ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

“Não haverá privatização da Embasa em Brumado, estão querendo confundir a população com sofismas e até poesia”, afirma prefeito

Ituaçu: suspeito de tráfico consegue fugir da Polícia; drogas foram encontradas na residência

Após vencer causa na Justiça, Maxuel Ramos é reintegrado aos quadros da Prefeitura Municipal de Brumado

Câmera de fotógrafo flagra tentativa de assalto contra ele mesmo na Lavagem do Bonfim em Salvador

Brumado: Moradores revitalizam área no bairro Urbis 2 e criam parque infantil; doações podem ser feitas

Homem deixa mulher desfigurada após espancamento por causa de celular

Brumado: Juventude do São Félix reivindica o término das obras da quadra poliesportiva da comunidade

Mega-Sena: sorteio deste sábado pode pagar R$ 33 milhões; resultado às 20h

BA-262: Idoso morre atropelado ao tentar atravessar a pista no trecho entre Brumado e Aracatu

A festa mais aguardada do ano já tem data marcada: 15 de junho

Brumado: Enel Green Power vende parque eólico da região de Cristalândia

Brumado: Zona azul poderá ser solução para veículos abandonados em frente a 20ª Coorpin

Levantamento da TV Sudoeste aponta que Jequié tem a gasolina mais barata da região; Brumado não foi mencionado

Caetité: Homem é preso após agredir namorada em via pública; ação do acusado foi filmada e compartilhada em redes sociais

#10 years challenge: desafio pode ser uma uma armadilha; entenda!

Ainda hoje vou morrer de saudades': Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos

Falta de Microcuveta impede doações no Hemoba de Brumado; vários doadores tiveram que voltar para casa nesta sexta-feira (18)

Ciclista pedala 2 mil km para visitar familiares na cidade de Paramirim

Brumado: Anúncio de descoberta de jazida no meio rural pode despertar ‘corrida do ouro’

Aracatu: Após tentativa de fuga, homem é preso por de tráfico de drogas


Decreto prevê até duas armas por pessoa para moradores da zona rural e urbana

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Uma versão preliminar do novo decreto para facilitação da posse de arma, que deverá ser assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) nos próximos dias, prevê a exigência de cofre nas residências que tenham crianças, adolescentes ou pessoas com deficiência mental e libera a posse para moradores das áreas rurais e cidades com índice de criminalidade mais alto. O texto ainda prevê a declaração de necessidade para a posse e o limite de duas armas por interessado. A exigência de cofre nas residências não é bem vista pela equipe de governo. Além de moradores de áreas rurais, agentes públicos de segurança, policiais e moradores de área urbana com mais de 10 homicídios a cada 100 mil habitantes, donos de estabelecimentos comerciais e colecionadores seriam os beneficiados pelo decreto para adquirir a posse de arma. A posse prevê o direito aos selecionados de possuir a arma apenas em suas residências ou estabelecimentos comerciais. As mudanças não envolvem o porte, que permite uma pessoa andar armada na rua. Menores de 25 anos e pessoas com antecedentes criminais ficam impossibilitados de possuir armas. Para adquirir a posse, ainda é necessário um exame psicológico e um curso de tiro obrigatórios. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário