anos, encontrado morto com uma cruz feita no tórax  e com várias perfurações no rosto provocadas por golpes de faca. O crime aconteceu em outubro de 2018 no distrito de Ipuaçu, em Feira de Santana. Segundo a Polícia Civil, foram realizados três mandados de prisão preventiva. Conforme as investigações, o avô da vítima, Antônio Dionísio Correia dos Santos é o mandante do crime. De acordo com delegado, Fabrício Linard, o avô planejou o assassinato, e encomendou a morte do neto por ciúmes. “Ele nutria uma paixão não correspondida pela companheira da vítima e tinha muito ciúmes dela”, destacou. Além de Antônio Dionísio, que é avô, também foram presos, Wilson Santos Rodrigues e Leandro dos Santos Vasconcelos. Eles foram presos e levados para o Presídio Regional de Feira de Santana, onde permanecem à disposição da Justiça. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário