ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Construção de sede da Unidade do Corpo de Bombeiros em Brumado aguarda liberação do Grupamento de Bombeiros de Vitória da Conquista

Conquista: Aeroporto Glauber Rocha marca nova fase no turismo de negócios

Brumadense que pesava 140 kg, perdeu 50 kg com exercícios e dedicação

Morro do Chapéu: Caçador mata jiboia de 3 metros em e encontra veado na barriga

Brumado: Secretário diz que ponte entre os bairros Dr. Juracy e São Jorge tem previsão de entrega para três meses

Brumado: Justiça Estadual realizará leilão de imóveis e veículos no dia 25 de julho

Líder de grupo terrorista revela plano para matar Presidente da República, diz revista

Homem arranca órgão genital do amante da esposa com tesoura após flagrar traição

Reumatologia é na Clínica Master com Dr. Kayson Lima

Brumado: Escritor José Walter lança mais dois livros; 'Bissextas' e 'Cartas Trocadas'

Inusitado: Motorista abandona carro após ser parado em blitz na Praça da Prefeitura, em Brumado

Aeroporto Glauber Rocha: Presidente Bolsonaro rebate; 'Dinheiro é do povo, não meu, nem de Rui Costa'

Animal solto na pista causa acidente e deixa motociclista ferida no anel viário da BR-030, em Brumado


Com quedas sucessivas nas bombas na região, gasolina em Brumado continua sem alteração de preço

O preço da gasolina chegou a passar dos R$ 5,00 em 2018 em Brumado e estacionou em torno dos R$ 4,90 (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

No esteio dos novos tempos, onde a redução de preços e dos gastos públicos se tornou uma espécie de “obsessão”, a população, que respira ares de positividade, espera ver transformações e mudanças que venham atender às suas expectativas, sendo que uma delas que se destaca é a redução do preço dos combustíveis, em especial a da gasolina. Em Brumado, onde muitos ainda afirmam que o município gosta de perder o “timing” das coisas e, muitas vezes, andar na contramão da história, esse anseio ainda está no “reino dos sonhos” já que, até o momento, mesmo tendo relatos de redução de preços em praticamente todas as cidades da região, o valor do litro da “preciosidade” continua girando em torno dos R$ 4,89, chegando a R$ 509. Mesmo com inúmeras tentativas e protestos dos consumidores, inclusive com matérias que repercutem fortemente, os proprietários dos postos de combustíveis parecem que continuam com “cera no ouvido”. As manifestações nas redes sociais estão crescendo e, com isso, a pressão deve aumentar, ainda mais que vários brumadenses estão se arregimentando para ingressar no Ministério Público para pedir a abertura de uma investigação sobre um possível cartel. 

A foto acima mostra os preços de compra e venda praticados em Brumado (Foto: Reprodução)

O leitor do 97NEWS, Anderson, enviou uma mensagem à nossa redação que pode dar ainda mais clareza a esse mistério que acontece na cidade. De acordo com ele, após inúmeras pesquisas em postos de combustíveis de cidades como Jequié e Salvador ele percebeu que uns dos motivos pelo qual dizem sobre o cartel, é o valor final que os donos de postos estão usando na nossa região. De acordo com Anderson, "o valor que os donos de postos daqui compram é praticamente o mesmo que o dono de Jequié também compra o combustível, a diferença às vezes fica em centavos, mas no preço final há uma enorme diferença para a nossa daqui", relatou. Ainda segundo Anderson, "o segredo da questão seria a margem de lucro que estão tendo em Brumado, a maioria dos postos compram ao valor de R$ 3,89 e preço final a 4,89, Jequié compra a 3,86 e o preço praticado na bomba é de R$ 4,01 até R$ 4,29. Lucro de pouco mais de 10%", comenta o internauta. De acordo com o leitor, "enquanto que em Brumado, todos eles praticam margem de 22% até 27%. Deste modo ganham em torno de até R$ 1,00 no litro da gasolina, enquanto em Jequié o lucro fica na casa dos centavos". Por fim, em seu comentário enviado a redação do 97NEWS, Anderson diz, "é por isso que vemos essa total diferença na nossa região". Os preços podem ser conferidos pelo site da ANP. (Clique aqui e veja). 



Comentários

  • Genilson Pereira

    "Tem que pressionar os donos de postos, imprimir estas informações deste site e mostrar a eles. Para qualquer intimação, investigação é necessárias provas, então façam isso. Mostrem a eles que o valor nas refinarias está abaixo do que eles estão vendendo a R$ 5.099. Não deixem esses aproveitadores lucrarem encima desta situação. "

Deixe seu comentário