ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Homem de 40 anos é encontrado morto na zona rural de Guanambi

Covid-19: Brumado registra 47 casos confirmados, 28 em tratamento, um óbito e quatro pacientes internados

Correios serão opção para fazer cadastro para auxílio emergencial

Brumado: Homem é alvejado com vários disparos de arma de fogo no bairro Santa Tereza

2ª parcela do vale-alimentação estudantil começa na segunda-feira (8)

Eclipse lunar acontece nesta sexta-feira (5) e pode ser acompanhado no Brasil

Brumado: MP abre inquérito para pacientes com Covid-19 que não estão cumprindo medidas de isolamento

Brumado: Confirmada primeira morte por coronavírus no munícipio

Brumado: Servidor público tem CPF cadastrado ilegalmente no auxilio emergencial do Governo Federal

Vacina brasileira contra a Covid-19 começa a ser testada em animais

Prints e conversas do whatswpp sem autorização judicial é ilegal

Sesab confirma 14.243 casos ativos da Covid-19 na Bahia; número de óbitos se aproximam de 800

Municípios baianos têm até dia 8 deste mês para informar gastos com pandemia

Prefeitura de Caetité lança programa de ajuda emergencial a artistas

RHI Magnesita mantém ciclo sustentável de alto impacto em Brumado

Bolsonaro publica MP que permite repasse de R$ 60 bilhões em ajuda a estados e municípios

Covid-19: Brumado passa a ter 28 casos ativos da doença e 1.335 notificações

RHI Magnesita distribui máscaras de tecido em Brumado

Brumado: Após pacientes testarem positivo para a Covid-19, nefrologista destaca protocolos no Instituto de Nefrologia

SEST SENAT vai realizar testes rápidos de covid-19 em 30 mil trabalhadores do transporte


Caetité: Moradores fazem protesto e bloqueiam pista no distrito de Brejinho das Ametistas; manifestantes reclamam da falta de emprego

Foto: Paulo Souza

Na manhã desta terça-feira (31) moradores de Brejinho das Ametistas bloquearam a BA-611, que dá acesso a cidade de Caetité ao distrito. Na manifestação, apenas veículos de empresas foram bloqueados pelos manifestantes. Na tarde ontem (30), um outro manifesto já havia acontecido, mas nenhum representante das empresas apareceu. Segundo os manifestantes, as empresas que estão instaladas na região de Brejinho não estão gerando empregos para a população local, trazendo de fora a mão de obra. O alvo principal da paralização, são as empresas Ferrovia Oeste Leste (FIOL) e Bahia Mineração. “Quando não tem a pessoa que não tem aquele curso adequado para a realização de determinado serviço, tudo bem, porque não é capacitado. Mas aqui eles estão trabalhando com mão de obra comum e mesmo assim, por exemplo, nós temos Técnico em Segurança do Trabalho e Armador e muitas pessoas que fizeram cursos e podem ocupar esses cargos. Não tem necessidade de trazer pessoas de fora de Brejinho das Ametistas”- disse um dos manifestantes. Ainda na parte da manhã, um representante da empresa que atua na ferrovia, apareceu e solicitou os currículos dos moradores e  fez o compromisso de analisa-los. Segundo os trabalhadores, ele se comprometeu ainda, demitir os funcionários que não são da localidade de Brejinho das Ametistas. A empresa Bahia Mineração, não se manifestou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário