ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Na Bahia, mais de meio milhão de pessoas fazem menos de três refeições por dia

Alunos denunciam péssimas condições de ônibus escolar em Malhada de Pedras

Vitória da Conquista: Câmara de Vereadores diz que inauguração excluiu povo e opta por não participar

Sindicato de Servidores da Embasa anuncia paralisação de 24 horas nesta terça (23)

Suspeito de aplicar golpe milionário com campanha para filho doente é preso na Bahia

Conquista: Sem a presença da PM, Exército fará a segurança do evento presidencial na inauguração do aeroporto

Bahia é o estado com maior número de mortes por Hepatite B, diz MS

Brumado: Um homem foi preso e um menor apreendido após tentarem arremessar objetos para a carceragem da delegacia

Brumado: Primeiro dia de Área Azul deixa o centro com várias vagas de estacionamento livres

Jovem paulistana de 24 anos deseja realizar sonho de conhecer o pai biológico que provavelmente mora em Brumado

Bahia: Autorizado concurso da Polícia Militar 2019 com 2 mil vagas

Brumado: 'Toda mudança é um processo de adaptação' diz secretário de administração sobre a Área Azul

Brumado: Família da comunidade Sítio São José está sem abastecimento há 8 meses e usa água de vizinhos

Brumado: Amigas solidárias realizará torneio de baleado para arrecadar fundos à Ong AuAu

Proposta popular quer cortar pela metade os salários de prefeito, vice-prefeito e vereadores em Rio do Antônio

Livramento de Nossa Senhora: Jovem sofre acidente de moto e morre após ter 80% do corpo queimado

Tenente Coronel Mucyo Vasconcelos é o novo comandante da 2ª Companhia Independente de Polícia Rodoviária Estadual

Brumado: Cobrança pela Área Azul passa a valer nesta segunda (22)

New Kenko Purificadores: Beba água de qualidade e garanta a saúde para sua família

Brumado: Homem trafega na contramão, bate em veículo e é preso pela PM no bairro São Felix


Impasse pode tirar o Bahia da TV no Brasileirão de 2019; entenda

(Foto: Divulgação)

O Campeonato Brasileiro de 2018 ainda não terminou, mas a competição do próximo ano já está em pauta. A transmissão das partidas na televisão passa por um impasse, já que Bahia, Atlético-PR e Palmeiras ainda não fecharam contratos com a Globo para a exibição das suas partidas em 2019. A emissora e os clubes já trabalham com a possibilidade do Brasileirão ficar desfalcado e não ter os 380 jogos transmitidos. As informações são do Estadão. A dificuldade envolve os contratos de exibição das partidas entre 2019 e 2024, na TV aberta e nos canais pay-per-view (PPV). Já com a TV fechada, os clubes puderam assinar acordos separados com a própria Globo, para transmissão no SporTV ou Esporte Interativo. Recentemente o EI anunciou o encerramento de suas operações no Brasil. No cenário atual, 108 dos 380 jogos da Série A de 2019 não poderão ser transmitidos no PPV ou na TV aberta. Isso porque a Lei Pelé determina que os direitos de transmissão pertencem às duas equipes envolvidas nas partidas. Os três clubes não aceitaram a proposta da Globo para a TV aberta e para o PPV por discordarem de uma redução que varia de 5% a 20% no valor. Para o presidente do Bahia, Guilherme Bellitani, afirmou que as conversas ainda estão em andamento, mas não é possível saber se o acordo será fechado. "Se tiver mesmo de acontecer de ficar sem jogos na televisão, vejo como um processo natural", disse.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário