ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Eleições no Sindemb: Chapa 1 intensifica campanha buscando resgatar a credibilidade da instituição

Celulares levados por dupla armada na Praça do Jurema são recuperados pela Polícia

Conquista: Justiça suspende decisão que proíbe empresa de ônibus de operar

Mais de 200 municípios baianos terão aumento na participação do ICMS em 2019

Universidades públicas da Bahia divulgam vagas para Sisu 2019

Decisão liminar do STF permite o retorno de policiais militares que atuam na 34ª CIPM

Guajeru: Malhapedrense morre após sofrer acidente de moto na BA-148

Depoimento de João de Deus tem teclado quebrado, curto-circuito, explosão e agente ferido

Brumado: Projetos de Lei são retirados de pauta para adequações e poderão ser reapresentados ainda este ano na câmara

Comunidade de Campo Alegre é beneficiada com mecanização agrícola obtida por meio de Lídice da Mata e Vitor Bonfim

Brumado: Homem desaparecido é encontrado morto em lagoa na comunidade de 'Morrinhos'

Brumado: Comunidade Santa Luzia celebra festa em louvor à sua Padroeira

Nasa divulga imagens inéditas do 'cometa do Natal'

Caetité: Motociclista morre após colisão frontal com carro na BR-030

João de Deus fica em cela individual e isolada

Brumado: Motociclista perde controle em quebra-molas e colide com placa de sinalização

Intermunicipal 2018: Itamaraju supera Itapetinga nos pênaltis e conquista o tricampeonato

Prefeitura de Brumado realizou mutirão de combate a criadouros do Aedes aegypti

Brumado: Homem é preso em flagrante por ameaçar de morte ex-companheira

Brumado: Projeto de Lei do Executivo que aumenta o IPTU deve criar nova polêmica no fechamento das cortinas políticas em 2018


Brumado: Ex-agente de endemias faz grave alerta sobre os riscos do Calazar e da Dengue; secretário esclarece

O ex-agente Marcelo Nascimento chamou a atenção para a situação do setor de endemias (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

Em entrevista ao âncora Carlos Silva que comanda o Jornal da Alternativa, o ex-agente de endemias Renato Nascimento, que trabalhou por 16 anos na Prefeitura de Brumado, fez um grave alerta, tendo como enfoque os riscos do aparecimento de casos de Dengue e, principalmente, da Leishmaniose, conhecida popularmente como Calazar. Segundo ele o município corre um sério risco nesse sentido, ainda mais que estaria ainda sem um coordenador do setor de endemias, o que estaria prejudicando a efetividade dos serviços. "Hoje vemos o setor da Dengue funcionando mal, antes eram 4 setores, agora é só um, por isso é necessário que medidas urgentes sejam tomadas, pois os riscos são grandes, ainda mais que a população ficou na zona de conforto, já que não apareceram casos recentes", destacou Nascimento. Ele subiu o tom ao falar do Calazar citando que "Brumado tem uma enorme quantidade de cães errantes, muitos dos quais são largados aqui por outros municípios da região, então, como este jogo de empurra entre a justiça e a prefeitura vem atrapalhando o trabalho de investigação e até de eliminação dos animais infectados, o perigo é grande, pois além do Calazar, os cães podem transmitir o glaucoma e até a leptospirose, por isso têm que se achar uma solução rápida para esse impasse". Diante das colocações preocupantes feitas pelo ex-agente, o 97NEWS entrou em contato com o secretário municipal de Saúde, Claudio Feres que de pronto citou que "já estamos contratando um coordenador de endemias, mas, temos um coordenador na unidade e os agentes são bem competentes e sabem desempenhar as suas funções muito bem" e emendou enfatizando que "mas temos que lembrar que a luta contra a Dengue e a Tríplice Endemia é de todos, sendo que é necessário ficar em alerta 24h por dia, ainda mais que estamos em período chuvoso. Cada um tem que fazer a sua parte e exterminar os focos do aedes nas residências, com uma constante verificação e eliminação de possíveis criadouros".



Comentários

  • Carol Pecora

    "concordo plenamente com ele, no bairro onde moro (centenario) esta tendo muitos casos de animais sadios com calazar. O bairro esta infestado de animais soltos e tambem terrenos a merce dos mosquitos. Tentamos marcar com um agente ja a umas 3 vezes e nunca tem tempo de colher material. Ou entao esssa seja a desculpa por nao haver material para trablho"

Deixe seu comentário