ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Mesmo com pouco volume de chuva, Brumado volta a registrar alagamentos

Homem leva 4 tiros após beijo gay em bar

Aeronaves são enviadas para combater incêndio em Rio de Contas e Livramento

Idoso de 69 anos é agredido durante discussão de trânsito em Vitória da Conquista; veja o vídeo

Brumado: Após ser retirado de pauta por várias vezes, PL 023/2019 é aprovado na Câmara de Vereadores

Universitários de Brumado fazem campanha para ajudar amiga com câncer

Polícia Militar apreende produtos falsificados em farmácia de Brumado

Delegado Arilano Botelho fala dos seus planos de trabalho à frente da 20ª Coorpin

Mal de Alzheimer: Cuidados essenciais para quem sofre com essa doença

Brumadenses superam a distância entre o sonho e a realidade do futebol feminino

Mineração de urânio da INB traz à tona memória de contaminação nos municípios de Caetité e Lagoa Real

Pax Nacional fecha parceria com faculdade Faveni

Chuva em Brumado surpreende moradores e ameniza temperatura no 'Sertão Produtivo'

Gás de cozinha aumenta nas distribuidoras a partir de hoje (22)

Brumado: PSD não deverá sair das mãos do advogado Thiago Amorim

Brumado: Projeto de Lei que prevê empréstimo de R$ 5 milhões volta à pauta do Legislativo

Auditoria vai apurar como 17 municípios baianos fizeram gastos em saúde

Apae de Brumado realizará assembleia geral ordinária para eleição da nova diretoria executiva

BA-148: Motociclista de 37 anos morre após sofrer acidente próximo ao distrito de 'Fazendinha'

Incêndio de grandes proporções atinge área de vegetação em Rio de Contas


Claudia Leitte e Bell Marques devem mais de R$ 30 milhões para a União

Foto: Reprodução

"Acho que pior que tá não fica", afirma Cristiano Lacerda, empresário do bloco baiano Ara Ketu à la Tiririca antes de explicar a dívida de R$ 2,8 milhões das empresas que os integrantes da banda têm: são decorrentes da crise político­econômica que o país enfrenta. "A gente foi pego por essa crise que assombrou o país nos últimos anos e atingiu diretamente nosso segmento. Quando tem recessão, somos os primeiros a ser cortados. Estamos com planejamento de tentar resolver esse ano", completa. O passivo em questão se refere à Dívida Ativa da União, ou seja, débitos de pessoas jurídicas ou físicas com órgãos públicos, como INSS, Ministério do Trabalho ou Receita Federal, que não foram pagos espontaneamente. Assim, se tornam títulos executivos, passíveis de discussão perante o Judiciário. O assunto veio à tona pelo site notícias "Buzzfeed". Apesar do alto valor devedor, não é o Ara Ketu que acumula a maior dívida. A cantora Claudia Leitte tem pendência com a União de R$ 22,5 milhões com as empresas Ciel Empreendimentos Artísticos e 2T's. Em comunicado, o advogado da cantora, Alessandro Dessimoni, afirma que "os débitos fiscais das empresas 2TS e Ciel estão sendo discutidos judicialmente, portanto pendentes de julgamento —o que significa que estamos analisando o parcelamento dos débitos de acordo com o novo Programa de Regularização Tributária". O ex­integrante da banda Chiclete com Banana, Bell Marques acumula R$ 11,2 milhões em dívidas com cinco empresas ligadas ao seu nome. Segundo sua assessoria, "tais débitos serão objeto de regular parcelamento por meio do Programa de Regularização Tributária." A cantora Daniela Mercury comparada com os outros cantores citados acima tem uma pequena dívida, de R$ 26 mil. De acordo com a sua mulher, Malu Mercury, "esse valor trata­se de uma multa de um processo envolvendo a DRT (Delegacia Regional do Trabalho). Não concordamos com essa multa e estamos recorrendo em juízo. Não é um dívida. É um processo." Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Economia Aplicada (Ipea) em 2008, um processo de execução fiscal demora em média oito anos para ser julgado.



Comentários

  • Webiston Barbosa Reis

    "Esses artistas estão literalmente NADANDO no dinheiro. As dívidas contraídas por eles por menores ou maiores que sejam são sempre parceladas, porém, seus cachês não o são. Infelizmente aqui no Brasil têm-se a mania de se passar a mão na cabeça de alguns e perdoá-los por tais irregularidades para em seguida obrigarem o POVO que não tem nada a ver com isso a arcar com toda essa conta. Espero que a Receita Federal NÃO perdoe um centavo de tudo isso."

Deixe seu comentário