ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Contendas do Sincorá: Policiais civis da 20ª Coorpin prendem falsa médica que atuava de forma ilegal na Região Sudoeste

Brumado: Idoso morre ao ser atropelado por moto no bairro São Jorge

Brumado: Golpistas usam nome de mulher que teve casa incendiada no Brisa 1 para pedir no comércio

CICOM de Brumado auxilia no resgate com casal de turistas perdidos em trilha da Chapada Diamantina

Brumado: 'Nem abaixo assinado resolveu', dizem moradores do Apertado do Morro cobrando melhorias para o bairro

Brumado: Prefeitura concede alvará para início das obras da faculdade de medicina

TSE aprova normas para Eleições Municipais em 2020

Brumado: Bandido se passa por paciente, fica em fila e tenta roubar idoso

Clínica Master realizou workshop: ‘Saúde Ocupacional e o Faturamento de Sua Empresa’

Brumado: Em busca do selo Unicef, audiência pública debate o papel de meninas e mulheres como líderes

Adolescentes são suspeitos de estuprar menino de 7 anos em banheiro de escola em Vitória da Conquista

Grupo discutirá extinção do Nasf na Câmara de Vereadores

Barragens de Rio de Contas e Paramirim estão com estruturas comprometidas, aponta ANA

Brumado: Moradores da comunidade do Jatobá apontam abate clandestino de suínos e caprinos


Conquista: Polícia procura homem que ateou fogo em ex; mulher teve queimaduras de 3° grau

Foto: Reprodução l TV Sudoeste

Um homem que ateou fogo na ex-esposa em Vitória da Conquista, é procurado pela Polícia. Segundo o site Bahia Notícias, o acusado, identificado como Mário Batista dos Santos, está foragido desde o dia 8 de dezembro do ano passado. O caso que deixou queimaduras de até terceiro grau na mulher – que não quis se identificar por temer pela própria vida – foi divulgado nesta semana. Segundo a Polícia, a vítima, que tem 30 anos, chegou a ficar internada por mais de dois meses. Ela conta que o ex-companheiro não aceitava o fim do relacionamento e em uma discussão disse que queria matá-la. Segundo a polícia, Mário Batista tem passagem pela polícia pelos crimes de receptação, roubo, furto e formação de quadrilha. Agora, ele também vai responder pelo crime de lesão corporal de natureza gravíssima. A pena neste caso é de até oito anos de prisão. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário