ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Assinatura para construção do Porto Sul em Ilhéus poderá gerar novos empregos em Brumado e região

Inovare Odontologia e Saúde: Um novo conceito em Brumado

Conta de luz vai subir com alta de até 50% no valor das bandeiras tarifárias

Projeto Parceiros da Alfabetização é desenvolvido por educadora Daniela Dias na cidade de Tanhaçu

Solidariedade: Brumadenses dão um show e campanha para a garota Naiara arrecada cerca de R$ 11 mil

Caso a regra passe a valer, eleições de 2020 serão canceladas e prefeito Eduardo Vasconcelos terá seu mandato alongado até 2022

Após assassinar ex, homem invade igreja e mata mais três

Colisão entre duas motocicletas deixa dois feridos na BA-148, em Brumado

Brumado: 1ª Promotoria de Justiça solicita aos idosos que tiveram o direito de passagens negado pela Viação Novo Horizonte compareçam ao MP

Brumado: 22 de maio, 2 anos sem o radialista 'Maluco do Veneno'

Enterro de PM lotado na 34ª CIPM é marcado por várias homenagens em Brumado

Em greve há 43 dias, professores da Uneb decidem manter paralisação

Wi-Fi para todos: A conectividade sem fio chegou a Viação Catarino

Sem papas na língua: Faustão anuncia fim do 'Domingão' em 2022 e tem contrato milionário revelado

Brumado: Cejusc ministra palestra para os assistidos do CRAS Yolanda Pires

Brumado: Prefeitura Municipal realizará leilão de equipamentos, veículos e outros bens

Lavrador de 51 anos tem pedra de 1,3 Kg e 18 cm retirada da bexiga durante cirurgia na Bahia

Governador defende discussão sobre cobrança de mensalidade em universidades públicas da Bahia

Operação da PF prende grupo que fornecia drogas para Bahia e Espirito Santo

Brumado: Homicídio é registrado no bairro Dr. Juracy na manhã desta terça (21)


Novo ministro da Educação é réu em processo na Justiça de São Paulo

O secretário executivo do Ministério da Educação e futuro ministro da pasta, José Henrique Paim Fernandes, é réu em ação civil pública que tramita desde 2006 na Justiça Federal em São Paulo, acusado de improbidade administrativa. 

Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal por supostas irregularidades em convênio firmado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do qual era presidente.

O convênio, no valor de R$ 491 mil, foi assinado em 2005 com a ONG Central Nacional Democrática Sindical (CNDS).

Destinava-se a alfabetizar jovens e adultos. Auditores do Tribunal de Contas da União detectaram irregularidades como ausência de documentos na prestação de contas e falta de provas de pagamentos efetuados.

 

Um contrato anterior, no valor de R$ 532,2 mil, havia sido firmado em 2004, mas a ONG não prestou contas dele no prazo legal. Além disso, professores que trabalhavam para a CNDS denunciaram que não estavam sendo pagos pelas aulas que davam.

O fato levou o Ministério Público a recomendar ao Fundo que não assinasse novos contratos com a ONG.

A recomendação, no entanto, não foi seguida e o Fundo assinou outro contrato com a CNDS no ano seguinte. Pouco tempo depois, a ONG fechou as portas e seus dirigentes desapareceram, retardando o trabalho da Justiça, que tenta notificá-los para prestarem depoimento. Por isso, Paim segue como réu em um processo que corre há quase oito anos.

Conhecido como “o homem que controla a máquina” no ministério, Paim é gaúcho de Porto Alegre e estava filiado ao PSDB até o início dos anos 90. Ele presidiu o FNDE de 26 de janeiro de 2004 a 29 de março de 2006.

Involuntário

Em 2009, o Tribunal de Contas da União acolheu as alegações de Paim de que ele foi “induzido a erro” quando assinou o convênio.

A defesa do futuro ministro da Educação destaca que no convênio “constavam, de forma explícita, declarações de regularidade emanadas dos diversos setores envolvidos no trâmite”.

Segundo o MEC, a defesa de José Henrique Paim “fundou-se nas mesmas razões apresentadas ao TCU e que foram integralmente acatadas pelo tribunal”.

Assim, o ministério aguarda no momento “a prolação de sentença” que eximirá o ex-presidente do FNDE de “qualquer responsabilidade”.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário