ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Barreira sanitária continua: Mais dois veículos foram retidos pelo transporte irregular de passageiros

11 bens minerais extraídos na Bahia coloca o estado na liderança nacional

Caetité: Em teste rápido, funcionários da INB testem positivo para a Covid-19

Brumado: Caminhoneiro com sintomas de Covid-19 passa mal na BR-030 e é socorrido pelo SAMU

Mais um ônibus clandestino com 25 passageiros é apreendido em Brumado

Número de mortos pelo coronavírus foi maior do que o esperado para 63% dos baianos

Brumado: Servidores públicos que pertencem ao grupo de risco serão afastados durante a pandemia

34ª CIPM: 31 policiais testam negativo para o coronavírus após colega contrair o vírus

Veja o número de casos e mortes por coronavírus no Brasil e na Bahia

Macaúbas: Paciente com Covid-19 morre após traumatismo craniano

Brumado registra 40 casos de Coronavírus e 25 pacientes estão com o vírus ativo

Brumado: Mais um profissional de saúde do hospital municipal testa positivo para o novo coronavírus

Brumado: Pré-candidato a prefeito Alessandro Lobo é condenado a 8 anos de inelegibilidade por abuso de poder econômico

Brumado: Câmara aprova requerimento 05/2020 que prevê a devolução de quase R$ 800 mil ao Executivo

Brumado: Enfermeira da UTI testa positivo para Covid-19

Funcionários da Assembleia Legislativa da Bahia testam positivo para Covid-1

Brumado: 'Cuidem de nossas famílias' cobra diretor da CDL ao destacar relaxamento da população no combate a Covid-19

Mortes por Covid-19 no Brasil dobram em 16 dias, chegando a 30 mil

Brumado: Número de casos da dengue chega a 294; 13 possuem sintomas grave da doença

Otorrino da Clínica Mais Vida chama a atenção para a essencial importância do uso da máscara


Rui pede reajuste de alíquota e vai extinguir 1.500 comissionados

(Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

Rui Costa mandou ontem para a Assembleia o projeto que aumenta a alíquota previdenciária de 12% para 14%. Diz ele que tem que ser. O déficit da Previdência hoje é de R$ 4 bilhões e, se deixar do jeito que vai, em 2022, ao final do segundo governo dele, estará em R$ 8 bilhões, o dobro, algo inviável. Hoje, Rui manda o outro projeto, o da reforma administrativa do Estado. Ao que parece, aliviou a pretensão inicial de extinguir uma sucessão de empresas.Estão certos que serão extintas a empresa que administra o Centro Industrial do Subaé (CIS), em Feira de Santana, e também a Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic). Sobre outras empresas, até ontem, nada fechado.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário