ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Morador cria bode solto e irrita vizinhos na comunidade de 'Passa Vinte', próximo a Itaquaraí

Brumado: 'Prefeitura não dispõe de terreno para ampliação do cemitério no distrito de Ubiraçaba', diz secretário de administração

Quatro morrem após batida entre carro e caminhão na BR-116, região de Cândido Sales

Homem sofre tiro acidental ao manusear arma de fogo em Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Estacionamento desordenado na Praça Heráclito Antônio Cardoso provoca confusão

Bebê morre ao levar choque elétrico em geladeira

Polícia Civil já tem uma linha de investigação do duplo homicídio registrado em Aracatu

Brumado: Mais um brumadense leva R$ 10 mil na 'Nota Premiada' do Governo

Nutricionista da Clínica Mais Vida fala sobre a influência da nutrição na fertilidade masculina

Brumado: Com 22 anos de história e trabalhos sociais, Alternativa FM tem licença renovada por mais 10 anos

Manutenção preventiva da Embasa suspende abastecimento em Brumado e Malhada de Pedras

Brumado: Sem lugar para sepultar, moradores de Ubiraçaba pedem ampliação de cemitério

Tradicional celebração religiosa termina com diversas motocicletas apreendidas em Livramento de Nossa Senhora

Homens agridem agentes de trânsito após notificação por estacionar em local proibido em Vitória da Conquista

TCM orienta municípios sobre uso de recursos do Pré-Sal

Durante Assembleia, Policiais Civis aprovam paralisação das atividades por 48 horas a partir da próxima segunda feira (27)

Ibama renova licença de operação de minas e concentração de urânio da INB em Caetité

Brumado: Batida entre caminhão e moto deixa trânsito lento e motociclista ferido na Av. Coronel Santos

Atleta de Brumado vem se destacando em corridas de rua da Bahia

Brumado: Sem cadeira de rodas para locomoção de pacientes, idosa tem que ser atendida do lado de fora do Lacen


Baiano de 48 anos é dado como morto e tenta provar que está vivo há treze anos

Foto: Reprodução

Um baiano de 48 anos, da cidade de Bom Jesus da Lapa vive um drama há 13 anos e, tenta provar na justiça que está vivo. Após ser roubado no estado de Minas Gerais em 2003, quando viajava de Bom Jesus da Lapa, cidade natal e, seguia para morar em Goiânia (GO), foi dado como morto e a família enterrou o corpo de um desconhecido, depois da informação que seu familiar havia sido atropelado. Alailson Santos Lima relatou que tudo começou após ser roubado em uma festa. “Eu saí para uma festa com uns amigos e um rapaz roubou minha bolsa com meus documentos. Fui na delegacia, mas o rapaz que me atendeu lá disse que não poderia fazer nada e ficou por isso”, explicou. A família de Alailson recebeu a notícia que o rapaz teria sido atropelado em 2003. Na época, a tia dele, Cecília Lima de Matos, recebeu a ligação da funerária e o suposto corpo de Alailson foi encaminhado para Bom Jesus da Lapa. Como ninguém pediu para abrir o caixão, enterram por engano um desconhecido. Em 2015, o rapaz esteve na sua cidade de origem e as pessoas ficaram assustadas com a sua chegada. Todos pensavam se tratar de uma assombração. A família não faz ideia de quem é o corpo que eles sepultaram anos antes.

 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário