ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira os especialistas da semana na Clínica Mais Vida em Brumado

Eleições 2020: Servidor público Diego Azevedo lança pré-candidatura à Câmara de Brumado

Brumado: PM apreende menor que invadiu mercearia, furtou celular e dinheiro no Irmã Dulce

Eleições 2020: 77 partidos estão em fase de criação no Brasil

Brumado: Município está entre as cidades da Bahia com maior índice de infestação do aedes aegypti

Brumado: Morador cria bode solto e irrita vizinhos na comunidade de 'Passa Vinte', próximo a Itaquaraí

Brumado: 'Prefeitura não dispõe de terreno para ampliação do cemitério no distrito de Ubiraçaba', diz secretário de administração

Quatro morrem após batida entre carro e caminhão na BR-116, região de Cândido Sales

Homem sofre tiro acidental ao manusear arma de fogo em Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Estacionamento desordenado na Praça Heráclito Antônio Cardoso provoca confusão

Bebê morre ao levar choque elétrico em geladeira

Polícia Civil já tem uma linha de investigação do duplo homicídio registrado em Aracatu


Líder de quadrilha suspeita de ataques em Catu é interceptado em Feira

(Foto: Divulgação SSP | BA)

Equipes da Polícia Rodoviária Federal interceptaram, na madrugada desta sexta-feira (30), na BR-324, o líder da quadrilha suspeita de envolvimento nos ataques, na cidade de Catu. Elton Vinícius Bispo Freitas, o 'Acarajé', tinha mandado de prisão expedido pela morte de um PM e lidera o tráfico em um bairro de Salvador. Ele foi flagrado com um carro roubado junto com mais dois comparsas, em um trecho da rodovia, na cidade de Feira de Santana.  Acarajé era procurado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) por ser autor da morte do soldado Eric Oliveira Santos, da Rondesp Central, em 2016 e lidera o tráfico de drogas, na Fazenda Grande do Retiro, em Salvador. O criminoso, que estava foragido, também era investigado por roubos contra instituições financeiras.  A polícia acredita que como a prisão dele ocorreu antes dos ataques em Catu, outros integrantes da quadrilha, cometeram atos de vandalismo contra estabelecimentos da cidade, haja vista que em alguns casos nem houve roubo. Dentro do veículo roubado em que estava Acarajé, os militares encontraram também Cléber dos Santos Couto, 28 anos, preso em julho do ano passado por equipes do DHPP com uma metralhadora, no bairro do Cabula. 'Cléber Manga', como é apelidado pelos comparsas, também tinha mandado de prisão por tráfico de drogas e roubos a banco. Dentro do carro foi preso ainda um terceiro criminoso, que permanece sem identificação. "Estamos com as equipes em campo, com apoio de grupos do Departamento de Polícia do Interior e da Superintendência de Inteligência da SSP, na busca pelos outros integrantes", declarou o diretor do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), delegado Marcelo Sansão.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário