ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Dengue: Ministério da Saúde aponta crescimento de 224% nos casos em 2019

Ex-prefeito Geraldo Azevedo propõe união da oposição para as eleições 2020 em Brumado

Brumado: Centrais sindicais fazem manifestações contra a reforma da Previdência em frente à Câmara de Vereadores

Justiça manda soltar ex-presidente Michel Temer

Brumado: Após acidente empresa Lig Lixo realiza limpeza de lama na rodovia BA-148

Projeto que prevê a implantação de monumento candomblecista gera polêmica em Brumado

Brumado: Enfermeira explica importância da atualização do cartão de vacina de estudantes

Clínica Master: Especialista em Ombro e Cotovelo

Desportistas cobram da prefeitura transmissão do Campeonato Brumadense pelas rádios de Brumado

Policiais da 34ª CIPM prende homem que trazia drogas de São Paulo para ser comercializada em Guajeru

RotSat: Rastreamento veicular com qualidade, eficiência e segurança

BA-148: Construtora interdita parte da rodovia que liga Brumado a Livramento de Nossa Senhora

Polícia prende homem acusado de estuprar jovem de 16 anos em Livramento de Nossa Senhora

Faculdade Pitágoras de Brumado está ofertando bolsas de 60% para todo o curso; consulte condições

Caetité: Polícia prende acusado de matar caetiteense de 22 anos; motocicleta e arma do crime foram vendidas em Brumado

Ituaçu: Homem é executado com vários tiros no centro da cidade

Jovem que teve motocicleta apreendida em Brumado é encontrado morto em Caetité

Brumado: Motociclista derrapa em lama e fica ferido na BA-148 próximo ao antigo 'Tocos'

Preço da gasolina sobe mais uma vez e acumula alta de 3,5% em um mês; em Brumado o litro chega a R$ 4,99

Brumado: Trilha da Amizade acontece no dia 31 de março


Áudio mostra desespero de mulher por socorro à Polícia Militar de Livramento de Nossa Senhora

Foto: Luciano Santos l 97News

Um áudio que circula nas redes sociais mostra o desespero de uma mulher ao pedir socorro a Polícia Militar de Livramento de Nossa Senhora. O áudio foi gravado nesta quinta-feira (10), pela própria vítima que mora no bairro Beira Rio. No áudio é possível perceber que a mulher grita o tempo todo. Conforme a narração da mulher responsável pelo áudio, ela estava sendo agredida pelo ex-namorado acompanhado dos filhos dele. Ainda segundo o áudio, o agressor e os filhos evadiram se da residência da vítima para não serem flagrados pela PM. Na ligação para a PM, a vítima diz, “o moça é porque eu queria uma viatura aqui na rua de Marinaldo porque eu fui agredida alguns meses atrás, e eu chamei a viatura, e agora tão querendo invadir minha casa”, diz a mulher durante a gravação. Em outro trecho do áudio ela ainda chega a citar de uma medida protetiva. "Pode ligar pra promotoria ai que eu tenho uma medida protetiva". Nesse momento o áudio é interrompido por gritos. "Manda a viatura aqui na minha casa por favor, eu tô grávida", continua a gravação com som de gritos ao fundo. Pouco depois, alguém impede que ela continue falando com a atendente da Polícia Militar, que permanece na linha tentando identificar o endereço da vítima. Segundo a polícia o homem foi identificado como Anelito da Silva Ribeiro e conduzido a Delegacia, suspeito de ter praticado violência doméstica contra a ex-namorada Jaine Oliveira Caires Pereira. Ainda de acordo com a PM, Anelito foi detido em frente a sua residência no Bairro Taquari por uma guarnição da Policia Militar. Os envolvidos no caso foram conduzidos a Delegacia local, onde foi registrado o boletim de ocorrência. Esta é a segunda vez que Jaine Oliveira é agredida, em outubro de 2018, ela foi espancada a socos pelo filho de Anelito, o fato também gerou ocorrência policial. 



Comentários

  • Jaine Oliveira Caires pereira

    "Olá, bom dia. Eu sou a moça da reportagem só gostaria que vcs soltasse uma coisa aí fui sim conduzida a delegacia porém chegando lá uma das minha agressora filha do meu ex estava dando queixa de mim e o pm me apresentou como Maria da Penha ele disse q o caso estava sendo registrado n me ouvirá passei mal fui p upa pq estava perdendo liquido e a pressão muito alta voltei a delegacia no outro dia e novamente n registraram o bo foi quandoprocurei a promotoria pq da outra vez eu avia pedido a medida prezando a minha vida ag tem a vida do meu filho em jogo. Bom dia e obrigado"

  • Jaine

    "Eu sou a agredida e nada foi feito. O no foi registrado como eu que agrediu a filha dele"

  • Ivana Oliveira santos da Silva

    "Sou irmã da agredida Jaine, olha quero saber até quanto minha irmã vai ficar sendo agredia ,pois essa já é a terceira vez que eles batem ela e a polícia não fazem nada ...estão esperando eles matarem ela ,por q as ameaças continua ,minha irmã quase morreu nesse dia a pressão dela subiu muito perdeu muito líquido quase perdeu a criança e até agora nada foi feito ,estão falando q as médias foram tomadas e até agora nada pelo. amor de Deus faça alguma coisa esse dia a filha de anelito Rafaele o filho emanuel e o próprio anelito agrediram ela ,pelo amor de Deus faça alguma coisa aqui quem fala é uma irmã desesperada q confia na justiça de Deus ????????????????????"

Deixe seu comentário