ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Construção de sede da Unidade do Corpo de Bombeiros em Brumado aguarda liberação do Grupamento de Bombeiros de Vitória da Conquista

Conquista: Aeroporto Glauber Rocha marca nova fase no turismo de negócios

Brumadense que pesava 140 kg, perdeu 50 kg com exercícios e dedicação

Morro do Chapéu: Caçador mata jiboia de 3 metros em e encontra veado na barriga

Brumado: Secretário diz que ponte entre os bairros Dr. Juracy e São Jorge tem previsão de entrega para três meses

Brumado: Justiça Estadual realizará leilão de imóveis e veículos no dia 25 de julho

Líder de grupo terrorista revela plano para matar Presidente da República, diz revista

Homem arranca órgão genital do amante da esposa com tesoura após flagrar traição

Reumatologia é na Clínica Master com Dr. Kayson Lima

Brumado: Escritor José Walter lança mais dois livros; 'Bissextas' e 'Cartas Trocadas'

Inusitado: Motorista abandona carro após ser parado em blitz na Praça da Prefeitura, em Brumado

Aeroporto Glauber Rocha: Presidente Bolsonaro rebate; 'Dinheiro é do povo, não meu, nem de Rui Costa'

Animal solto na pista causa acidente e deixa motociclista ferida no anel viário da BR-030, em Brumado


Brumado: Após oito anos de espera, esgotamento sanitário mudará a realidade do bairro Jardim de Alah

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A universalização dos sistemas de esgotamento é o "Tema" em boa parte das cidades baianas, que ainda no século 21 não é realidade para todos. Em Brumado, apesar de um grande impasse entre a administração pública e a Embasa, a prefeitura vem fazendo o seu papel -- mesmo que essa realidade não chegue a toda população --. Realidade essa como no bairro Jardim de Alah, que agora chega como bom presente para o mês dos pais. Para quem viu o bairro crescer e também acompanhou de perto os problemas, o aposentado Joílson Rodrigues da Silva (48) conversou com o 97NEWS e diz, “quando mudei pra cá, o bairro tinha muitos problemas. Sempre que chovia a rua ficava intransitável, isso sem falar nas casas que não tem fossas. Quando a água da chuva se juntava ao esgoto da rua, o mau cheiro e doenças eram muito comuns”, conta. A obra possibilitará que as famílias do bairro Jardim de Alah tenha sua rede de esgoto, evitando doenças com o acúmulo de dejetos na via. “Depois que a obra for concluída muitas famílias vão ligar suas casas na rede de esgoto e isso vai melhorar muito as coisas”, relatou dona Maria Almeida, outra moradora da localidade.

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Quem também ficou feliz com o sistema de esgoto foi Aldenora Lima Delgado, moradora do bairro há 5 anos. “Depois que ligarem minha casa na rede, não terá mau cheiro”. Ela entende a importância da cobrança do esgotamento sanitário, por ser tratar de saúde pública. "Há 5 anos, tinha o sonho de ver minha rua calçada". Ela conta que nos dias de chuva a lama invade a rua, dificultando a limpeza da casa. Já no verão, a poeira invadia tudo e até provocava problemas respiratórios nas crianças, "meu filho de 4 anos sofre com essa poeira, todo mês é remédio, e agente não tem condições de comprar sempre. Mas com essa obra agora, tudo vai mudar", disse alegre sabendo que, além do esgotamento, o bairro vai receber pavimentação. Seu Gonçalo Rodrigues, 64 anos, mora há 9 no bairro, Ele conta que se mudou para o local quando ainda era mato. "Quando cheguei aqui, não era bairro planejado. Em seguida planejaram e hoje a chegada do esgoto e calçamento é um desejo antigo de quem mora aqui”, conclui. Segundo os encarregados da obra, a conclusão é de que até o fim do mês de setembro a obra seja concluída.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário