ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Eleições 2020: Servidor público Diego Azevedo lança pré-candidatura à Câmara de Brumado

Brumado: PM apreende menor que invadiu mercearia, furtou celular e dinheiro no Irmã Dulce

Eleições 2020: 77 partidos estão em fase de criação no Brasil

Brumado: Município está entre as cidades da Bahia com maior índice de infestação do aedes aegypti

Brumado: Morador cria bode solto e irrita vizinhos na comunidade de 'Passa Vinte', próximo a Itaquaraí

Brumado: 'Prefeitura não dispõe de terreno para ampliação do cemitério no distrito de Ubiraçaba', diz secretário de administração

Quatro morrem após batida entre carro e caminhão na BR-116, região de Cândido Sales

Homem sofre tiro acidental ao manusear arma de fogo em Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Estacionamento desordenado na Praça Heráclito Antônio Cardoso provoca confusão

Bebê morre ao levar choque elétrico em geladeira

Polícia Civil já tem uma linha de investigação do duplo homicídio registrado em Aracatu

Brumado: Mais um brumadense leva R$ 10 mil na 'Nota Premiada' do Governo

Nutricionista da Clínica Mais Vida fala sobre a influência da nutrição na fertilidade masculina


Após tragédia em Brumadinho, vereador alerta para risco de rompimento da barragem Luiz Vieira em Rio de Contas

Foto: Divulgação

Depois da tragédia que aconteceu no município de Brumadinho, em Minas Gerais na tarde da última sexta-feira (25), onde o mar de lama destruiu casas e várias pessoas morreram e, outras ainda estão desaparecidas. Vários ambientalistas, engenheiros, autoridades pública e outros especialistas reagiram ao rompimento da barragem da mineradora Vale. E um desses que vem ecoando o alerta de perigo, principalmente na Região da Chapada Diamantina, é o vereador da cidade de Rio de Contas, Vinicius Costa (PSDB). Nesta quarta-feira (30), em entrevista a imprensa ele alertou para o risco de rompimento da barragem Luiz Vieira, que foi inaugurada em 1983. Segundo ele, a represa, que tem capacidade para 103 milhões de m³, tem hoje 22 milhões e pode romper por causa do baixo nível de água. “Muito tempo sem água pode trincar, rachar e romper. Há uma grande preocupação da comunidade. Recebo mensagem todos os dias. E eu não posso fazer nada além de publicizar isso”, declarou o tucano, em entrevista ao Bahia Notícias. Costa pede que os órgãos federais (como Departamento Nacional de Obras Contra as Secas) e estaduais fiscalizem a barragem. “A gente não pode mais conviver com a dúvida sobre o rompimento. Não podemos esperar que uma tragédia aconteça para dizer o que fará”, pontuou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário