ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Trânsito: Multas por uso de celular ao volante crescem 33% em 2018

Guanambi: 'Pedinte Estuprador' é procurado pela Polícia

Bahia: Mulher se joga de prédio para escapar de incêndio

MP-BA abre inquérito contra delegado-geral da Polícia Civil

Café da Manhã: Uma variedade de delícias com uma qualidade inigualável você só encontra na Padaria Divina

O xadrez e os ensinamentos para a política

Preço da gasolina termina semana em alta, diz ANP

PF combate grande grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros

Caminhada 'Passos que Salvam' será em novembro na cidade de Brumado

TG 06/024 recebe palestra sobre a Semana Nacional do Trânsito em Brumado

Juiz proíbe uso de fogos de artifícios nos municípios de Tremedal, Belo Campo e Piripá

Mulher com bastão de 'selfie' causa confusão em evento de Alckmin em Salvador

Bahia: MPF instaura inquérito para apurar convênio entre governo e UPB a fim de implantar metodologia militar em escolas públicas

Livramento: Polícia identifica bandido morto em confronto e acusados de participarem do roubo ao carro-forte na BR-116

Royalties da mineração baterão recorde em 2018

Mega-Sena pode pagar até R$ 22 milhões em sorteio hoje (22)

Bahia: Carro da Secretaria Municipal de Saúde é flagrado transportando cerveja em Jussari

Forças Armadas foram solicitadas por 9 estados para manter segurança da eleição

Brumado comemora o 'Dia da Árvore' como uma das cidades mais arborizadas do Sudoeste Baiano

GCM de Brumado realiza no CAPS mais uma etapa do projeto ‘Missão Azul Solidária’


Retrocesso: Vitória da Conquista cai no ranking de desenvolvimento, diz relatório da Firjan

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), divulgou na última semana o Relatório do Índice de Desenvolvimento Municipal (IDM), e o município de Vitória da Conquista caiu 322 posições em dois anos. O relatório avaliou 5.471 municípios, onde vivem 99,5% da população brasileira. Em 2014, Conquista era considerada a terceira maior cidade da Bahia, e estava na 2.587º colocação no Brasil, já em 2016, despencou para 2.909º lugar. Na Bahia, Conquista caiu sete colocações no mesmo período, sendo considerada a 26ª cidade baiana no ranking de desenvolvimento. A Firjan monitora as áreas de emprego e renda, educação e saúde, com base nas estatísticas oficiais dos respectivos ministérios. O índice varia de 0 a 1, sendo que, quanto mais perto de 1, maior o desenvolvimento. Nos dados consolidados das três áreas, Vitória da Conquista apresentou desenvolvimento baixo, com índice médio de 0,66. Na área de emprego e renda, entre 2014 e 2016, a cidade caiu de 369ª para 409º colocação no Brasil e e se manteve em 10º nos dois períodos, no Estado, com o índice de 0,73. Na educação, caiu 303 posições, de 3.869º para 4.172º e no Estado caiu de 62º para 116º, com índice de 0,68. Já na área da saúde, Vitória da Conquista caiu de 4.368º para 4.515º no Brasil e de 124ª para 148º na Bahia, com um dos piores índices da série de 0,65. A estimativa da Firjan é que, assim como todo o Brasil, Conquista se recupere apenas em 2027, pois, de acordo com a analista de Estudos Econômicos da federação carioca, Anna Carolina Gaspar, apesar da perda de postos de trabalho ser rápida, a recuperação é muito lenta.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário