ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Portal dos procurados oferece recompensa por informações sobre ‘Dr. Bumbum’

Itabuna: Cabo da PM é presa após tentar agredir comandante dentro de batalhão

Brumado: Idoso é detido suspeito de assédio sexual dentro de antiga construção

Partido dos Trabalhadores convida população brumadense para participarem do 'Programa de Governo Participativo'

Menina de 12 anos deficiente é estuprada por 22 homens durante sete meses na Índia

Bahia: Certidões emitidas pelo TCE podem gerar R$ 7,6 milhões para o Estado

Brumado: Professores da rede municipal de ensino recebem Capacitação de Robótica para aplicar em sala de aula

Brumado: Adolescente desaparecido volta para casa

Em meio a desinteresse e insatisfação da população, Rui Costa estará em Brumado nesta sexta-feira (20)

Brumado: Após revogação de licitação, Prefeitura abre nova concorrência para empresa administrar 'Zona Azul'

Brumado: Agentes de trânsito recebem curso sobre a importância do aprimoramoramento de técnicas de relacionamentos interpessoal para a vida pessoal e no trabalho

Cirurgião geral na Clínica Master com Dr. Pedro Thiébaut

Brumado: 34ª CIPM confirma nova viatura e possibilidade de aumento do efetivo

Brumado: GCM´s participam de capacitação para criação de Grupamento Especializado (GE)

Após 100 dias de prisão, perfil de Lula no Facebook posta vídeo do ex-presidente

Bebê de dois meses sobrevive após cair do segundo andar de casa no Espírito Santo

Brumado: Jovem é apreendida com drogas e carregador para rádio comunicador no bairro São Felix

Atenção: Após surto no Brasil, Sesab quer elevar cobertura vacinal de sarampo

Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas

Conquista: Leilão de carros e motos apreendidos acontece na quinta-feira (19); são lotes com preço mínimo de até R$ 100


Nota de esclarecimento da Secretaria Municipal de Educação sobre críticas de professor

Foto: Luciano Santos l 97NEWS

A crítica é sempre um instrumento importante para o esclarecimento dos fatos e a convivência social, dentro de um regime democrático que garanta principalmente a liberdade de pensamento. Entretanto não se pode confundir a crítica justa e necessária com a maledicência, esta última que produz informações falsas com o objetivo de confundir as pessoas, ao passo que as afasta da possibilidade de conhecer a verdade. O texto produzido por um professor da Rede Municipal de Educação, falando a respeito da reforma do Centro Municipal de Educação Agamenon Santana - CMEAS está eivado de enganos a inconsistências. O professor afirma que a escola está inaugurada desde 02/04, sendo esse o seu primeiro engano, pois a Secretária de Educação esteve presente pra recepcionar os alunos e deixou bem claro que havia terminado apenas a primeira etapa da reforma e que o trabalho continuará acontecendo para corrigir falhas existentes na estrutura antiga, garantindo um melhor conforto a todos os usuários das dependências da escola. E o fato de se ter hasteado a bandeira e cantado o hino nacional, não configura inauguração da instituição, mas apenas uma ato de civismo e respeito, que talvez o professor não consiga reconhecer como importante e necessária. Prática essa que vem sendo realizada pela maioria das escolas, pelo menos uma vez na semana. Outra questão salientada pelo professor foi quanto às salas de recursos audiovisuais, como laboratórios e sala de vídeo. Tais espaços estão sendo adequados e climatizados para o uso, mas o que chama a atenção é o fato do mesmo professor não ter o costume de utilizar estes espaços antes do início da reforma, demonstrando que o problema não é a falta de condições de usar os espaços por conta da reforma, mas a reclamação inadequada, sem eco no seu comportamento habitual.

O grau de incompreensão do professor se torna ainda mais agudo quando coloca o fato da Administração Educar para Libertar, preocupar-se apenas com “reformas e mais reformas”, quando deveria doutro modo dar maior importância ao salário dos professores e a aquisição de equipamentos. Vale aqui destacar que em 2018 não houve negociação salarial com a categoria dos professores, porque não foi preciso, já que a Gestão Educar para Libertar fez o repasse na íntegra do aumento concedido pelo Ministério da Educação. Esse compromisso assumido por uma administração empenhada e responsável com a educação pública. Quanto aos equipamentos que segundo o professor não existem, é outra falácia, posto que todas, e aqui é importante reafirmar, TODAS as unidades de ensino do município dispõem dos equipamento audiovisuais, porém estes para serem utilizados dependem do agendamento realizado no momento  do planejamento pedagógico, tornando-se impossível a utilização destes equipamentos sem o devido agendamento, feito no planejamento pedagógico semanal. É fundamental ainda destacarmos que a Gestão Educar para Libertar, está ampliando as unidades escolares para universalizar o ensino integral no município, compromisso assumido que vai além de uma campanha eleitoral, mas um comprometimento com a população, sobretudo a que mais precisa, por reconhecermos que apenas a EDUCAÇÃO é capaz de garantir Liberdade e por conseguinte Cidadania ao povo. Diante dos fatos apresentados fica evidente que o objetivo da atual gestão é realizar um trabalho sério, com uma equipe que acima de qualquer outro desejo, busca a qualidade do ensino público.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário