ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Conquista: Jovem cai de estrutura do Centro Cultural Glauber Rocha e morre

Brumado: Alunos da APAE recebem carinho, amor e muita animação com a festa de Carnaval

Rio de Contas: Primeira noite de carnaval segue tranquila e teve apenas 12 infrações, diz PRE

Aluna sofre parada cardíaca em escola e morre na cidade de Caculé

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Porto Seguro é segundo destino mais procurado no Carnaval da Bahia

Brumado: 'Placa indica pavimentação em rua do bairro Rodoviário, mas ela nunca chegou', afirmam moradores

Procurado por latrocínio na região de Brumado é inserido no 'Baralho do Crime', informa SSP-BA

Brumado: Dois meses depois de ter casa atingida por incêndio, com ajuda da população, moradora consegue reerguer moradia

Saiu mais um ganhador do 'Show de Prêmios' da Locar Rápido!

Brumado: 'Não é censura à imprensa', diz defensor público estadual sobre nova lei de 'Abuso de Autoridade'

Câncer de vesícula biliar – doença silenciosa – previna-se

Brumado: Prefeitura e Câmara decretam Luto Oficial de 3 dias devido ao falecimento de Mestre Eufrásio

Fundação Getúlio Vargas aponta aumento de extrema pobreza com cortes no Bolsa Família

Bebê nasce com cara de 'brava' e imagem viraliza na internet

Conquista: Motorista de app pede ajuda aos Bombeiros após carro ficar ilhado com chuva

Brumado: Paralisação dos professores estaduais entra no terceiro dia; categoria comemora com 'Carnaval de Protesto'

Trio elétrico completa 70 anos de desfile no carnaval da Bahia

Aos 94 anos, morre em Brumado um dos primeiros mestre de obra da cidade, o Eufrásio Meira'

Brumado: PETO apreende veículo com documentação irregular no bairro São Felix


Nova Zelândia: Ataques a duas mesquitas deixam mais de 40 de mortos

Foto: Reprodução l Mark Baker/AP

Ataques a tiros simultâneos contra duas mesquitas na cidade de Christchurch, na ilha sul da Nova Zelândia, deixaram 49 mortos e 48 feridos nesta sexta-feira (15). Os alvos dos ataques foram as mesquitas de Masjid Al Noor, ao lado do Parque Hagley, e de Linwood, que estava lotada com mais de 300 pessoas, reunidas para as tradicionais orações do meio-dia de sexta-feira. Os detidos são três homens (um deles seria australiano) e uma mulher. Segundo o G1, a polícia local informou, porém, que não está descartada a hipótese de que outros criminosos estejam envolvidos e foragidos. Nenhum dos suspeitos sob custódia estava em listas de observação da polícia. Dos 49 mortos, 48 morreram no local e apenas um chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu. Entre os feridos, há crianças e adultos. O governo informou que 12 dos feridos estão em estado grave e precisaram passar por cirurgias. A dinâmica dos atiradores ainda não está clara. Porém, o primeiro relato de ataque foi na mesquita de Al Noor, na região central da cidade. Um homem com um rifle automático invadiu o prédio 10 minutos após o início das orações, que começaram às 13h30 desta sexta-feira (por volta das 22h30 no horário de Brasília). Quarenta e uma pessoas morreram no local. Com uma câmera instalada em um capacete, o criminoso conseguiu transmitir o massacre, ao vivo, pelo Facebook. O vídeo mostra que ele atirou indiscriminadamente contra homens, mulheres e crianças enquanto caminhava. Conforme o G1, depois dos ataques, os policiais também esvaziaram a Cathedral Square, onde um grupo de estudantes realizava uma manifestação pedindo ações contra o aquecimento global. As pessoas que moram e trabalham na região foram orientadas a permanecer dentro dos prédios e não circular pelas ruas. Todas as escolas de Christchurch foram fechadas, e os pais de cerca de 750 alunos, entre crianças e adolescentes, receberam mensagens avisando que seus filhos estavam em segurança. Várias estradas da cidade foram fechadas e seguem em monitoramento. A polícia orientou para que todas as mesquitas do país fechassem suas portas até novo aviso.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário