ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Portal dos procurados oferece recompensa por informações sobre ‘Dr. Bumbum’

Itabuna: Cabo da PM é presa após tentar agredir comandante dentro de batalhão

Brumado: Idoso é detido suspeito de assédio sexual dentro de antiga construção

Partido dos Trabalhadores convida população brumadense para participarem do 'Programa de Governo Participativo'

Menina de 12 anos deficiente é estuprada por 22 homens durante sete meses na Índia

Bahia: Certidões emitidas pelo TCE podem gerar R$ 7,6 milhões para o Estado

Brumado: Professores da rede municipal de ensino recebem Capacitação de Robótica para aplicar em sala de aula

Brumado: Adolescente desaparecido volta para casa

Em meio a desinteresse e insatisfação da população, Rui Costa estará em Brumado nesta sexta-feira (20)

Brumado: Após revogação de licitação, Prefeitura abre nova concorrência para empresa administrar 'Zona Azul'

Brumado: Agentes de trânsito recebem curso sobre a importância do aprimoramoramento de técnicas de relacionamentos interpessoal para a vida pessoal e no trabalho

Cirurgião geral na Clínica Master com Dr. Pedro Thiébaut

Brumado: 34ª CIPM confirma nova viatura e possibilidade de aumento do efetivo

Brumado: GCM´s participam de capacitação para criação de Grupamento Especializado (GE)

Após 100 dias de prisão, perfil de Lula no Facebook posta vídeo do ex-presidente

Bebê de dois meses sobrevive após cair do segundo andar de casa no Espírito Santo

Brumado: Jovem é apreendida com drogas e carregador para rádio comunicador no bairro São Felix

Atenção: Após surto no Brasil, Sesab quer elevar cobertura vacinal de sarampo

Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste de receita de hidrelétricas

Conquista: Leilão de carros e motos apreendidos acontece na quinta-feira (19); são lotes com preço mínimo de até R$ 100


Expectativa criada por anúncios feitos pelo governador Rui Costa para Brumado já começa a ser revertida por onda de especulações

O impasse sobre a segunda etapa da Barragem de Cristalândia e a construção do Sistema de Esgotamento Sanitário de Brumado ainda não foi desfeito, mesmo com as garantias do governador (Fotocomposição:

O vácuo de ações por parte do governo do estado, especialmente em relação a obras estruturantes de fundamental importância para Brumado, começou a ser desfeito com a visita de Rui Costa a Brumado no dia 27 de janeiro, onde ele veio inaugurar a UTI de Brumado, que, após idas e vindas, entrou em funcionamento, se constituindo numa conquista histórica para o município. Durante o seu pronunciamento em praça pública, Rui Costa fez dois anúncios que deixaram a população muito otimista, garantindo que iria iniciar as obras da segunda etapa da Barragem de Cristalândia, bem como começar a construção do Sistema de Esgotamento Sanitário, que é o principal déficit estrutural da cidade, que é uma das únicas da Bahia que ainda não conta com esse serviço essencial. A primeira obra é orçada na casa de R$ 20 milhões, mas, a segunda, é muito mais onerosa e pode chegar, com a sua atualização, ao montante de R$ 100 milhões. Segundo o governador a segunda etapa da barragem deverá ser construída no sistema de Fusigate, - um sistema de controle de vertedouros formado por elementos independentes de concreto e/ou de aço para aumentar a segurança hídrica, impedindo a sangria de água nos momentos de cheia, o que acabou gerando contestações -, principalmente do prefeito Eduardo Vasconcelos, que é engenheiro civil por profissão e que se mostrou contrário à essa metodologia, o que acabou criando um impasse. Já no segundo ponto, que é o tão sonhado e ainda tão distante Sistema de Esgotamento Sanitário, que além do seu alto custo, envolve uma série de fatores que acabaram criando uma série de entraves como a liberação de emendas parlamentares para a pavimentação asfáltica de uma grande quantidade de ruas e avenidas da cidade, já que seria um desperdício de dinheiro, pois teria que se construir duas vezes, já que as vias teriam que ser abertas novamente para receber as tubulações. 

O governador Rui Costa garantiu as obras em sua última visita a Brumado (Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)

O esgotamento é hoje uma obstinação do atual gestor, o qual, quando assumiu o município em 2005, teve como primeiro ato, oficiar a Embasa sobre a necessidade vital da construção do sistema. Passados 12 anos, até agora, Brumado só está no campo das promessas, mesmo tendo as garantias do governador feitas em sua última visita ao município, mas, como Rui Costa vem mantendo os seus compromissos, existe, ainda, uma expectativa positiva. Em seu pronunciamento, o governador garantiu que iria iniciar as obras de forma gradual, afirmando que a primeira etapa seria a construção da Estação de Tratamento. Outro fator que engrossa as fileiras do impasse, é que esse ano vence a concessão dos direitos da Embasa que precisa ser renovado por meio de votação na Câmara de Vereadores e, como o prefeito tem maioria absoluta, a renovação deverá ser bem difícil. Em suas palavras, o chefe do executivo brumadense afirma que “a Embasa já tem 40 anos que vem comendo o filé e deixando os ossos aqui na nossa cidade, então está na hora dela cumprir a sua parte, pois caso isso não aconteça não iremos, em hipótese alguma, renovar a sua concessão”. Então os impasses estão no “tabuleiro”, ainda mais que estamos em ano eleitoral e ainda não foi “batido o martelo” se o governador terá o apoio do prefeito, o que pode emperrar ainda mais essas obras tão imprescindíveis para o município. Visando buscar confirmação de uma nova visita ao municipio, entramos em contato com a Secom | Bahia para saber se existia na agenda do governador uma data marcada para este mês de Brumado, mas, até o momento do fechamento da matéria, não obtivemos resposta. 

O prefeito Eduardo Vasconcelos vem se mostrando fortemente contrário a renovação da concessão da Embasa, caso as obras de esgotamento não sejam iniciadas (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)


Comentários

  • Genilson Pereira

    "Como todos já tem noção desta falácia, não tem porque ficarem acreditando nesses pronunciamentos tanto pelo gestor da cidade quanto pelo governador. No lugar destas "baboseiras" eles poderiam enfim formarem uma parceria, que seria o correto e fazerem o que precisa ser feito. Pelo pouco que entendemos na matéria acima, a cidade se parece como uma bola de ping-pong: o prefeito põe culpa na Embasa e a mesma põe culpa na prefeitura de suas “bagunças” internas. Mas no intuito de angariar votos futuros eles vão começar a desenrolar as coisas com mais agilidade e ai sim fazerem o que precisam. "

Deixe seu comentário