ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Coronavírus: Sobe para 114 mortes e 3.904 casos confirmados no Brasil, revela Ministério

Guanambi: Em novo decreto, prefeitura permite abertura de vários estabelecimentos comerciais

Clínica Mais Vida estará realizando atendimentos de urgência e emergência

Número de casos 'suspeitos' de coronavírus em Brumado continua subindo

Brumado: Empresários pedem reabertura do comércio em petição on-line

Brumado: Gestante internada na UTI do Hospital PMN testa negativo para Covid-19 e H1N1, diz secretário

Quarentena X Isolamento social: entenda a diferença

Entidades se unem e pedem que população 'fique em casa respeitando recomendações'

Covid-19: Para cortar custos, empresas de Brumado pretendem reduzir quadro de funcionários nos próximos 90 dias

Covid-19: Maior parte de infectados na Bahia tem entre 30 a 39 anos; mulheres estão entre a maioria

Médico que prometia 'soro potente' para evitar coronavírus é interditado pelo Cremeb

Bahia: Mais de 800 presos são soltos por causa do coronavírus

Coronavírus: Estudo aponta que sem isolamento, Brasil pode ter até 1 milhão de mortes com a Covid-19

Brumado: Sobe para 147 casos suspeitos da Covid-19 no município

18ª Ciretran tem atendimento presencial suspenso em Brumado

Embasa suspende corte do fornecimento de água nos casos de falta de pagamento

Covid-19: Prefeito e secretário de saúde de Brumado participam de videoconferência com Rui Costa

Programa de Datena sai do ar enquanto falava sobre efeitos da Cloroquina no combate ao coronavírus

Produtores de cachaça vão doar 70 mil de litros de álcool ao SUS

Bete Fruits: Frutas e Verduras fresquinhas em sua casa!


Vaquejadas, a polêmica que não acaba, em novo capítulo

aquejada (Foto: Blog Dinomar Miranda)

Semana que vem, o deputado Eduardo Salles (PP) vai reunir na Assembleia vaqueiros de toda a Bahia para discutir as formas de encaminhamento da luta contra a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) que o procurador da República, Rodrigo Janot, moveu contra as leis de Bahia, Pernambuco e Ceará que regulamentam a prática. Eduardo é o autor da lei baiana: – A lei é das mais racionais que temos, com o pleno respeito aos animais. A iniciativa de Janot carimba o discurso dos contra. Eles dizem que tradições como brigas de galo, guerra de espadas e vaquejadas são primitivas, porque maltratam animais e gente, derramam sangue. Ok. Mas também é primitivo matar animais para comer. E Janot é um mineiro com pinta de gaúcho que também degusta churrasco. Se ele investigasse a trajetória da carne dos açougues, como faz nos processos criminais, veria que o ponto de partida é sempre um ato violento contra a vida. E matar o boi para comer não é violência?



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário