ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

CREA realiza reunião regional em Brumado nesta segunda-feira (15)

Brumado goleia Uruçuca por 3X0 e dá passo importante para a classificação na próxima fase do Intermunicipal 2018

Semana começa com céu nublado em Brumado, temperaturas em queda e previsão de chuvas

Brumado: 21ª Edição do 'Sudoeste Criança' é realizado na Praça da Prefeitura; o domingo foi de lazer

Feira de Santana: Homem joga filho com pés e mãos amarradas em açude

Parceria entre Sebrae, RHI Magnesita e InterCement fomentará a valorização da prestação de serviços a nível local

Brumado: Homem tem carro roubado no bairro São Felix

Promoção ligou Locar Rápido, ganhou!

Querendo convencer os eleitores da Bahia, Bolsonaro promete conclusão das obras da Fiol

'O youtuber errado para seu filho pode gerar fobias', alerta psicóloga

Homenagem ao Dia do Professor

Eleitores podem emitir certidão de quitação eleitoral no site do TSE a partir de hoje (15)

'Brasil tem que abraçar todas as religiões', diz Haddad ao criticar Bolsonaro

Apostador sortudo ganha sozinho prêmio de R$ 27 milhões da Mega-Sena

A sua noite de domingo fica mais saborosa com as pizzas do Rey do Dellivery

Aracatu: veículo roubado em São Paulo é recuperado pela Polícia

Conquista: pequena plantação de maconha é encontrada pela polícia; jovens acabaram sendo detidos

Com dois de Vinícius, Bahia supera a retranca do Paraná e vence após cinco jogos

Vitória enfrenta a Chapecoense em 'jogo do ano' para o Leão

Menino de 4 anos morre afogado em piscina de hotel em Rio de Contas; o corpo foi trazido para o IML de Brumado


PRF usará novos bafômetros que captam odor de álcool no ar na 'Operação Nossa Senhora Aparecida'

Foto: Divulgação l PRF

A partir desta quinta-feira (11), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) da Bahia realizará durante a "Operação Nossa Senhora Aparecida 2018", o uso dos novos aparelhos de fiscalização do consumo de álcool, os bafômetro. Os novos equipamentos são capazes de identificar a presença de álcool no ambiente, sem que o condutor precise soprar, como é feito no teste tradicional. Ao todo, serão utilizados 40 aparelhos conhecidos como etilômetros passivos. O equipamento capta a presença de álcool dentro do carro abordado e, em seguida, indica se o condutor deve realizar o teste tradicional, assoprando o bafômetro. Caso não seja constatada a presença de álcool, o aparelho acende uma luz verde e o policial libera o motorista. Se existir algum indício, ainda que mínimo, aparece uma luz amarela. Já a luz vermelha indica que, no local, há muito álcool, o que significa que o condutor, realmente, tem que ser parado e submetido ao teste de alcoolemia pelo bafômetro tradicional. A principal vantagem do equipamento é a agilidade que o teste vai dar ao trabalho. Enquanto com aparelho novo é possível testar até 12 pessoas por minuto para determinar se consumiram álcool ou não, o tradicional demora entre cinco e dez minutos por pessoa. Outra vantagem é a economia na utilização dos bocais que são utilizados no teste tradicional. 



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário