ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Continua a limpeza no pátio da 20ª Coorpin, veículos são levados para a 18ª Ciretran

Brumado: Superintendente da SMTT diz que responsabilidade de sinalização semafórica de 'Passagem em Nível' é da FCA

Brumado: Vende-se casa com piscina e área de lazer

Banco do Brasil vai contratar adolescentes para auxiliarem como jovem aprendiz em Brumado

Pai é acusado de sequestrar filha de 11 meses após fim de relacionamento com a ex-mulher

Reunião entre CDL e SMTT discutem sobre atual situação do trânsito e mobilidade em Brumado

Brumado: Unicorp realizou curso de mediação e conciliação em parceria com o Cejusc

Exames detectam alumínio no sangue de três bombeiros de Brumadinho

Jovem denuncia padrasto por tortura e estupro contra ela e a mãe

Bahia: STJ decide quem julga superlotação de presos em delegacias

Principais fraudes sofridas por micro e pequenas empresas envolvem cheques e cartões falsos

Clínica Master: Endocrinologia você encontra aqui

Comerciários de Brumado, Poções e Livramento autorizam o desconto em folha da contribuição sindical urbana

Inusitado: Médico agride mulher em trabalho de parto no Amazonas

Criança de 3 anos atropelada na zona rural de Brumado morre no Hospital Geral em Vitória da Conquista

Brumado: Trabalhadores em educação realizam ato de protesto em frente ao INSS contra a Reforma da Previdência

Durante assalto vítima fica nua para provar a bandido que nao tem mais dinheiro

Idoso morre após ter membros amputados por ataque de pit bulls

Locutor xinga Pabllo Vittar e diz que artista 'não tem música de sucesso'; fãs relatam boicote

Brumado: Criança de 3 anos que foi atropelada por ônibus escolar na Fazenda 'Gameleirinha' segue internada na UTI de Conquista; seu quadro clínico é considerado grave


Malhada de Pedras: Mesmo em estado de emergência, município fez licitação para compra de R$ 100 mil em fogos de artifício

Caso seja finalizada, a aquisição de R$ 100 mil em fogos de artifício poderá ser muito questionada (Foto: Reprodução DOM)

Mesmo tendo decretado Estado de Emergência no final de março, o município de Malhada de Pedras realizou o processo licitatório para aquisição de R$ 100 mil reais em fogos de artifício, que seriam utilizados segundo o cronograma de atividades da administração. Vale ressaltar que não existe prazo específico para a utilização da mercadoria, tanto que o processo licitatório, feito em dezembro de 2017, não aponta datas específicas nesse sentido.  Segundo a oposição “a seca neste ano de 2018 está muito severa e, com isso, ações e investimentos deveriam ser destinados nesse sentido e não em comemorações, mas, infelizmente, não é isso que está ocorrendo”. O município que tem como principal fonte de renda a agricultura, vem atravessando sucessivas crises, o que vem prejudicando muito a economia local, então, diante disso, a compra de R$ 100 mil em fogos de artifício acaba sendo muito questionável, já que essa verba poderia ser utilizada em ações mais prioritárias. É importante salientar que o processo licitatório ocorreu quando o municipio não estava sob decreto de emergência e que o valor não é pago integralmente, mas as discussões ganharam mais notoriedade devido aos eventos juninos. Recentemente o mesmo episódio ocorreu no município de Lagoa Real, o que gerou uma forte onda de protestos nas redes sociais, então, isso poderá se repetir nessa questão de Malhada de Pedras, que também é um município considerado de pequeno porte, ou seja, que possui muitos desafios pela frente para se desenvolver. Configura a ata de registro do pregão oficial (clique). 



Comentários

  • Webiston Barbosa Reis

    "Protestos nas redes sociais nem sempre levam a nada. O correto seria encaminhar uma denúncia ao “Ministério Público”, órgão esse que, diga-se de passagem, tem competência suficiente para investigar, e se for o caso, punir os devidos responsáveis, bastando para isso, que seja PROVOCADO. Seria interessante também, solicitar desse “órgão” uma investigação detalhada com relação ao “preço total” da festa. Bem como, os valores cobrados por cada artista ou banda. De repente... Essas cifras podem estar ACIMA do aceitável. "

Deixe seu comentário