ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Carreta de empresa brumadense carregada com cimento tomba na região de Caetité

Menina de sete anos morre após ser atingida por caixa de som em festa

Brumado: Agentes de trânsito e populares salvam criança de 5 anos esquecida em carro no estacionamento do Mercado

Parceria entre TCE e Abin visa apurar irregularidades com recurso público na Bahia

Brumado: Prefeitura realiza assinatura da ordem de serviços para modernização do Campo da Vila Presidente Vargas no valor de R$ 250 mil

Brumado: Moradora denuncia lixo jogado fora de horário por vizinhos no bairro Santa Tereza

Clínica Master: Ecocardiograma

Brumado: Homem passa mal no Mercado Municipal após beber cachaça e morre

Em defesa da democracia e contra a reforma da previdência, Waldenor e Zé Raimundo realizam Plenária em Vitória da Conquista

Brumado: Agricultores brumadenses buscam cada vez mais o recurso 'usucapião'

Brumado: Projeto Cineclube abre caminhos para alunos aprenderem sobre produção audiovisual

Bahia: Pró-semiárido promove capacitação em associativismo na cidade de Umburanas

Ministério Público baiano pede remoção de vídeos com Desafio do Momo que ensina crianças a suicidarem

Bahia: Adutora rompe e quatro casas são atingidas por 'mar de lama'

Adolescente é resgatado por PMs pouco antes de ser morto por suspeitos de tráfico

Falso médico é preso por usar nome de profissional verdadeiro na Bahia

Brumado: Casal fica ferido após colisão entre carro e moto na Av. João Paulo I

Brumado: Pino de segurança de peça hidráulica se solta de caminhão da EPCL e destrói carro no centro

Carro capota após motorista desviar de buraco na Av. Cleóbulo Meira, em Brumado

Embasa liderou ranking de reclamações dos consumidores em 2018 na Bahia


Goleiro da Chapecoense se envolve em briga com ex-namorada em Espinosa; caso repercutiu na mídia nacional

Foto: Reprodução

O goleiro da chapecoense, Gilsivan Soares da Silva, 35 anos, se envolveu nesta quarta-feira (13) em discussão com ex-namorado na cidade de Espinosa (MG) e, o caso repercutiu na mídia nacional. Segundo informações apuradas pelo 97NEWS, Ivan Soares, como é conhecido na "Chape", estava passando alguns dias em sua terra natal, Espinosa, Norte de Minas, tentando reatar o namoro com sua ex-namorada identificada como Laíse, de 30 anos. Conforme relata o próprio goleiro, ele suspeitava que sua ex-namorada tivesse um relacionamento amoroso com outro rapaz, e tentou se certificar da relação. Segundo o goleiro profissional da Associação Chapecoense de Futebol, de Santa Catarina, ele voltou a cidade para se aproximar da ex. "Retornando de uma cidade vizinha, a mãe dela me indicou um padre, porque eu fiz muita besteira com Laíse, e eu queria mudar. Porque gostava dela. Ai então a mãe dela me indicou um padre em Porteirinha, quando eu liguei pra Laíse para que ela fosse comigo, ela informou que não poderia ir porque estava na manicure. Achei estranho. Foi quando fui até o local, porque já sabia onde era, me deparei com um rapaz ao lado dela, bem coladinho. Foi quando eu perguntei aos dois se eles estavam ficando. E eles responderam que não. Mas eu duvidei, e peguei o celular dela. Mas como não tinha a senha, acabei voltando e insistir para ela por a senha, foi quando nós acabamos discutindo, houve um empurra-empurra, e nós caímos ao chão", relatou o goleiro. 

Foto: Reprodução

Mesmo assim ele não conseguiu. Já saindo do local, o jogador afirma que sua ex-namorada pegou uma faca e tentou acertar ele. "A faca pegou na camisa, e não me atingiu. Depois disso sair correndo para casa da minha tia", comenta. Segundo Ivan, na casa da tia, ele conseguiu lembrar a senha e viu todas as informações que comprovavam o envolvimento da ex-namorada com outro rapaz. "Eu só queria descobrir a verdade e, descobrir. Não queria matar ninguém como falam por ai. Só tentei me aproximar. E já foi tudo resolvido, o pai dela me ligou pediu desculpa, o mesmo eu fiz, sabendo que errei, também pedi desculpa", relatou o goleiro. Em nota nas redes sociais, a ex-namorada do goleiro, lamentou o episódio e disse que a imprensa nacional distorceu o caso. "Eu, Laíse, esclareço que a reportagem nacional veiculada sobre os fatos ocorridos em 13 de março de 2019 na cidade de Espinosa, foi relativamente distorcida, na medida que Ivan não me feriu com faca ou qualquer outro tipo de arma. Houve uma discussão e desentendimento por conta da senha pessoal de desbloqueio do meu celular. Infelizmente, os fatos tomaram uma dimensão fora do normal e podem acabar prejudicando tanto a minha vida profissional quanto e dele. Portanto, peço compaixão e compreensão. Obrigado". Diz a nota. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário