ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Dengue: Ministério da Saúde aponta crescimento de 224% nos casos em 2019

Ex-prefeito Geraldo Azevedo propõe união da oposição para as eleições 2020 em Brumado

Brumado: Centrais sindicais fazem manifestações contra a reforma da Previdência em frente à Câmara de Vereadores

Justiça manda soltar ex-presidente Michel Temer

Brumado: Após acidente empresa Lig Lixo realiza limpeza de lama na rodovia BA-148

Projeto que prevê a implantação de monumento candomblecista gera polêmica em Brumado

Brumado: Enfermeira explica importância da atualização do cartão de vacina de estudantes

Clínica Master: Especialista em Ombro e Cotovelo

Desportistas cobram da prefeitura transmissão do Campeonato Brumadense pelas rádios de Brumado

Policiais da 34ª CIPM prende homem que trazia drogas de São Paulo para ser comercializada em Guajeru

RotSat: Rastreamento veicular com qualidade, eficiência e segurança

BA-148: Construtora interdita parte da rodovia que liga Brumado a Livramento de Nossa Senhora

Polícia prende homem acusado de estuprar jovem de 16 anos em Livramento de Nossa Senhora

Faculdade Pitágoras de Brumado está ofertando bolsas de 60% para todo o curso; consulte condições

Caetité: Polícia prende acusado de matar caetiteense de 22 anos; motocicleta e arma do crime foram vendidas em Brumado

Ituaçu: Homem é executado com vários tiros no centro da cidade

Jovem que teve motocicleta apreendida em Brumado é encontrado morto em Caetité

Brumado: Motociclista derrapa em lama e fica ferido na BA-148 próximo ao antigo 'Tocos'

Preço da gasolina sobe mais uma vez e acumula alta de 3,5% em um mês; em Brumado o litro chega a R$ 4,99

Brumado: Trilha da Amizade acontece no dia 31 de março


Brumado: Brumadenses reclamam: 'bandeira do Brasil virou farrapo' na Praça da Matriz

A bandeira foi instalada em 2004 no primeiro mandato do prefeito Eduardo Vasconcelos - Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Vista pelo atual gestor, Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), como sinal  de Patriotismo na cidade de Brumado, o mastro com a bandeira do Brasil foi instalado no início de sua primeira gestão em 2004. Mas infelizmente apresenta uma cena atípica sempre que os brumadenses se sentam em frente a Igreja Matriz ou até mesmo aqueles que passam pela Praça Capitão Francisco de Souza Meira e, se deparam com a situação do simbolo Nacional. A Bandeira Nacional instalada em frente ao coreto da Igreja Matriz, se tranformou em um trapo de pano ou seja, está desfiando nas bordas e virando "Farrapo", está “rasgada”. Exposta a sol e chuva, o símbolo nacional e municipal não resistiu às intervenções da natureza e se encontra rasgadas no mastro da praça. De longe é fácil avistar a bandeira, que está com as bordas desfiando e as cores desbotando. De acordo com a Constituição Brasileira, a bandeira nacional rasgada é uma violação ao símbolo nacional. A forma e o seu uso é regulamentado pela lei nº 5.700, de 1º de setembro de 1971, que dispõe “sobre a forma e a apresentação dos símbolos nacionais”. Quando a bandeira fica velha, suja ou rasgada, deve ser imediatamente substituída por uma nova. A bandeira velha deve ser recolhida a uma unidade militar, que providenciará sua queima em 19 de novembro. Em entrevista ao Jornal do Sudoeste, a Secretaria Municipal de Educação, Ednéia Ataíde, disse que não tinha conhecimento de que a Bandeira da Praça Capitão Francisco de Souza Meira estaria em péssimo estado de conservação. "A última troca ocorreu na Semana da Pátria, entre os dias 3 e 9 de setembro do ano passado, e são feitas regularmente, em média, a cada seis meses", afirmou a secretária. 

A atual bandeira está com as bordas desfiadas devido as condições de mau tempo como chuva e sol - Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Já o Subtenente do TG 06/024, Edmundo de Souza Rocha, relatou que a responsabilidade pela manutenção e substituição da Bandeira do Brasil em qualquer município, é de responsabilidade da Prefeitura. "Nesse caso cabe apenas ao Tiro de Guerra, apenas a incineração da bandeira quando ela nos for entregue, obedecendo ritos previstos na legislação", comentou o Subtenente a reportagem. A bandeira do Brasil é uma adaptação da antiga bandeira do império idealizada em 1820 por Jean-Baptiste Debret. O disco azul central foi idealizado pelo pintor Décio Vilares, já as estrelas, por Benjamin Constant. A inscrição “Ordem e Progresso” é uma influência do positivismo de Augusto Comte. Desde a alteraçaão o símbolo nacional brasileiro mantém inalterado, exceto as estrelas, que segundo a Lei nº 8.421, de 11 de maio de 1992, devem ser atualizadas no caso de criação ou extinção de algum Estado. No sentido original, as cores verde e amarela simbolizavam as matas e florestas; o amarelo, o ouro e as riquezas minerais; a azul, o céu; a branca, a paz. Cada estrela disposta na bandeira corresponde a um Estado brasileiro; a única estrela que é situada acima na inscrição “Ordem e Progresso” é Spica, representante do Estado do Pará. A bandeira nacional deve ser hasteada em todos os órgãos públicos, escolas, secretarias de governo, etc. Deve ser hasteada pela manhã e arriada à tarde. A bandeira não pode ficar exposta à noite, a não ser que seja bastante iluminada, fato este que não acontece em Brumado.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário