ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

PRF de Minas Gerais apreende carga de maconha que seria entregue no município de Guanambi

'Não é assédio, é importunação sexual', campanha busca mudança de comportamento dos homens no Carnaval

90ª Zona Eleitoral de Brumado está de olho nos eleitores que realizam transferência de domicílio às vésperas das eleições

PRE inicia operação especial de fiscalização durante o carnaval 2020

Bahia encerra último ciclo da biometria com alcance de mais de 83% do eleitorado

Sem carnaval, foliões de Brumado buscam alternativas em outras cidades

Paralisação: Professores estaduais vão às ruas de Brumado em protesto contra cortes de Rui Costa

Carnaval 2020: Latinhas de cerveja podem conter até 45 mil bactérias e 9 mil fungos

Chapada Diamantina: Rio de Contas se prepara para o Carnaval 2020

Voluntários da Capelania Hospitalar animam rotina no Hospital Público de Brumado

Crea realizará ação especial de fiscalização no mês de março em Brumado e Região

Brumado: Obra da prefeitura quebra tubulação de água da Embasa e moradores do Apertado do Morro estão há vários dias sem abastecimento

Conquista: Familiares acompanham drama de jornalista baleada na França

Brumado: Polícia Civil está de olho em lojas de assistência técnica para celulares

Lúpus – doença autoimune que afeta mais comumente as mulheres

Brumado: Professores da rede estadual paralisam atividades hoje (18) e só voltam depois do carnaval

Brumado: Em menos de três horas, dois acidentes são registrados na Avenida Lindolpho Azevedo em noite de cavalgada

Com aulas gratuitas de marcenaria e pintura, ONG ensina arte à crianças e idosos de Brumado

APDEMB lança edital de convocação da Eleição para escolha da nova diretoria em Brumado

Brumado: Moradores pedem sinalização em cruzamento perigoso no bairro São José


Ex-presidente Temer vira réu no caso de ex-assessor com mala de R$ 500 mil da JBS

Foto: Reprodução

O ex-presidente Michel Temer (MDB) agora é réu por corrupção passiva no caso em que o ex-assessor dele, Rodrigo Rocha Loures, foi flagrado com uma mala de R$ 500 mil da empresa JBS. A decisão foi tomada pelo juiz Rodrigo Bentemuller, da 15ª Vara da Justiça Federal em Brasília, na quinta-feira (28), segundo informações da Globo News. O juiz aceitou uma denúncia que havia sido oferecida pelo Ministério Público Federal em Brasília. A mesma denúncia tinha sido apresentada em 2017, quando ele ainda era presidente, no entanto, a investigação foi barrada pela Câmara. Segundo o documento, o dinheiro era propina para o grupo político de Temer.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário