ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Projeto arrojado de autoria de Lia Teixeira que acaba com o recesso parlamentar dos vereadores do mês de julho é aprovado

34ª CIPM reforça rondas na região visando o combate ostensivo ao roubo de veículos no município

Brumado: Homicídio é registrado na cidade na noite desta segunda-feira (21)

Economia: Ministério propõe privatização da Eletrobras

Saúde: Mosquitos modificados em laboratório podem ajudar no combate a dengue e zika

Frustração: Eclipse não pode ser visto em Brumado

'Tem idoso aqui de 75 anos levando lata d´água na cabeça', protestam moradores da Comunidade de Roça de Baixo

Brumado: Fábrica de postes é furtada na madrugada de hoje (21); é a décima vez

Vereador José Carlos de Jonas realiza visitas em comunidades rurais na companhia do Secretário de Agricultura e Recursos Hídricos

Itabuna: Jovens Vicentinos promovem tarde de recreação em orfanato

Psiquiatria na Clínica Master com Dr. Renato Franco

Brumado: Polícia realiza reconstituição de possível tentativa de homicídio

Brasil: Apenas 30% das cidades têm planos municipais de saneamento

Como acompanhar o eclipse solar de hoje (21)

Quem recebe auxílio-doença tem até hoje (21) para agendar nova perícia

Intermunicipal 2017: Seleção de Brumado vence Palmas de Monte Alto fora de casa

Câmara tentará votar reforma política nesta semana; PEC prevê fundo eleitoral

Criança de 5 anos toma coice de cavalo, não resistiu ao ferimento e veio a óbito

Cinema: Jerry Lewis morre aos 91 anos

Interior da Bahia poderá ver eclipse parcial do Sol nesta segunda-feira (21)


Ladrões roubam gado de propriedade em Livramento de Nossa Senhora

Foto: L12 Sudoeste

Ladrões roubam e abateram garrote em chácara na cidade de Livramento de Nossa Senhora, chapada diamantina, na madrugada do último domingo (14). Homens invadiram a propriedade, e mataram o animal na própria fazenda que fica na comunidade de Lagoa Nova. De acordo com o proprietário, esta é a segnda vez que meliantes entram em sua terra e matam animais. O garrote abatido estava avaliado em R$ 1.500. De acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso, os suspeitos pareciam ter conhecimento na área, porque foram rápidos para o abate. “Só percebi na segunda-feira que o garrote tinha sumido, fui no local e encontrei vários objetos, que possivelmente foi utilizado no crime", afirmou Gonçalo Moises. Os investigadores da Polícia Civil acreditam que os animais foram mortos a tiro, e que algumas testemunhas já foram ouvidas.



Comentários

    Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

Deixe seu comentário