ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Conquista: Jovem cai de estrutura do Centro Cultural Glauber Rocha e morre

Brumado: Alunos da APAE recebem carinho, amor e muita animação com a festa de Carnaval

Rio de Contas: Primeira noite de carnaval segue tranquila e teve apenas 12 infrações, diz PRE

Aluna sofre parada cardíaca em escola e morre na cidade de Caculé

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Porto Seguro é segundo destino mais procurado no Carnaval da Bahia

Brumado: 'Placa indica pavimentação em rua do bairro Rodoviário, mas ela nunca chegou', afirmam moradores

Procurado por latrocínio na região de Brumado é inserido no 'Baralho do Crime', informa SSP-BA

Brumado: Dois meses depois de ter casa atingida por incêndio, com ajuda da população, moradora consegue reerguer moradia

Saiu mais um ganhador do 'Show de Prêmios' da Locar Rápido!

Brumado: 'Não é censura à imprensa', diz defensor público estadual sobre nova lei de 'Abuso de Autoridade'

Câncer de vesícula biliar – doença silenciosa – previna-se

Brumado: Prefeitura e Câmara decretam Luto Oficial de 3 dias devido ao falecimento de Mestre Eufrásio

Fundação Getúlio Vargas aponta aumento de extrema pobreza com cortes no Bolsa Família

Bebê nasce com cara de 'brava' e imagem viraliza na internet

Conquista: Motorista de app pede ajuda aos Bombeiros após carro ficar ilhado com chuva

Brumado: Paralisação dos professores estaduais entra no terceiro dia; categoria comemora com 'Carnaval de Protesto'

Trio elétrico completa 70 anos de desfile no carnaval da Bahia


Brumado: Tumulto e quebra-quebra no HMPMN deixa médicos e funcionários assustados

Confusões com agressões e quebra-quebras são cada vez mais comuns no HMPMN (Foto: 97NEWS)

O corredor do pronto-socorro do Hospital Municipal Professor Magalhães Neto virou novamente um palco de conflitos, desta vez decorrente de uma confusão causada por três pacientes na noite da última quarta-feira (27). De acordo com o boletim de ocorrência, um homem de identidade não revelada chegou à unidade hospitalar com o queixo quebrado após uma confusão que havia acontecido após o jogo do Brasil em um bar localizado na Rua Cel. Tibério Meira. Segundo testemunhas, três homens com sinais de embriaguez começaram a brigar no estabelecimento motivados, segundo informações, por discussões envolvendo o desempenho da seleção brasileira. Durante as agressões, um dos homens foi atingido com um soco no queijo e teve que ser hospitalizado. Mesmo diante disso, prestes a ser atendido, um dos agressores, extremamente alterado, não satisfeito foi até o setor e tentou-o agredir mais uma vez a vítima. Na ação houve quebra-quebra e muito “empurra-empurra”, tanto que um guarda municipal foi agredido e a Polícia Militar teve que ser acionada. Ao perceber a chegada da viatura no local, agressor e vítima saíram correndo do local, pulando muros do SAMU 192 que fica anexo ao Hospital Municipal.

A sala de atendimento é uma zona constante de tensão (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

Segundo os pacientes, a correria foi tamanha, tanto que médicos e enfermeiros ficaram muito apreensivos e temerosos diante da confusão. O caso foi registrado na Delegacia e a Polícia Civil vai usar as imagens de monitoramento do Hospital para identificar os homens que causaram a confusão. Uma das enfermeiras que trabalha na unidade relatou à nossa equipe que essa não é a primeira vez que confusões desse gênero acontecem no local e que funcionários estão até pensando em pedir demissão por medo da insegurança. Apesar que, segundo a enfermeira, toda vez que a PM é acionada, os policiais chegam ao local imediatamente, o que traz um certo conforto e tranquilidade aos funcionários. Mas ainda segunda ela, os guardas municipais já deveriam trabalhar armados na unidade, que acaba sendo constantemente danificada com as sessões de quebra-quebra causadas por usuários insatisfeitos do Hospital. A direção do Hospital Professor Magalhães Neto não se pronunciou sobre o caso.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário