ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Eleições 2020: Servidor público Diego Azevedo lança pré-candidatura à Câmara de Brumado

Brumado: PM apreende menor que invadiu mercearia, furtou celular e dinheiro no Irmã Dulce

Eleições 2020: 77 partidos estão em fase de criação no Brasil

Brumado: Município está entre as cidades da Bahia com maior índice de infestação do aedes aegypti

Brumado: Morador cria bode solto e irrita vizinhos na comunidade de 'Passa Vinte', próximo a Itaquaraí

Brumado: 'Prefeitura não dispõe de terreno para ampliação do cemitério no distrito de Ubiraçaba', diz secretário de administração

Quatro morrem após batida entre carro e caminhão na BR-116, região de Cândido Sales

Homem sofre tiro acidental ao manusear arma de fogo em Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Estacionamento desordenado na Praça Heráclito Antônio Cardoso provoca confusão

Bebê morre ao levar choque elétrico em geladeira

Polícia Civil já tem uma linha de investigação do duplo homicídio registrado em Aracatu

Brumado: Mais um brumadense leva R$ 10 mil na 'Nota Premiada' do Governo


Píton gigante mata e engole mulher na Indonésia

Foto: Arquivo l Associated Press

O cadáver intacto de uma mulher da indonésia, identificada como Wa Tiba, de 54 anos, foi encontrado dentro de uma píton de sete metros neste sábado (16), perto da horta onde a vítima havia desaparecido. Segundo informações da polícia local, o corpo de Wa Tiba foi encontrado na ilha indonésia de Mun. O chefe da polícia local informou a imprensa que o réptil estrangulou a mulher começando pela cabeça e, ao abrir a barriga da serpente, o corpo dela estava lá. A vizinhança já desconfiava da motivação do desaparecimento, pois a horta de Wa Tiba ficava muito próxima das rochas onde vivem as cobras.  Alguns vizinhos mais próximos encontraram o píton a cerca de 30 metros dos sapatos e do facão da vítima. A píton gigante é espécie muito comum na Indonésia e nas Filipinas e costuma se alimentar de pequenos animais, raramente ataca pessoas.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário