ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Em nova ação em prol da zona rural de Brumado, Zé Carlos de Jonas participa de cerimônia junto com o governador Rui Costa

Brumado: Mais uma obra da Embasa atrapalha o desenvolvimento urbano da cidade

Deputado Daniel Almeida garante recursos para o São Pedro dos Olhos d’Água

Brumado: Prefeitura antecipa 50% do 13º salário dos servidores para o dia 20 de junho

Donos de lotéricas cobram o fim de impasse entre a Caixa Econômica e Coelba; empresários pedem a população para acionar o Ministério Público

Alternativa FM em Luto: Faleceu na noite desta segunda-feira a 'Dona Neuza' mãe do secretário Ivan Oliveira

Salvador: Policial é preso por negociar armas com suspeitos de tráfico

Equivocados: Brasil tem a 2ª população mais fora da realidade do mundo

Crea realiza da Caravana BIM em Brumado e mais 16 cidades da Bahia

Comandante da PM não confirma que mortes em Feira tenham relação com homicídio de policial

Salvador: Homem é preso em flagrante acusado de espionar mulheres em banheiro de igreja

Forró do Sítio Novo 2018: Valeu Brumado!

Agricultores de Palmas de Monte Alto recebem trator agrícola

‘Sertânia’: Filme que retrata o cangaço está sendo rodado em Brumado

RotSat: Contrate o rastreamento de seu veículo ou de sua frota onde você tem confiança e qualidade

Brumado: Coelba vai autorizar novos postos de pagamento para conta de luz; transtornos continuam

Brumadense é preso transportando cocaína na BR-030, próximo a Caetité

Fonoaudiologia na Clínica Master com Drª Marcela Cássia

Conquista: Lojistas protestam contra feira de negócios

Mega-Sena acumula e pode premiar R$ 35 milhões na próxima quarta


Ladrões roubam gado de propriedade em Livramento de Nossa Senhora

Foto: L12 Sudoeste

Ladrões roubam e abateram garrote em chácara na cidade de Livramento de Nossa Senhora, chapada diamantina, na madrugada do último domingo (14). Homens invadiram a propriedade, e mataram o animal na própria fazenda que fica na comunidade de Lagoa Nova. De acordo com o proprietário, esta é a segnda vez que meliantes entram em sua terra e matam animais. O garrote abatido estava avaliado em R$ 1.500. De acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso, os suspeitos pareciam ter conhecimento na área, porque foram rápidos para o abate. “Só percebi na segunda-feira que o garrote tinha sumido, fui no local e encontrei vários objetos, que possivelmente foi utilizado no crime", afirmou Gonçalo Moises. Os investigadores da Polícia Civil acreditam que os animais foram mortos a tiro, e que algumas testemunhas já foram ouvidas.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário