ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Assinatura para construção do Porto Sul em Ilhéus poderá gerar novos empregos em Brumado e região

Inovare Odontologia e Saúde: Um novo conceito em Brumado

Conta de luz vai subir com alta de até 50% no valor das bandeiras tarifárias

Projeto Parceiros da Alfabetização é desenvolvido por educadora Daniela Dias na cidade de Tanhaçu

Solidariedade: Brumadenses dão um show e campanha para a garota Naiara arrecada cerca de R$ 11 mil

Caso a regra passe a valer, eleições de 2020 serão canceladas e prefeito Eduardo Vasconcelos terá seu mandato alongado até 2022

Após assassinar ex, homem invade igreja e mata mais três

Colisão entre duas motocicletas deixa dois feridos na BA-148, em Brumado

Brumado: 1ª Promotoria de Justiça solicita aos idosos que tiveram o direito de passagens negado pela Viação Novo Horizonte compareçam ao MP

Brumado: 22 de maio, 2 anos sem o radialista 'Maluco do Veneno'

Enterro de PM lotado na 34ª CIPM é marcado por várias homenagens em Brumado

Em greve há 43 dias, professores da Uneb decidem manter paralisação

Wi-Fi para todos: A conectividade sem fio chegou a Viação Catarino

Sem papas na língua: Faustão anuncia fim do 'Domingão' em 2022 e tem contrato milionário revelado

Brumado: Cejusc ministra palestra para os assistidos do CRAS Yolanda Pires

Brumado: Prefeitura Municipal realizará leilão de equipamentos, veículos e outros bens

Lavrador de 51 anos tem pedra de 1,3 Kg e 18 cm retirada da bexiga durante cirurgia na Bahia

Governador defende discussão sobre cobrança de mensalidade em universidades públicas da Bahia

Operação da PF prende grupo que fornecia drogas para Bahia e Espirito Santo

Brumado: Homicídio é registrado no bairro Dr. Juracy na manhã desta terça (21)


Goleiro da Chapecoense se envolve em briga com ex-namorada em Espinosa; caso repercutiu na mídia nacional

Foto: Reprodução

O goleiro da chapecoense, Gilsivan Soares da Silva, 35 anos, se envolveu nesta quarta-feira (13) em discussão com ex-namorado na cidade de Espinosa (MG) e, o caso repercutiu na mídia nacional. Segundo informações apuradas pelo 97NEWS, Ivan Soares, como é conhecido na "Chape", estava passando alguns dias em sua terra natal, Espinosa, Norte de Minas, tentando reatar o namoro com sua ex-namorada identificada como Laíse, de 30 anos. Conforme relata o próprio goleiro, ele suspeitava que sua ex-namorada tivesse um relacionamento amoroso com outro rapaz, e tentou se certificar da relação. Segundo o goleiro profissional da Associação Chapecoense de Futebol, de Santa Catarina, ele voltou a cidade para se aproximar da ex. "Retornando de uma cidade vizinha, a mãe dela me indicou um padre, porque eu fiz muita besteira com Laíse, e eu queria mudar. Porque gostava dela. Ai então a mãe dela me indicou um padre em Porteirinha, quando eu liguei pra Laíse para que ela fosse comigo, ela informou que não poderia ir porque estava na manicure. Achei estranho. Foi quando fui até o local, porque já sabia onde era, me deparei com um rapaz ao lado dela, bem coladinho. Foi quando eu perguntei aos dois se eles estavam ficando. E eles responderam que não. Mas eu duvidei, e peguei o celular dela. Mas como não tinha a senha, acabei voltando e insistir para ela por a senha, foi quando nós acabamos discutindo, houve um empurra-empurra, e nós caímos ao chão", relatou o goleiro. 

Foto: Reprodução

Mesmo assim ele não conseguiu. Já saindo do local, o jogador afirma que sua ex-namorada pegou uma faca e tentou acertar ele. "A faca pegou na camisa, e não me atingiu. Depois disso sair correndo para casa da minha tia", comenta. Segundo Ivan, na casa da tia, ele conseguiu lembrar a senha e viu todas as informações que comprovavam o envolvimento da ex-namorada com outro rapaz. "Eu só queria descobrir a verdade e, descobrir. Não queria matar ninguém como falam por ai. Só tentei me aproximar. E já foi tudo resolvido, o pai dela me ligou pediu desculpa, o mesmo eu fiz, sabendo que errei, também pedi desculpa", relatou o goleiro. Em nota nas redes sociais, a ex-namorada do goleiro, lamentou o episódio e disse que a imprensa nacional distorceu o caso. "Eu, Laíse, esclareço que a reportagem nacional veiculada sobre os fatos ocorridos em 13 de março de 2019 na cidade de Espinosa, foi relativamente distorcida, na medida que Ivan não me feriu com faca ou qualquer outro tipo de arma. Houve uma discussão e desentendimento por conta da senha pessoal de desbloqueio do meu celular. Infelizmente, os fatos tomaram uma dimensão fora do normal e podem acabar prejudicando tanto a minha vida profissional quanto e dele. Portanto, peço compaixão e compreensão. Obrigado". Diz a nota. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário