ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Mantida indenização de R$ 3 mil a homem que se machucou em buraco na via pública

Itapetinga: Coordenadora da Vulcabrás que se auto-envenenou acidentalmente não resiste e morre

Planalto registra 2º assassinato em menos de 24 horas. Vítima foi identificada

Suposto causador da tragédia na BR-116 não tinha idade para dirigir micro-ônibus

Brumado: Polícia Civil prende condenado por tráfico de drogas

Envolvidos em sequestro de ex-prefeito de Valença são transferidos para Salvador

Domingo: Vitória e Bahia fazem primeiro grande teste da temporada

CNJ: Maioria dos integrantes do Conselho Nacional de Justiça recebeu acima do teto

Tragédia: Bebê de 1 ano e 4 meses morre afogado após cair em balde

Sorte: Apostador ganha sozinho prêmio da Mega-Sena no valor de R$104,5 milhões

Brumado: PMB convida população para audiência pública dos relatórios das `Metas Fiscais do 3° Quadrimestre de 2017´

Bahia: Escritório da Embasa contrata empresa de advocacia sem licitação por R$ 343,8 mil

Resposta à comunidade: PM realiza abordagens em busca de criminosos que cometeram assaltos em Livramento

Bahia: Bancários baianos não vão aderir a greve geral na segunda-feira (19)

Absurdo: Idosa recebe soco no rosto porque não tinha dinheiro para pagar dívida de R$ 40

Brumado: Polícia prende homem com drogas no bairro São Felix; o mesmo já tinha mandado de prisão em aberto

Mito ou Verdade? Jovem diz que engravidou com espermatozoide voador e deixa a cidade em pânico

Janaúba: Pai esquece a filha dentro de carro e menina acaba morrendo por asfixia

Lealdade: Cão fica à espera do dono morto por atropelamento na Av. Centenário

Brasil: Intervenção federal é usada pela primeira vez em mais de 30 anos no país


MPF integra operação da Rede de Controle para fiscalizar contas públicas na Bahia nesta quinta-feira (7)

(Foto: Reprodução)

O Ministério Público Federal (MPF) em Jequié (BA) integrará nesta quinta-feira, 7 de dezembro, uma ação conjunta da Rede de Controle de Gestão Pública que visa fiscalizar as contas públicas em todo o estado. Os órgãos que compõem a rede (veja lista abaixo) deflagarão, na data, ações fiscalizatórias simultâneas em diversos municípios baianos, em parceria com a sociedade civil, como forma de realizar ações efetivas de controle dos gastos públicos. Participam da iniciativa, que marca o Dia Internacional de Combate à Corrupção, comemorado em 9 de dezembro: o MPF, o MP Estadual, a Controladoria-Geral da União, os Tribunais de Contas do Município e do Estado e o Ministério Público de Contas. Pelo MPF participarão os procuradores da República Ludmilla Vieira de Souza Mota e Anselmo Santos Cunha, lotados na unidade do MPF em Jequié. Na ação, que contemplará visitas a escolas públicas, será verificado se os repasses de recursos foram feitos, e se estão sendo direcionados conforme determina a Lei. A atividade que será realizada pelos MPs Federal e Estadual tem à frente o promotor de Justiça Luciano Taques, coordenador do Centro de Apoio Operacional de Moralidade Administrativa do MP Estadual. “Não estamos apenas presumindo casos de corrupção, podemos ter situações de ineficiência administrativa, em que está acontecendo uma má gestão do recurso, ou seja, o gestor não está sendo corrupto, mas a administração está ruim e prejudicando a chegada do recurso”, explica o promotor. Criada em 2009 para aprimorar a efetividade da função de controle do Estado sobre a gestão pública, a Rede é um espaço colegiado composto de diversos órgãos. Seu principal objetivo é desenvolver ações direcionadas à fiscalização da gestão pública, ao diagnóstico e combate à corrupção, ao incentivo e fortalecimento do controle social, ao compartilhamento de informações e documentos, ao intercâmbio de experiências e à capacitação dos seus quadros. Para alcançar os objetivos traçados, os órgãos públicos federais, estaduais e municipais que integram a Rede articulam esforços, formam parcerias e definem diretrizes em comum por meio de compromissos e ações conjuntas de fiscalização, treinamento e eventos pedagógicos voltados para a população. Na Bahia a Rede de Controle é formada pelos seguintes órgãos: Advocacia-Geral da União (AGU), Auditoria Geral do Estado da Bahia (AGE), Caixa Econômica Federal (CEF), Controladoria-Geral da União (CGU), Departamento Nacional de Auditoria do Sus (Denasus), Ministérios Públicos Federal, Estadual e de Contas, Polícia Federal (PF), Procuradoria-Geral do Estado da Bahia, Receita Federal, Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA), Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Tribunal de Contas da União (TCU) e Tribunal Regional Eleitoral (TRE/BA).



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário