ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Brasil registra recorde de mortes violentas em 2017

Notas do Enem serão divulgadas nesta sexta-feira (18)

Delegado da 25ª Coorpin refuta possibilidade de tráfico internacional de crianças no caso da mãe que vendeu o filho

Brumado: 60% das ligações para o SAMU 192 são de ocorrências falsas, diz coordenação

Secretaria Municipal de Saúde de Brumado irá disponibilizar transporte para o Mutirão da Catarata em Livramento

M. Pedras: Vereador Evânio Oliveira garante que vai pedir total apuração da denúncia envolvendo a máquina do PAC em serviço particular

Cerca de 200 salas serão implantadas para tratamento de pé diabético em municípios da Bahia

Brumado: Filas aumentam na Central de Marcação; Sesau explica os motivos e garante que atendimento estará regularizado até o final do mês

Justiça determina reintegração de servidores público aposentados à prefeitura de Brumado

Menina morre após se engasgar com pedaço de carne em Mundo Novo

Brumado: Abertas as vagas para o EJA do Ensino Fundamental no período noturno

Polícia prende estelionatário acusado de aplicar golpes na Bahia, Santa Catarina e Mato Grosso

M. Pedras: moradores denunciam ato de possível improbidade administrativa por uso de retroescavadeira da prefeitura para fins particulares

População denuncia lixão na sede do setor de obras do município; secretário garante que será prontamente removido

Cortar luz por falta de pagamento é proibido em todo território brasileiro

Licínio de Almeida: Agricultor morre eletrocutado ao manusear bomba d’água

‘A Embasa não merece mais ficar em Brumado pelos péssimos serviços prestados ’, afirma brumadense indignado com a empresa; veja vídeo

Benefícios do INSS acima do salário mínimo terão reajuste de 3,43%

Em audiência pública da Embasa, ex-prefeito Geraldo Azevedo faz críticas veladas ao prefeito e a vereadores

Veículo do PAC da cidade de Brumado recebe multa no estado do Pará; entenda o caso


‘Se eu fosse só olhar 2018, eu já tinha decidido ser candidato’, avisa Neto

(Foto: Reprodução)

O prefeito ACM Neto revelou, nesta segunda-feira (12), em seu camarote no Campo Grande, que hoje seria candidato a governador do Estado na eleição de outubro. No entanto, o democrata afirmou que a sua decisão, que ele promete anunciar no próximo mês, será pautada com “responsabilidade e maturidade”. “Ela vai levar em consideração a política, o grupo ao qual eu pertenço, mas ela é uma decisão que tem uma projeção de vida para mim. Não é uma questão apenas que envolve uma eleição. Se eu fosse só olhar 2018, eu já tinha decidido ser candidato. Já estava decidido. Mas eu tenho que olhar um projeto de longo prazo. Eu tenho 39 anos de idade, eu não posso errar nesse momento”, disse, em entrevista a jornalistas. Segundo ele, as conversas para a definição já começaram a acontecer. “Já comecei a conversar com deputados, com os partidos políticos, mas é claro que, passado o carnaval, elas vão se intensificar”, projetou. Sobre o carnaval deste ano, que tem recebido críticas de empresários em função dos investimentos públicos nas atrações sem corda e inclusive a sugestão do governador Rui Costa para que as companhias invistam no folião-pipoca, o gestor soteropolitano ponderou que a extinção de blocos “não foi culpa da prefeitura nem do governo” “O camarote foi a primeira concorrência dos blocos. Depois, houve mudança de atrações e de cantores de bandas […]. Os blocos deixaram de existir. Agora, não é aquela história do ovo e da galinha, não. Está claro quem nasceu primeiro. Primeiro, houve um movimento de fuga do folião dos blocos e claro que, se você não tem bloco, para você ter música acontecendo na cidade você precisa ter atração sem corda, e é o que a prefeitura vem fazendo. Aliás, é um modelo muito mais democrático”, disse, ao ponderar que o aumento no número de pessoas nas ruas se deve à falta de cordas na avenida: “Não tenho dúvida, como também tem a ver com a redução da violência”. Neto justificou ainda que, para fortalecer a cena local “a prefeitura só contrata artistas da Bahia”.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário