ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Casal cai em golpe de venda de carro pela internet, perde veículo e celular em Brumado; polícia investiga o crime

Brumado: Moradores denunciam abandono e risco de desabamento de ponte que liga os bairros São Jorge e Dr. Juracy

Brumado: Após reintegração, Prefeitura demoliu imóvel no bairro São José

Brumado: Caminhão estoura fios e danifica poste no bairro Santa Tereza

Brumado: Polícia prende homem que mantinha ex-namorada em cárcere privado no residencial Brisa II

Famílias celebram Dia Internacional da Síndrome de Down em Brumado

Guanambi: PM prende suspeita de tráfico de drogas é presa com 295 pedras de crack

Cabeceira de ponte começa a desabar na BA-148 entre Brumado à Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Idoso recém operado do coração morre dentro de ônibus na Av. Centenário

Brumado: Polícia recupera bens furtados em galpão; três suspeitos foram ouvidos e liberados

Clínica Master: Ginecologia e Obstetrícia

Chuva causa alagamentos em diversos pontos de Brumado; veja fotos

Ex-presidente Michel Temer é preso pela Lava Jato no Rio de Janeiro

Apresentadora Xuxa solta o verbo e diz, 'Estou velha, pele enrugada e não faço plástica', sobre cobranças pelo corpo

Brumadinho: Total de mortes confirmadas sobe para 209

Caetité: Cidade receberá em maio a 'Corrida do Trabalhador'

Brumado: Dois indivíduos tombaram em troca de tiros com o PETO no bairro Irmã Dulce

Bloqueio de celulares irregulares começa no dia 24 de março nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste

Enfim ela chegou: Começa a chover forte em Brumado e na Região Sudoeste

Clínica Master: Atendimento em Psiquiatria


Garoto de 11 anos já desenvolveu sete 'APPS' para Iphone

Foto: Reprodução

Cansado de ver televisão, um menino australiano de apenas 11 anos, Yuma Soerianto, já desenvolveu sete aplicativos disponibilizados na App Store, a loja virtual da Apple. "Comecei a programar com seis anos. Voltei da escola e geralmente via televisão, mas eram repetições e eu odeio repetições. São chatas. Quis fazer algo mais do que ver televisão", explica Soerianto em conversa com o Cnet. Começando a partir de pequenos tutoriais e da construção do seu próprio site, Soerianto passou a desenvolver jogos para navegadores de internet e, pouco depois, criou os apps disponíveis na App Store. Agora, o garoto já está desenvolvendo apps em Realidade Aumentada. No mais recente deles, chamado ‘Let’s Stack AR!’, os jogadores devem ajudar um pato a empilhar blocos 3D. O garoto também mantém o seu próprio canal de YouTube, o Anyone Can Code, no qual procura encorajar e ensinar outras pessoas a começarem a programar.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário