ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

No dia do médico, Sesab comemora mais de 25 mil postos de trabalho

Empresário livramentense lança o aplicativo para celular Guia Médico Saúde Sudoeste

Brumado: 90ª Zona Eleitoral deu início ao procedimento de carga e lacração das urnas para 2º turno

Falsas agentes do controle da dengue furtam R$ 4 mil de idosa em Livramento de Nossa Senhora

Continua 'Promoção Quinta Maluca do Rey do Dellivery ': Pizza grande por R$ 19,99 + bordas grátis

18 de Outubro dia do Médico, uma homenagem do Centro Médico São Gabriel

Seca se intensifica na região de Vitória da Conquista; mais de 60 municípios serão atingidos pela forte estiagem

Aluna brumadense irá representar Brumado na 2ª Edição da Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais

Salvador: Claudia Leitte e outros passageiros são impedidos de voar em aeronave de táxi aéreo irregular

Homicida arrependido se apresenta em Vitória da Conquista e confessa que matou o cunhado em SP

Devido à situação cada vez mais crítica no Distrito de Cristalândia, Lia Teixeira busca o MP para evitar possível colapso no abastecimento

Cruzeiro conquista o hexa da Copa do Brasil

Brumado: 'Campanha do Quilo' arrecada cerca de 150 kg de alimentos não perecíveis

Poções: Estelionatários são presos tentando sacar R$ 68 mil em banco; dinheiro seria usado em campanha política

Veículo funcional de vidraçaria é furtado na madrugada de hoje (18) em Brumado

Cliente apaixonado é levado pela polícia após assediar garota de programa

Livramento: Homem fratura pênis durante relação sexual

Árbitra baiana denuncia assédio sexual por instrutor da FBF; CBF vai apurar o caso

Brumado: Projeto Cidadão do Futuro atende crianças e adolescentes da Vila Presidente Vargas

Crescem as especulações sobre a privatização da Embasa em novo governo de Rui Costa


E agora? Exército destitui general de cargo por ter criticado Temer

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Exército pedirá ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, a destituição do general Antonio Hamilton Mourão do cargo de secretário de Economia e Finanças do Comando do Exército depois que ele afirmou que o presidente Michel Temer faz do governo um “balcão de negócios” para se manter no poder. Mourão vai ficar sem função à espera do tempo de ir para reserva, em março de 2018. Para o lugar dele, o comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, indicou o general Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira. “Não há dúvida que atualmente nós estamos vivendo a famosa Sarneyzação (em referência ao ex-presidente José Sarney). O nosso atual presidente vai aos trancos e barrancos buscando se equilibrar e mediante o balcão de negócios chegar ao final de seu mandato”, disse o general. Em setembro, Mourão falou três vezes na intervenção militar enquanto proferia uma palestra na Loja Maçônica Grande Oriente, também em Brasília: “Ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso”. O militar foi questionado sobre o que o alto generalato pensavam sobre a pré-candidatura do deputado Bolsonaro. Mourão respondeu em sinal de apoio ao parlamentar, que saiu em sua defesa quando ele proferiu a palestra em setembro e escapou de punição. “O deputado Bolsonaro já é um homem testado, é um político com 30 anos de estrada, conhece a política. E é um homem que não tem telhado de vidro, não esteve metido aí nessas falcatruas e confusões. Agora, é uma realidade, já conversamos a esse respeito, ele tem uma posição muito boa nessas primeiras pesquisas que estão sendo feitas, ele terá que se cercar de uma equipe competente, ele terá que atacar esses problemas todos, não pode fazer as coisas de orelhada, e obviamente, nós seus companheiros dentro das Forças olharmos com muito bons olhos a candidatura”, declarou.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário