ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Eleições 2020: 77 partidos estão em fase de criação no Brasil

Brumado: Município está entre as cidades da Bahia com maior índice de infestação do aedes aegypti

Brumado: Morador cria bode solto e irrita vizinhos na comunidade de 'Passa Vinte', próximo a Itaquaraí

Brumado: 'Prefeitura não dispõe de terreno para ampliação do cemitério no distrito de Ubiraçaba', diz secretário de administração

Quatro morrem após batida entre carro e caminhão na BR-116, região de Cândido Sales

Homem sofre tiro acidental ao manusear arma de fogo em Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Estacionamento desordenado na Praça Heráclito Antônio Cardoso provoca confusão

Bebê morre ao levar choque elétrico em geladeira

Polícia Civil já tem uma linha de investigação do duplo homicídio registrado em Aracatu

Brumado: Mais um brumadense leva R$ 10 mil na 'Nota Premiada' do Governo

Nutricionista da Clínica Mais Vida fala sobre a influência da nutrição na fertilidade masculina

Brumado: Com 22 anos de história e trabalhos sociais, Alternativa FM tem licença renovada por mais 10 anos

Manutenção preventiva da Embasa suspende abastecimento em Brumado e Malhada de Pedras

Brumado: Sem lugar para sepultar, moradores de Ubiraçaba pedem ampliação de cemitério

Tradicional celebração religiosa termina com diversas motocicletas apreendidas em Livramento de Nossa Senhora

Homens agridem agentes de trânsito após notificação por estacionar em local proibido em Vitória da Conquista

TCM orienta municípios sobre uso de recursos do Pré-Sal

Durante Assembleia, Policiais Civis aprovam paralisação das atividades por 48 horas a partir da próxima segunda feira (27)

Ibama renova licença de operação de minas e concentração de urânio da INB em Caetité

Brumado: Batida entre caminhão e moto deixa trânsito lento e motociclista ferido na Av. Coronel Santos


Conta de luz poderá ficar ainda mais cara no país, o impacto será direto na tarifa para o consumidor

Foto: Reprodução

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, admitiu nesta segunda-feira (30) que a conta de luz poderá ficar ainda mais cara no país. Questionado sobre se o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) poderá vir a despachar fora da ordem de mérito, ou seja, acionar as usinas elétricas sem considerar o menor valor cobrado, ele admitiu que é uma possibilidade. “Está sendo cogitado, decidido, não”, declarou o ministro sobre a possibilidade do governo passar a autorizar a produção de energia mais cara, cujo custo será, invariavelmente, repassado ao consumidor. “Não há um risco mais severo de desabastecimento, porém vai ter um impacto como já vem tendo na tarifa para o consumidor”, afirmou. A mudança está em discussão para preservar os reservatórios das hidrelétricas, que estão em baixa diante da falta de chuvas. Hoje, as termelétricas são ligadas dentro da chamada ordem de mérito, ou seja, são ligadas apenas as termelétricas que estão dentro de um limite de preço. O fim dessa ordem liberaria o acionamento de qualquer termelétrica, o que poderia aumentar a participação da energia gerada pelas térmicas no total. A energia termelétrica custa mais caro que a produzida nas hidrelétricas. O brasileiro já vem pagando mais caro pela conta de luz. A taxa extra cobrada quando a bandeira tarifária está vermelha aumentou de R$ 3,50 para R$ 5 na última terça-feira. A conta de luz de novembro já terá essa tarifa extra.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário