ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brumado: Empresário Gilson Dias declara apoio ao pré-candidato Tiago Amorim

APLB-SINDICATO: 66 anos de uma luz que nunca se apaga

Brumado: Família pede apoio para tratamento de Igor Carvalho que nasceu com 'ossos de cristal'

Junior Brumado é novamente convocado para Seleção Brasileira Sub-20

Após incessantes apelos dos moradores, começa a limpeza do Bairro Irmã Dulce

RotSat: contrate o rastreamento de seu veículo ou de sua frota onde você tem confiança e qualidade

Convocatória da APLB de Brumado

Brumado: Esgoto em rua de uma casa só gera questionamentos; SEINF explica

Brumado: Tiro de Guerra realizou atividades em alusão a semana do Exército Brasileiro

Tanhaçu: Homem morre atropelado por retroescavadeira

Brumado: Em tentativa de homicídio adolescente é alvejado no início da tarde desta terça-feira (24)

Coelba: Nota de esclarecimento aos moradores da zona rural de Aracatu

Brumado: Polícia Civil intensifica investigações no intuito de prender os autores do arrombamento em loja de móveis

Vulneráveis: Sites de prefeituras sofrem cada vez mais ataques cibernéticos

SEINF garante que irá resolver problemática de rua arrasada no Bairro Olhos D'água

BA-262: Caminhão com carga de eucalipto pega fogo próximo a Aracatu

Polícia Federal cumpre mandado na Câmara dos Deputados

Viralizou: Vídeo de PM em roda de capoeira durante a Micareta de Feira faz sucesso nas redes sociais

Eletroencefalograma Digital com mapeamento cerebral, no Centro Médico São Gabriel

Brumado: No dia do aniversário da mãe, adolescente é assaltado e tem arma apontada na cabeça por bandido


EUA, Reino Unido e França lançam ataque contra a Síria em resposta a suposto uso de armas químicas

Foto: AP Photo/Hassan Ammar

Os Estados Unidos, o Reino Unido e a França anunciaram na noite de sexta-feira (13) que lançaram um ataque em conjunto contra estabelecimentos de armas químicas na Síria, em resposta ao suposto ataque químico contra a cidade de Duma no dia 7 de abril. O regime sírio nega o uso de armas químicas, que são proibidas por convenções da ONU. As forças aéreas e marinhas dos três países lançaram os primeiros ataques por volta das 21h de Washington (22h, no horário de Brasília), durante o pronunciamento do presidente americano Donald Trump na Casa Branca. Os sistemas de Defesa da Síria reagiram, atingindo 13 mísseis em Al Kiswah, nos subúrbios de Damasco. O Pentágono anunciou que três alvos foram atingidos na Síria: um centro de pesquisa e produção de armas químicas e biológicas em Damasco, um armazém de armas químicas em Homs, a leste de Damasco – em que os EUA acreditam que estavam estoques de gás sarin – e uma base na mesma cidade que também teria armas químicas. O presidente dos EUA disse que o uso de armas químicas foi uma escalada significativa e que as ações de Assad foram ações "de um monstro". "Esse massacre [em Duma] foi uma escalada significativa em um padrão de uso de armas químicas por aquele regime terrível", disse o presidente.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário