ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Famílias celebram Dia Internacional da Síndrome de Down em Brumado

Guanambi: PM prende suspeita de tráfico de drogas é presa com 295 pedras de crack

Cabeceira de ponte começa a desabar na BA-148 entre Brumado à Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Idoso recém operado do coração morre dentro de ônibus na Av. Centenário

Brumado: Polícia recupera bens furtados em galpão; três suspeitos foram ouvidos e liberados

Clínica Master: Ginecologia e Obstetrícia

Chuva causa alagamentos em diversos pontos de Brumado; veja fotos

Ex-presidente Michel Temer é preso pela Lava Jato no Rio de Janeiro

Apresentadora Xuxa solta o verbo e diz, 'Estou velha, pele enrugada e não faço plástica', sobre cobranças pelo corpo

Brumadinho: Total de mortes confirmadas sobe para 209

Caetité: Cidade receberá em maio a 'Corrida do Trabalhador'

Brumado: Dois indivíduos tombaram em troca de tiros com o PETO no bairro Irmã Dulce

Bloqueio de celulares irregulares começa no dia 24 de março nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste

Enfim ela chegou: Começa a chover forte em Brumado e na Região Sudoeste

Clínica Master: Atendimento em Psiquiatria

Brumado: Morte do garoto Vitor Maciel completa 30 dias; polícia aguarda laudo médico para encerrar investigações

Brumado: Faculdade Pitágoras oferece palestra gratuita no mês da mulher

Brumado: Alunos da zona rural ficam sem ir à escola por causa das estradas ruins na região de Baraúnas e Casa Nova

Brumado: Polícia apreende suspeito de assalto no bairro São Jorge; indivíduo estava com uma porção de maconha em sacola

Justiça determina que restaurante devolva a cliente R$ 1,50 por caruru e R$ 0,56 por pimenta após cobrança indevida


Brumado: Veículos da prefeitura acumulam quase R$ 5 mil em multas no trânsito

O veículo da GCM acumula várias infrações (Foto: Luciano Santos l 97NEWS)

Um levantamento da Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) mostra que, vários veículos que pertencem as secretarias ou instituições ligadas ao município cometeram infrações. O carro campeão de infração da capital do minério acumula cerca de 11 multas. Os dados mostram que poucos veículos da frota não receberam nenhuma multa entre 2017 e 2018. Entre as principais infrações estão, o não uso do cinto de segurança e dirigir falando ao celular. Em entrevista ao 97NEWS, o Superintendente da SMTT, João Nolasco, mostrou que os veículos da frota municipal acumularam, cerca de R$ 4.500 em multas aplicadas pela SMTT com base no código de trânsito. Essas autuações se referem aos condutores que utilizam esses veículos no dia a dia. O superintendente informou ainda que está se esforçando para identificar esses infratores. “É importante ressaltar que a prioridade neste momento é identificar os condutores daqueles veículos, porque algumas secretarias, não tem um só carro exclusivo, esses veículos são utilizados por vários condutores. E já adotamos o uso de uma planilha, que é fica fixada dentro de cada carro, para que possamos identificar quem usou aquele veículo, em que dia, que horas e a quilometragem e, assim poderemos identificar o infrator”, diz Nolasco. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Já em relação as multas aplicadas, a Superintendência Municipal de Trânsito já solicitou a identificação dos infratores e, se em último caso não forem identificados, todos que usaram, poderão pagar pelas infrações cometidas naquele veículo específico. "O município não poderá pagar por uma infração que foi cometida por um servidor, que ao sair para o campo em um dia de trabalho cometeu uma infração. É sempre bom lembrar que a frota pertence a prefeitura, mas o condutor, é responsável pelos seus atos", ressaltou Nolasco. A prefeitura reforça que mantém monitoramento permanente e ações de fiscalização constantes para verificar a conduta dos motoristas. Em caso de irregularidades, os condutores são multados e notificados. Cabe esclarecer que o comportamento do condutor é de obrigação dele mesmo. Mas, a responsabilidade sobre o prontuário dos condutores, controlando os dados de entrada, como: nome, quilometragem e data em que ele dirigiu aquele veículo, é da prefeitura. 



Comentários

  • Artur

    ""... se em último caso não forem identificados, todos que usaram, poderão pagar pelas infrações cometidas naquele veículo específico." Ele demonstra desconhecimento das leis. Se não identificar, a Prefeitura (leia-se contribuintes) que vai ter que arcar, já que não se pode atribuir conduta adversa a um servidor sem a prova de que foi ele, muito menos punir pecuniariamente (obrigá-lo a pagar)."

  • Genilson Pereira

    "Estes funcionários que usam esses veículos, "pensam" que estão "imunes" de infrações e posteriormente de receber multas. Enganados estão eles, procurem os causadores destas infrações e façam pagar. "

Deixe seu comentário