ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Estudo indica que zika pode provocar infertilidade em homens

Municípios baianos recebem repasse extra de R$ 377 milhões da União

78 supostas vítimas de João de Deus já procuraram o MP de Goiás

BA-148: Motorista não respeita sinalização de rodovia em obra e capota veículo entre Brumado e Livramento

Justiça mantém decisão e ‘Carcará do Sertão’ tem contas reprovadas e ainda terá que devolver cerca de R$ 11 mil ao FEFC

'Rally' entre carros da Coelba era treinamento afirma empresa

SP: Homem mata quatro pessoas na Catedral de Campinas e comete suicídio

BR-030: Vítima fatal em capotamento ocorrido na manhã desta terça-feira (11)

Perícia técnica confirma que ossada encontrada na BA-263 é da adolescente Keliane Oliveira que estava desaparecida

Criatividade fiscal: Governadores promovem ‘tratoradas’ a fim de cumprir a LRF e escapar da prisão

Otorrinolaringologia é no Centro Médico São Gabriel

Policiais civis de Brumado não devem aderir aos protestos e a paralisação da categoria

Justiça determina prisão de médicos que cobravam até R$ 8 mil para furar fila do SUS

Insatisfeitos com as medidas tomadas pelo governador Rui Costa, policiais civis da Bahia devem paralisar atividades a partir de hoje (11)

Brumado: Solenidade de formação da turma do Proerd 2018 é marcada por emoção, alegria e conscientização

Modera participa da elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Contas

Juiz processa advogado por ser chamado de 'capitão gay' e 'depravado'

Livramentense é encontrado morto em Caetité; vítima sofria de depressão

Brumado: Voluntários participam de ação solidária na comunidade de Pedra Preta

Homens invadem posto de saúde e fazem reféns por mais de 3h


Novo ministro da Educação é réu em processo na Justiça de São Paulo

O secretário executivo do Ministério da Educação e futuro ministro da pasta, José Henrique Paim Fernandes, é réu em ação civil pública que tramita desde 2006 na Justiça Federal em São Paulo, acusado de improbidade administrativa. 

Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal por supostas irregularidades em convênio firmado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do qual era presidente.

O convênio, no valor de R$ 491 mil, foi assinado em 2005 com a ONG Central Nacional Democrática Sindical (CNDS).

Destinava-se a alfabetizar jovens e adultos. Auditores do Tribunal de Contas da União detectaram irregularidades como ausência de documentos na prestação de contas e falta de provas de pagamentos efetuados.

 

Um contrato anterior, no valor de R$ 532,2 mil, havia sido firmado em 2004, mas a ONG não prestou contas dele no prazo legal. Além disso, professores que trabalhavam para a CNDS denunciaram que não estavam sendo pagos pelas aulas que davam.

O fato levou o Ministério Público a recomendar ao Fundo que não assinasse novos contratos com a ONG.

A recomendação, no entanto, não foi seguida e o Fundo assinou outro contrato com a CNDS no ano seguinte. Pouco tempo depois, a ONG fechou as portas e seus dirigentes desapareceram, retardando o trabalho da Justiça, que tenta notificá-los para prestarem depoimento. Por isso, Paim segue como réu em um processo que corre há quase oito anos.

Conhecido como “o homem que controla a máquina” no ministério, Paim é gaúcho de Porto Alegre e estava filiado ao PSDB até o início dos anos 90. Ele presidiu o FNDE de 26 de janeiro de 2004 a 29 de março de 2006.

Involuntário

Em 2009, o Tribunal de Contas da União acolheu as alegações de Paim de que ele foi “induzido a erro” quando assinou o convênio.

A defesa do futuro ministro da Educação destaca que no convênio “constavam, de forma explícita, declarações de regularidade emanadas dos diversos setores envolvidos no trâmite”.

Segundo o MEC, a defesa de José Henrique Paim “fundou-se nas mesmas razões apresentadas ao TCU e que foram integralmente acatadas pelo tribunal”.

Assim, o ministério aguarda no momento “a prolação de sentença” que eximirá o ex-presidente do FNDE de “qualquer responsabilidade”.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário