ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

‘A demora do Projeto de Esgotamento Sanitário de Brumado se deu porque se priorizou a segurança hídrica da população’, informou diretor de operações da Embasa

Advogado Jorge Malaquias Filho faz alerta sobre as exigências nas listas de materiais escolares

Guanambi: Embasa continuará a cobrar percentual de 80% em taxa de esgoto

Mini salgados da Padaria Divina: fazendo o seu fim de tarde muito mais gostoso

‘A Embasa está cometendo um ato de desobediência civil’, afirma prefeito de Brumado

Assaltantes amarram motorista de empresa brumadense e roubam pneus de carreta em Oliveira dos Brejinhos

Brumado: Motocicleta roubada em São Paulo é recuperada pela 34ª CIPM

‘Depois que ficou acuada é que a Embasa anuncia o esgotamento’, questiona o presidente do Legislativo de Brumado

Bolsonaro assina decreto que flexibiliza a posse de armas

Anúncio do Esgotamento Sanitário de Brumado por parte da Embasa é recebido com descrédito pela população e por boa parte da classe política

Brumado: Bandidos utilizando fardas de empresas comprovam padrão criminal dos assaltos a supermercados na cidade

Matrículas na Rede Municipal de Ensino se iniciam nesta terça-feira (15)

Brumado Privilege com Gusttavo Lima, La Fúria e Donas Bar é neste domingo (20)

BA-262: Colisão entre veículos na manhã desta terça-feira (15) na entrada do posto Jatobá em Brumado

Jequié: Homens arrancam testículos de cachorro no meio da rua

Homens ofereceram R$ 8 mil a policiais para não serem presos por tráfico de drogas

Idoso de 94 anos se forma em Direito e quer fazer pós-graduação

Homem é preso suspeito de estuprar as próprias netas no sul da Bahia

Caculé: Mulher é presa no Terminal Rodoviário com 5kg de maconha

Brumado: Preço da gasolina cai R$ 0,10 mas consumidor diz que valor poderia ser menor


Impasse pode tirar o Bahia da TV no Brasileirão de 2019; entenda

(Foto: Divulgação)

O Campeonato Brasileiro de 2018 ainda não terminou, mas a competição do próximo ano já está em pauta. A transmissão das partidas na televisão passa por um impasse, já que Bahia, Atlético-PR e Palmeiras ainda não fecharam contratos com a Globo para a exibição das suas partidas em 2019. A emissora e os clubes já trabalham com a possibilidade do Brasileirão ficar desfalcado e não ter os 380 jogos transmitidos. As informações são do Estadão. A dificuldade envolve os contratos de exibição das partidas entre 2019 e 2024, na TV aberta e nos canais pay-per-view (PPV). Já com a TV fechada, os clubes puderam assinar acordos separados com a própria Globo, para transmissão no SporTV ou Esporte Interativo. Recentemente o EI anunciou o encerramento de suas operações no Brasil. No cenário atual, 108 dos 380 jogos da Série A de 2019 não poderão ser transmitidos no PPV ou na TV aberta. Isso porque a Lei Pelé determina que os direitos de transmissão pertencem às duas equipes envolvidas nas partidas. Os três clubes não aceitaram a proposta da Globo para a TV aberta e para o PPV por discordarem de uma redução que varia de 5% a 20% no valor. Para o presidente do Bahia, Guilherme Bellitani, afirmou que as conversas ainda estão em andamento, mas não é possível saber se o acordo será fechado. "Se tiver mesmo de acontecer de ficar sem jogos na televisão, vejo como um processo natural", disse.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário