ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Prefeitura de Brumado realizou mutirão de combate a criadouros do Aedes aegypti

Brumado: Homem é preso em flagrante por ameaçar de morte ex-companheira

Brumado: Projeto de Lei do Executivo que aumenta o IPTU deve criar nova polêmica no fechamento das cortinas políticas em 2018

Homem é preso por cultivar pés de maconha em casa em Livramento de Nossa Senhora

BA-262: Jovem morre em grave acidente próximo a Coaraci

Delegados desistem de entregar cargos e aguardam negociações com o governador Rui

Prêmio da Mega-Sena acumula e deve chegar a R$ 48 milhões

Caetité: Homem fica ferido após colidir em traseira de caminhão na BR-030

Casos de câncer infantojuvenil aumentam 30% na Bahia em dez anos

Café da Manhã: Uma variedade de delícias com uma qualidade inigualável você só encontra na Padaria Divina

Eduardo Bolsonaro quer implantar pena de morte para crimes hediondos e traficantes

Barra do Choça: Grave acidente na tarde deste sábado (15)

Homem invade quartel da PM, esfaqueia sargento e é baleado por soldado

Possível ponto de venda de entorpecentes na Vila Presidente Vargas é objeto de ação policial

Brumado: Abastecimento de água será interrompido na terça-feira (18)

Milagres: Carga de cigarros avaliada em quase R$ 3 milhões é apreendida

Conquistense está entre as vítimas que foram abusadas por 'João de Deus'; MP-GO pediu prisão do médium

‘Governo parece que ficou com raiva da Educação’, diz sindicalista após projeto de corte

Brumado: Eleita a nova mesa diretora do Poder Legislativo para o biênio 2019/2020

Livramento: Tio é esfaqueado pelo sobrinho após forte discussão


Brumadenses acompanharam os 35 anos de trajetória do Grupo Galpão no espetáculo 'De Tempo Somos'

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

Não se trata de uma peça, é um sarau com 25 canções de alguns de seus principais espetáculos e outras inéditas, combinadas com fragmentos de textos de autores como Baudelaire, Kerouac, Nelson Rodrigues, Tchékhov e Leminski. Em comum entre as diversas referências, está a questão da passagem do tempo, expressa desde o título. No espetáculo apresentado em Brumado neste final de semana, o repertório incluiu músicas de peças que ficaram marcadas na trajetória do Galpão. Já são três décadas dedicadas à pesquisa de linguagem. Para o agente cultural, Paulo Esdras, "de alguma forma, somos dinossauros nessa questão de resistência. Está difícil ver as pessoas saindo de casa para ter um convívio com a cultura, mas acredito que o teatro se tornará cada vez mais necessário. Ninguém aguenta mais essa coisa sem substância. Lutamos contra a vulgaridade no sentido de propor algo que tenha mais conteúdo, linguagem, pesquisa", comentou o incentivador cultural no município. 

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

O grupo também vem lançando uma série de registros de seus trabalhos, incluindo livros, DVDs e um CD. Esse esforço do Galpão e de outras companhias brasileiras em deixar um legado se faz necessário em vista da falta de iniciativa do mercado editorial e do poder público. O sarau atraiu um grande público para a Praça Coronel Zeca Leite, onde os brumadenses puderam dar risadas e sentir grandes emoções. A peça, que tem direção de Lydia Del Picchia e Simone Ordones, superou as expectativas dos organizadores. A ideia do grupo, é retornar mais uma vez à cidade com uma estrutura ainda maior e um novo espetáculo. A data será definida pelos organizadores.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário