ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Conquista: Jovem cai de estrutura do Centro Cultural Glauber Rocha e morre

Brumado: Alunos da APAE recebem carinho, amor e muita animação com a festa de Carnaval

Rio de Contas: Primeira noite de carnaval segue tranquila e teve apenas 12 infrações, diz PRE

Aluna sofre parada cardíaca em escola e morre na cidade de Caculé

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Porto Seguro é segundo destino mais procurado no Carnaval da Bahia

Brumado: 'Placa indica pavimentação em rua do bairro Rodoviário, mas ela nunca chegou', afirmam moradores

Procurado por latrocínio na região de Brumado é inserido no 'Baralho do Crime', informa SSP-BA

Brumado: Dois meses depois de ter casa atingida por incêndio, com ajuda da população, moradora consegue reerguer moradia

Saiu mais um ganhador do 'Show de Prêmios' da Locar Rápido!

Brumado: 'Não é censura à imprensa', diz defensor público estadual sobre nova lei de 'Abuso de Autoridade'

Câncer de vesícula biliar – doença silenciosa – previna-se

Brumado: Prefeitura e Câmara decretam Luto Oficial de 3 dias devido ao falecimento de Mestre Eufrásio

Fundação Getúlio Vargas aponta aumento de extrema pobreza com cortes no Bolsa Família

Bebê nasce com cara de 'brava' e imagem viraliza na internet

Conquista: Motorista de app pede ajuda aos Bombeiros após carro ficar ilhado com chuva

Brumado: Paralisação dos professores estaduais entra no terceiro dia; categoria comemora com 'Carnaval de Protesto'

Trio elétrico completa 70 anos de desfile no carnaval da Bahia


Aniversário de Brumado: Impasse entre barraqueiros e município continua após reunião

Os barraqueiros e ambulantes compareceram à reunião (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

A expectativa para que o impasse que se estabeleceu de forma prematura entre os barraqueiros e ambulantes quanto às taxas que irão ser cobradas nos festejos que acontecerão no mês de junho em Brumado fosse resolvido acabou virando frustração, pelo menos do ponto de vista do lado dos solicitantes. A reunião que ocorreu no auditório da prefeitura municipal na tarde desta quarta-feira (30), que seria para acertar os detalhes entre as partes, tratou somente da questão das inscrições e dos pontos que serão escolhidos pelos barraqueiros e ambulantes. No momento em que foi aberta uma possível discussão sobre as taxas que serão aplicadas, as quais estariam variando entre 200 e 500 reais, mesmo com uma certa pressão por parte do grupo, foi dito que essa questão iria ser levada ao gestor municipal para decidir se haverá uma redução ou será mantido os valores. Então o impasse irá continuar até que seja dada a palavra final por parte do prefeito Eduardo Vasconcelos.

Os representantes da administração municipal afirmaram que levaram a solicitação da redução das taxas ao prefeito municipal (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)


Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário