ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

“Não haverá privatização da Embasa em Brumado, estão querendo confundir a população com sofismas e até poesia”, afirma prefeito

Ituaçu: suspeito de tráfico consegue fugir da Polícia; drogas foram encontradas na residência

Após vencer causa na Justiça, Maxuel Ramos é reintegrado aos quadros da Prefeitura Municipal de Brumado

Câmera de fotógrafo flagra tentativa de assalto contra ele mesmo na Lavagem do Bonfim em Salvador

Brumado: Moradores revitalizam área no bairro Urbis 2 e criam parque infantil; doações podem ser feitas

Homem deixa mulher desfigurada após espancamento por causa de celular

Brumado: Juventude do São Félix reivindica o término das obras da quadra poliesportiva da comunidade

Mega-Sena: sorteio deste sábado pode pagar R$ 33 milhões; resultado às 20h

BA-262: Idoso morre atropelado ao tentar atravessar a pista no trecho entre Brumado e Aracatu

A festa mais aguardada do ano já tem data marcada: 15 de junho

Brumado: Enel Green Power vende parque eólico da região de Cristalândia

Brumado: Zona azul poderá ser solução para veículos abandonados em frente a 20ª Coorpin

Levantamento da TV Sudoeste aponta que Jequié tem a gasolina mais barata da região; Brumado não foi mencionado

Caetité: Homem é preso após agredir namorada em via pública; ação do acusado foi filmada e compartilhada em redes sociais

#10 years challenge: desafio pode ser uma uma armadilha; entenda!

Ainda hoje vou morrer de saudades': Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos

Falta de Microcuveta impede doações no Hemoba de Brumado; vários doadores tiveram que voltar para casa nesta sexta-feira (18)

Ciclista pedala 2 mil km para visitar familiares na cidade de Paramirim

Brumado: Anúncio de descoberta de jazida no meio rural pode despertar ‘corrida do ouro’

Aracatu: Após tentativa de fuga, homem é preso por de tráfico de drogas


Brumado: Veículos da prefeitura acumulam quase R$ 5 mil em multas no trânsito

O veículo da GCM acumula várias infrações (Foto: Luciano Santos l 97NEWS)

Um levantamento da Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) mostra que, vários veículos que pertencem as secretarias ou instituições ligadas ao município cometeram infrações. O carro campeão de infração da capital do minério acumula cerca de 11 multas. Os dados mostram que poucos veículos da frota não receberam nenhuma multa entre 2017 e 2018. Entre as principais infrações estão, o não uso do cinto de segurança e dirigir falando ao celular. Em entrevista ao 97NEWS, o Superintendente da SMTT, João Nolasco, mostrou que os veículos da frota municipal acumularam, cerca de R$ 4.500 em multas aplicadas pela SMTT com base no código de trânsito. Essas autuações se referem aos condutores que utilizam esses veículos no dia a dia. O superintendente informou ainda que está se esforçando para identificar esses infratores. “É importante ressaltar que a prioridade neste momento é identificar os condutores daqueles veículos, porque algumas secretarias, não tem um só carro exclusivo, esses veículos são utilizados por vários condutores. E já adotamos o uso de uma planilha, que é fica fixada dentro de cada carro, para que possamos identificar quem usou aquele veículo, em que dia, que horas e a quilometragem e, assim poderemos identificar o infrator”, diz Nolasco. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Já em relação as multas aplicadas, a Superintendência Municipal de Trânsito já solicitou a identificação dos infratores e, se em último caso não forem identificados, todos que usaram, poderão pagar pelas infrações cometidas naquele veículo específico. "O município não poderá pagar por uma infração que foi cometida por um servidor, que ao sair para o campo em um dia de trabalho cometeu uma infração. É sempre bom lembrar que a frota pertence a prefeitura, mas o condutor, é responsável pelos seus atos", ressaltou Nolasco. A prefeitura reforça que mantém monitoramento permanente e ações de fiscalização constantes para verificar a conduta dos motoristas. Em caso de irregularidades, os condutores são multados e notificados. Cabe esclarecer que o comportamento do condutor é de obrigação dele mesmo. Mas, a responsabilidade sobre o prontuário dos condutores, controlando os dados de entrada, como: nome, quilometragem e data em que ele dirigiu aquele veículo, é da prefeitura. 



Comentários

  • Artur

    ""... se em último caso não forem identificados, todos que usaram, poderão pagar pelas infrações cometidas naquele veículo específico." Ele demonstra desconhecimento das leis. Se não identificar, a Prefeitura (leia-se contribuintes) que vai ter que arcar, já que não se pode atribuir conduta adversa a um servidor sem a prova de que foi ele, muito menos punir pecuniariamente (obrigá-lo a pagar)."

  • Genilson Pereira

    "Estes funcionários que usam esses veículos, "pensam" que estão "imunes" de infrações e posteriormente de receber multas. Enganados estão eles, procurem os causadores destas infrações e façam pagar. "

Deixe seu comentário