ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Operação `Gatonet´ da PF combate comércio de receptores ilegais de TV por satélite

Brumado: Polícia Civil explica ação e prisão efetuada na Operação 'Sem Filtro'

'Nati Perigosa' é presa na Bahia horas após postar foto de arma em rede social

2ª Virada Educacional acontece nesta quinta (21) em todas as escolas da rede estadual de Brumado

Waldenor destaca reforma do Centro de Cultura no Plenário da Câmara

Pavimentação da Rua Umburanas continua sendo executada pela Prefeitura Municipal

Projeto de autoria do vereador Léo Vasconcelos propõe a criação dos distritos de Umburanas, Samambaia e Arrecife

Brumado: Acontece em outubro a 1º Seresta da Vila Presidente Vargas

Brumado: Tiro de Guerra 06/024 realiza palestra sobre a prevenção ao Suicídio

Em alusão ao Dia da Árvore CEEP ira realizar segunda etapa do projeto 'Verde que te quero verde'

Obras de canalização do Riacho do Bate Pé irão promover uma grande transformação urbana aos bairros São José e Santa Tereza

Vereador Elias Piau apresenta importante projeto para a área de saúde preventiva de Brumado

Cantor sertanejo Rafael é preso em operação contra falsificação de cigarros

Deputados e lideranças defendem melhorias para Tanhaçu

Brasil: Operação da Polícia Federal mira quadrilha que fraudou R$ 1 milhão em empréstimos na Caixa

Ginecologia e obstetrícia na Clínica Master com Dr. David Tanajura

Vereador Lek apresentou importante Projeto de Lei na última sessão do Legislativo de Brumado

ONG protetora de animais acusa prefeitura de confinar cães em local inadequado em Livramento de Nossa Senhora

Brumado: Vem ai a `3ª Festa Top´ na AABB com Os Clones

Amigos de Joab Paiva irão realizar grande show em prol do artista brumadense



BUSCA PELA CATEGORIA "Saúde"

Liberação da ‘cura gay’ causa polêmica nas redes sociais

(Foto: Reprodução)

A decisão da Justiça Federal de conceder liminar que autoriza psicólogos a atenderem eventuais pacientes que busquem terapia para reorientação sexual causou polêmica nas redes sociais nesta segunda-feira (19). Diversos especialistas, militantes LGBT, entidades e artistas usaram suas contas para protestar contra a medida que autoriza o uso de “reversão sexual”, tratamento proibido pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) desde 1999.  O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) definiu como “aberração jurídica” a decisão que já foi alvo de embate entre os parlamentares ligados à defesa dos Direitos Humanos e a bancada evangélica no Congresso Nacional. Wyllys avisou que vai promover uma mobilização no Parlamento e se aliar ao Conselho Federal de Psicologia para recorrer da decisão do juiz federal. “É uma aberração jurídica, como outras que acontecem no País. Como é que o Judiciário se presta a isso? O Judiciário não está agindo de acordo com a Constituição”, comentou.    

A decisão atendeu a uma ação de três psicólogos que pediam a suspensão de uma resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP) que estabelece como os profissionais da área devem atuar nos casos que envolvam a orientação sexual de pacientes. O conselho irá recorrer da decisão.   Publicada em março de 1999, a Resolução nº 1 do CFP proíbe os psicólogos de exercerem qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, bem como de colaborarem com eventos ou serviços que proponham o tratamento e a cura da homossexualidade.    A determinação, segundo o CFP, baseia-se no entendimento da Organização Mundial de Saúde (OMS) de que a homossexualidade não é uma doença, um distúrbio, nem uma perversão. Assim, na avaliação do conselho, a forma como cada um vive sua sexualidade faz parte da identidade do sujeito, cabendo aos profissionais de psicologia única e exclusivamente contribuir para a superação dos preconceitos e das discriminações.  Em julho de 2013, a Câmara dos Deputados arquivou um projeto que derrubava a determinação do conselho e permitia o tratamento por psicólogos de pacientes que quisessem “reverter” a homossexualidade. No entanto, o projeto foi retirado de tramitação após pressão. Na ocasião, O projeto já tinha sido aprovado na Comissão de Direitos Humanos da Casa durante a gestão do polêmico Pastor Marco Feliciano. Como o projeto foi retirado da tramitação, só poderia ser reapresentado na legislatura seguinte, ou seja, hoje pode ser proposto novamente por qualquer parlamentar. (ANSA)

CONTINUE LENDO


Vacinação: Sábado (16) é 'Dia D' da campanha de multivacinação para atualizar as cadernetas

(Foto: 97NEWS Conteúdo)

Começou a Campanha de Multivacinação em todo o país, e Brumado também aderiu, com isso, estão sábado (1'6) foi escolhido como o Dia "D" da Campanha. A enfermeira brumadense Raquel Franco informou que as imunizações já estão sendo aplicadas desde o dia 11, indo até o dia 22 de setembro. Segundo o Ministério da Saúde cerca de 47 milhões de crianças e adolescentes menores de 15 anos estão sendo convocados para comparecer às unidades de saúde para atualizarem as cadernetas de vacinação. Ainda de acordo com o ministério, de janeiro a agosto deste ano, foram enviadas a todos os estados 143,9 milhões de doses de vacinas de rotina. A principal meta é resgatar as crianças e adolescentes não vacinados e, com isso, ampliar ao máximo o roteiro das imunizações. A preocupação maior da coordenação de vacinação da vigilância epidemiológica é com os adolescentes, pois, o número de vacinados nessa faixa etária ainda está bem abaixo do esperado, principalmente quando se trata de meningite e HPV. Em Brumado espera-se um grande número de pessoas em todos as unidades, sendo que o início acontecerá às 08h com término às 17h. 



Equipe da Sesau entrega tablets para os Agentes Comunitários de Saúde

(Foto: Divulgação PMB)

Na tarde desta segunda-feira (11), a equipe da Secretaria Municipal de Saúde - Sesau realizou a entrega de tablets para os Agentes Comunitários de Saúde - ACS que atuam na rede de Atenção Básica. O prefeito Eduardo Lima Vasconcelos esteve no evento fazendo a entrega simbólica do primeiro tablet e falando sobre a importância do trabalho dos ACS. Os equipamentos têm o objetivo de valorizar e facilitar o trabalho dos agentes, melhorar a qualidade da informação, evitando o desperdício de tempo, retrabalho e gastos com impressos, além de agilizar o recebimento das informações, visto que os registros poderão ser acompanhados em tempo real. Segundo o Secretário Municipal de Saúde, Cláudio Feres, com a realidade da população em mãos, a gestão em saúde também poderá planejar melhor suas ações. Após o recebimento dos tablets, os agentes participaram de um treinamento para saber utilizar os equipamentos durante as visitas. 



Vereadora Lia Teixeira ressalta a importância da vinda da médica cubana para atender nas comunidades de Cristalândia e Umburanas

A vereadora Lia Teixeira ao lado do secretário municipal de Saúde Claudio Feres (Foto: Assessoria Parlamentar)

Sempre conectada aos anseios da população brumadense, a vereadora Lia Teixeira (PDT), vem realizando um trabalho muito positivo na conquista de benfeitorias e avanços e, nesta segunda-feira (04), durante a sessão do Legislativo, a parlamentar ressaltou a importância de mais uma vitória, que foi a vinda da médica cubana para assumir as UBSs de Cristalândia e Umburanas. A profissional que faz parte do "Programa Mais Médicos" do Governo Federal, foi recepcionada, na última sexta-feira (01), junto com a equipe cubana, pelo prefeito Eduardo Vasconcelos e o secretário Claudio Feres que fizeram questão de dar as boas vindas aos profissionais que estarão atuando em breve nas diversas UBSs do município. A vereadora Lia Teixeira destacou que "depois de muito tempo solicitando um médico para as comunidades de Cristalândia e Umburanas, agora, a nossa solicitação foi atendida e os moradores dessas localidades poderão contar com um atendimento na área de saúde muito mais amplo, o que tranquiliza e alegra a todos, pois, como já disse, é uma luta antiga". Ela ainda explicou que "em reunião com o secretário Claudio Feres, ele me passou a informação de que só está esperando a regularização do Ministério da Saúde, para que a médica cubana possa atender nessas comunidades, o que deverá acontecer nos próximos dias". E finalizou dizendo que "estou muito satisfeita e vou me dedicar ainda mais para que novos benefícios para Cristalândia e Umburanas possam ser obtidos, pois esse foi um compromisso assumido pelo nosso mandato e que será cumprido por meio de muito trabalho e dedicação".

 



Acontece hoje (02) o Dia D da Vacinação Antirrábica;

Acontece neste sábado, 02, o Dia D da Campanha de Vacinação Antirrábica em Brumado. Serão vacinados cães e gatos a partir do terceiro mês de vida. Preste atenção nos postos de vacinação que serão: os Postos de Saúde; o Colégio Estadual de Brumado e o Clube do Sindicato. Os locais ficarão abertos das 8h às 17h. Não se esqueça de levar o cartão de vacina do seu animal de estimação. Vacinar é um ato de amor. 



Brumado recebe 6 profissionais de saúde do Programa Mais Médicos; eles irão atuar nas UBSs do município

A recepção aos novos médicos foi feito no gabinete municipal (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

Na manhã desta sexta-feira (1º), em coletiva de imprensa, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos e o secretário Municipal de Saúde, Cláudio Feres, recepcionaram os seis médicos do Programa Mais Médicos que irão atuar nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Brumado, suprindo, segundo eles, os 100% da carência dos profissionais nas unidades. O prefeito ressaltou que, logo no início do mandato, a administração identificou um déficit alto de profissionais da saúde, sobretudo médicos, no município, então, a patrir disso, começou a elaborar um planejamento para resolver a questão. Diante disso ele esteve, primeiramente, no Ministério da Saúde em Brasília, solicitando o deslocamento de mais médicos do programa federal para o município, o que, agora, foi atendido. O secretário Cláudio Feres destacou que os novos médicos representam uma conquista muito importante que irá suprir uma lacuna que existia no município, tendo outro dado relevante, que é a redução do volume de atendimentos no Hospital Municipal Professor Magalhães Neto, que é um dos principais gargalos do setor. A partir da próxima semana, os profissionais passarão a atender nas Unidades Básicas de Saúde de Ubiraçaba, Arrecife, Umburanas, Cristalândia, São Félix e Dr. Juracy. Segundo o secretário, no Centro Municipal de Saúde, três profissionais estarão atendendo diariamente o que vem contemplar os anseios dos brumadenses. 



Zé Carlos de Jonas faz indicação ao Executivo para a construção de uma nova unidade de Saúde para a Vila Presidente Vargas

O vereador Zé Carlos de Jonas vêm desenvolvendo uma série de ações em prol da Vila Presidente Vargas (Foto: 97NEWS)

Sempre visando a melhoria da qualidade de vida dos moradores da Vila Presidente Vargas, o vereador Zé Carlos de Jonas (PT) vem desenvolvendo uma série de atividades nesse sentido, as quais vêm recebendo o reconhecimento da comunidade. Desta feita, o vereador, diante da atual situação da UBS - Unidade Básica de Saúde, que está com a infraestrutura bem danificada, entrou com uma indicação ao Poder Executivo solicitando a construção de uma nova e moderna unidade para propiciar maior agilidade no atendimento e acompanhamento e prevenção da saúde, bem como na busca de orientações e informações nessa área. Em contato com o 97NEWS, o vereador informou que "entrei em contato com o prefeito Eduardo e ele foi muito receptivo ao nosso pleito e garantiu que irá se empenhar ao máximo na busca de atender à nossa solicitação". Ele ainda destacou que "as declarações do prefeito me deixaram muito confiantes, pois sabemos do compromisso da sua gestão com a área da saúde. Creio que a Vila receberá uma nova UBS bem moderna e estruturada, atendendo assim aos clamores dos moradores que constantemente vêm nos fazendo essa solicitação". A indicação foi aprovada por unanimidade na sessão desta segunda-feira (28), tendo o apoio de todos os vereadores que reconheceram a necessidade da nova unidade para ampliar a qualidade dos serviços de saúde na Vila Presidente Vargas.

 

O vereador vem atuando firme para a conquista de novos benefícios e conquistas para a Vila (Foto: 97NEWS)


Saúde: Segundo relatório da CGU, R$ 16 milhões em medicamentos de alto custo são jogados no lixo

Foto: Divulgação

Um relatório inédito da Controladoria-Geral da União (CGU), concluído em abril, mostra que 11 Estados e o Distrito Federal jogaram remédios fora em 2014 e 2015. As causas do desperdício, que chega a R$ 16 milhões, foram validade vencida e armazenagem incorreta. Para se ter uma ideia do tamanho do problema, o valor perdido seria suficiente para custear o tratamento de uma cidade por 104 anos. Os Estados em que houve descarte foram Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Santa Catarina. O Sistema Único de Saúde (SUS) gasta cerca de R$ 7,1 bilhões por ano para comprar esses remédios. Mas pelo menos uma parte desse valor tem ido direto para o lixo. Uma das situações mais graves identificadas pelos auditores da CGU aconteceu na Bahia: entre 2013 e 2014, cerca de 200 mil comprimidos de Olanzapina (usado no tratamento da esquizofrenia) tiveram de ser jogados fora. Por um erro de planejamento, os remédios foram comprados e acabaram vencendo antes que os pacientes do Estado pudessem tomá-lo. No total, foram R$ 3,5 milhões descartados em comprimidos vencidos. No caso da Bahia, um simples controle do estoque teria evitado o problema. Como a demanda por determinados remédios varia, as farmácias do CEAF têm o direito de devolver medicamentos armazenados por elas até 15 dias antes da data de vencimento dos lotes. Feito o pedido, o material é trocado sem qualquer custo para o contribuinte. No entanto, a Secretaria de Saúde da Bahia permitiu que os remédios estragassem em seus galpões. Questionada pela CGU sobre o problema, a pasta não respondeu. No total, a auditoria da CGU encontrou perdas que chegam a R$ 16,07 milhões. A estimativa é partir dos dados do relatório aos quais a reportagem teve acesso, já que a CGU não consolidou o valor das perdas financeiras. As perdas alarmam, mas não são o único problema do programa. Em 14 Estados, o controle de estoque simplesmente não correspondia aos remédios que realmente estavam armazenados. Ou seja: produtos foram retirados ou entraram nos estoques sem que tenham sido registrados oficialmente pelos responsáveis - o que deixa uma porta aberta para mau uso de dinheiro ou produto público.



97NEWS SAÚDE: Pediatra fala sobre importância da amamentação nos primeiros seis meses de vida

Foto: 97NEWS

À primeira vista, o leite materno pode parecer apenas mais um alimento, especialmente nutritivo, e melhor adaptado às necessidades do bebê. Entretanto, esse líquido – além de ser um alimento fundamental é um canal de comunicação em que a mãe transmite ao seu filho ferramentas essenciais para sua sobrevivência. Está comprovado que o leite materno contribui para a redução da mortalidade infantil e infecções no bebê e, também, a saúde da mãe é beneficiada com a lactância. O leite materno é o alimento mais completo que pode existir para um recém-nascido. “É um alimento barato e independente da classe social nutre a criança por completo até os seis meses”, explica o pediatra Dr. Geraldo Leite Azevedo (CRM-6538). Ele afirma ainda que o aleitamento materno é recomendado até os 2 anos, sendo que nos primeiros meses é orientada a livre demanda, ou seja, amamentar quando o bebê pede. Em alguns casos, pode ocorrer da criança querer mamar em intervalos menores, isso ocorre porque ao contrário do alimento industrial o leite materno é digerido mais rápido pelo estômago da criança. “Orientamos as mães a amamentar durante cerca de 20 minutos em cada seio até esvaziá-lo, alternando a mama a cada aleitamento. Depois colocar o bebê para arrotar. Azevedo ainda reforça que a mãe não deve desistir da amamentação antes de esgotar todas as possibilidades. “As dificuldades na amamentação vão surgir, mas o importante é não desistir. Procure ajuda com o seu médico, nos postos de saúde, busque informações com as mães mais experientes antes de se sentir frustrada por não dar conta de amamentar seu bebê”, ressaltou o pediatra. 

Confira alguns pontos básicos da amamentação, segundo o pediatra Geraldo Azevedo:

 

  • Quando o bebê pega o peito direitinho, a amamentação não deve doer.
  • O bebê tem que colocar quase a aréola inteira dentro da boca para amamentar e o lábio inferior deve ficar virado para fora.
  • Quanto mais o bebê sugar, mais leite a mãe vai produzir.
  • Um peito que produz leite suficiente não necessariamente fica vazando.
  • O leite de verdade só aparece três ou quatro dias depois do parto. O que vem antes é o colostro, a quantidade é pequena mesma e é ótimo para o bebê.
  • É normal o bebê perder cerca de 10% do seu peso nos primeiros dias. Quando for iniciar a amamentação esprema um pouquinho o seio e passe um pouco do leite no mamilo para estimular a pega do seio pelo bebê.
  • Quando terminar a mamada nunca puxe a boca do bebê de uma vez. Coloque o seu indicador no canto da boca do bebê para poder retirar o mamilo para não ferir.
  • Se o bebê dormir durante a mamada você pode mudá-lo de posição para tentar acordá-lo. Se isso não resolver, retire a roupinha dele para despertá-lo.

 O quadro "97News Saúde" agradece ao Centro Médico São Gabriel e ao Dr. Geraldo Leite Azevedo (CRM-6538) pelos esclarecimentos. 



Quem recebe auxílio-doença tem até hoje (21) para agendar nova perícia

(Foto: Reprodução)

Termina hoje (21) o prazo para que beneficiários do auxílio-doença convocados pelo Diário Oficial da União procurem o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para agendar nova perícia médica. Os beneficiários convocados no dia 1º de agosto são aqueles com quem o INSS não conseguiu entrar em contato por meio de cartas que, devido a informações insuficientes ou erradas, foram devolvidas pelos Correios. Inicialmente, o prazo de cinco dias a partir da publicação da convocação terminaria no dia 5 de agosto. No entanto, horas antes do fim do prazo, o Ministério do Desenvolvimento Social anunciou, em nota enviada à imprensa, que a data limite estava sendo prorrogada para 21 de agosto. A prorrogação foi divulgada um dia após a 20ª Vara Federal de Porto Alegre (RS) conceder liminar favorável à Defensoria Pública da União (DPU), que pedia que o INSS restabelecesse o pagamento de benefícios por incapacidade cancelados antes que os segurados tivessem passado por nova perícia.



10 profissionais do SAMU de Brumado e região receberão treinamento no Hospital Albert Einstein

O SAMU 192 presta um excelente serviço em Brumado e região (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

O Ministério da Saúde (MS), em parceria com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Brumado, enviará 10 profissionais, entre médicos e enfermeiros  para treinamento no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, que é considerado uma referência continental. O curso será realizado no fim deste mês e será de grande relevância para a qualificação dos profssionais. A coordenadora do SAMU, enfermeira Regina Coqueiro, enfatizou que a equipe de Brumado já faz um trabalho de treinamento em escolas, ongs, empresas e setores do município e esse trabalho foi reconhecido pelo Ministério da Saúde, e por isso disponibilizou 10 vagas para a regional de Brumado, o que viria comprovar a excelência dos serviços prestados. O curso irá capacitar e proporcionar a atualização das técnicas e condutas dos profissionais. Segundo a coordenadora “nós contemplamos alguns municípios, porque não dava para ir aos 21 que integram a nossa regional, então escolhemos os municpios que mais se destacaram no serviço. Serão cinco vagas para Brumado, e as cidades de Dom Basílio, Tanhaçu, Paramirim, Livramento e Macaúbas, cada uma terão um representante”, ressaltou. 

Os profissionais do SAMU em ação. Dedicação em prol da vida (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

De acordo com Regina, a capacitação será feita com simulação realística, um treinamento inovador que conta com tecnologias de alta complexidade. A estrutura do curso contará com cenários clínicos e réplica de experiências da vida real. Serão utilizados simuladores de pacientes (robôs), manequins estáticos e atores profissionais. “Essa estrutura favorece um ambiente de um aprendizado mais prático e interativo. Tudo isso irá criar um ambiente semelhante ao de um hospital, favorecendo um treinamento prático”, ressaltou. Ela comentou também que o SAMU de Brumado ainda não possui o Núcleo de Educação e Pesquisa (NEP), mas eles já fazem um trabalho de capacitação, e foram premiados por isso, "vamos continuar com esse objetivo, o nosso trabalho não vai parar, esse curso servirá de incentivo para nós profissionais da área", disse Coqueiro. 

A diretora do SAMU 192, enfermeira Regina Coqueiro durante a ministração de uma capacitação (Foto: Marcos Paulo | 97NEWS)

Com o curso, os profissionais atualizados serão multiplicadores e irão capacitar os colegas em todos os municípios no atendimento imediato dentro ou fora dos hospitais, como no caso dos servidores do SAMU, que realizam o atendimento inicial em situações de emergência antes que o paciente chegue aos hospitais. Para o médico Dr. Carlos Batista, que participará do curso, a capacitação tem total relevância uma vez que há constantes mudanças no protocolo de atendimento. “O treinamento beneficiará tanto os profissionais, com atualização de suas técnicas de trabalho, quanto à população, que receberá a atenção de profissionais cada vez mais capacitados”, complementou.



O governo quer mudar a atenção básica à saúde. Quais os efeitos?

Uma unidade básica de saúde. O governo vai reformular a Política Nacional de Atenção Básica – e pode tirar incentivos do programa Saúde da Família (Foto: Rogério Cassimiro/ ÉPOCA)

Em 2010, a prestigiosa revista científica britânica BMJ dedicou um de seus editoriais ao sistema de saúde brasileiro. O tom era elogioso. Ainda que reconhecesse problemas, a revista destacava a capacidade brasileira de, desde a criação do SUS, em 1988, universalizar o acesso à saúde e, com isso, melhorar indicadores importantes: como a mortalidade infantil (que caiu) e as taxas de vacinação (que cresceram). Chegava mesmo a uma conclusão ousada: "Os gestores britânicos têm o hábito de buscar nos EUA exemplos inovadores de cuidados em saúde", dizia a revista. "Talvez eles devessem olhar para o Brasil." Para a BMJ, o Brasil "acerta em muitos pontos". Um desses acertos, dizia a revista, tinha sido a criação da Estratégia Saúde da Família (ESF). O programa Saúde da Família, criado em 1994, foi alçado em 1998 a principal estratégia do governo brasileiro para ampliar e consolidar a atenção básica no país. A atenção básica é aquela que se encarrega da complexa missão de acompanhar a pessoa durante a saúde, de modo a evitar que doenças surjam ou se agravem. Funciona como a porta de entrada do sistema de saúde. A ideia do Saúde da Família era facilitar o acesso a esses cuidados. O programa divide a população do município em grupos, chamados territórios. E cada território passa a contar com uma equipe de profissionais formada por médico de família, enfermeiros e agentes de saúde - agentes que fazem visitas domiciliares para orientar a população sobre consultas, uso de remédios, prevenção de doenças, entre uma infinidade de outras questões. Idealmente, esse pessoal deve conhecer as condições de vida daquela população, para pensar maneiras de melhorar os cuidados que essas pessoas recebem. Maneiras de garantir que sejam mais saudáveis.Ouça abaixo a opinião do ministro da Saúde Ricardo Barros: 

A proposta do governo preocupa mais pelo que deixa de dizer do que por aquilo que expressa em suas pouco mais de 40 páginas. “Em muitos trechos, ela é enfática ao dizer que o Saúde da Família continua sendo a estratégia prioritária”, diz Thiago Trindade, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina da Família e Comunidade (SBMFC). “Mas não explica como vai manter essa prioridade, agora que vai reconhecer outros modelos.” As mudanças, e a falta de definição do texto, preocuparam entidades de saúde. Em uma nota, a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) criticou a proposta: “Embora a minuta da PNAB afirme ser a Saúde da Família estratégia prioritária para expansão e consolidação da Atenção Básica, o texto na prática rompe com sua centralidade na organização do SUS, instituindo financiamento específico para quaisquer outros modelos na atenção básica (para além daquelas populações específicas já definidas na atual PNAB como ribeirinhas, população de rua) que não contemplam a composição de equipes multiprofissionais com a presença de agentes comunitários de saúde”.


>>O brasileiro gasta muito com saúde?

Em uma entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (10) o ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou que, ao estimular outros modelos de atenção básica, o governo quer passar a financiar "o mundo real": "Essa flexibilização na PNAB permite financiar formas de atendimento que já existem em diversos municípios brasileiros", disse o ministro. "São equipes e serviços que não estão no padrão estabelecido pelo Saúde da Família. Vamos passar a financiar o mundo real". A proposta da nova política foi discutida em uma reunião do Conselho Nacional de Saúde na quarta-feira (9). Dali, segue para ser debatida na Comissão Intergestores Tripartite, um grupo que reúne representantes de gestores da saúde das esferas federal, estadual e municipal. Além dos possíveis desdobramentos para o Saúde da Família, outras duas mudanças chamam a atenção no novo texto da PNAB. Uma diz respeito ao trabalho dos agentes de saúde e dos agentes de controle de endemias. Outra estabelece uma carteira de serviços essenciais que deverão ser oferecidos pela atenção básica em todo o país. 

O que vai acontecer com o Saúde da Família

Para entender as possíveis mudanças, é importante entender como a atenção básica é financiada no Brasil. O financiamento do sistema de saúde é responsabilidade de todas as esferas de governo: federal, estadual e municipal. Para sustentar a atenção básica, o governo federal transfere aos municípios um valor fixo preestabelecido, determinado pelo tamanho da população: "É um valor baixo, R$ 24 por habitante por ano", diz Lígia. É esse o Piso da Atenção Básica (PAB) fixo. Os municípios ainda podem receber repasses adicionais, desde que implantem equipes de Saúde da Família: é o PAB variável, cujo valor mais baixo gira em torno de R$ 7 mil a cada equipe de Saúde da Família existente do município. Esses recursos adicionais funcionam como um mecanismo de indução: por meio dele, o governo tenta estimular as prefeituras a aderir a um programa que, comprovadamente, traz resultados.

CONTINUE LENDO


Centro Médico São Gabriel: Referência na área de Saúde em Brumado e região

(Divulgação)

O Complexo de Saúde do Centro São Gabriel é um dos mais modernos da região sudoeste e é composto por médicos especialistas nas mais diversas áreas, se constituindo num centro de referência integrado que oferece o melhor para os seus clientes. 

Com um mix de serviços médico-hospitalares muito diversificado e um espaço amplo, moderno e muito agradável o Centro Médico São Gabriel traz um novo conceito na área de saúde, onde os mais variados procedimentos são realizados por profissionais altamente gabaritados. 

Localizado na Praça dos Meira, bem no centro de Brumado, em frente ao LAB Laboratório, o Centro Médico São Gabriel é o local onde a sua saúde tem a prioridade. 


Com especialistas nas áreas de: Angiologia, Cardiologia, Clínico Geral, Dermatologia, Endocrinologia, Ginecologia, Nefrologia, Neurologia, Nutrição, Otorrinolarinlogia, Pediatria, Pneumologia, Psicologia, Reumatologia e Urologia; o Centro Médico São Gabriel está totalmente estruturado para atender a população de Brumado e região. 

Então, quando você precisar de serviços na área de saúde, não pense duas vezes, vá ao Centro Médico São Gabriel, que oferece serviços diferenciados com especialistas renomados, promovendo o que há de mais moderno em atendimento médico-hospitalar. 



MPF (BA) busca clínicas no interior do estado para credenciamento no plano de saúde do órgão

(Divulgação)

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) comunica o interesse do Programa de Saúde e Assistência Social do Ministério Público da União (Plan-Assiste) em receber novos credenciados, em todas as áreas médicas, hospitalares, odontológicas e paramédicas nas seguintes cidades: Alagoinhas, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Eunápolis, Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista, Barreiras, Paulo Afonso, Campo Formoso, Irecê, Santo Antônio de Jesus, Bom Jesus da Lapa, Juazeiro, Guanambi, e Jequié. O credenciamento com o Plan-Assiste abrange não apenas o Ministério Público Federal (MPF), mas também os demais ramos do Ministério Público da União (MPU): Ministério Público do Trabalho (MPT); Ministério Público Militar (MPM); e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Dentre as vantagens do credenciamento ao Plan-Assiste estão o pagamento de faturas em até 30 dias e a renegociação dos valores ano a ano. Clínicas interessadas devem entrar em contato com o Plan-Assiste nos números (71) 3617-2349/2351/2336 ou no email prba-passiste@mpf.mp.br.



Brumado: Após muita pressão, Central de Marcação amplia funcionários, senhas e atendimento

A grande movimentação deu lugar à cadeiras vazias (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

As expectativas para uma transformação altamente positiva na área de saúde ainda vêm esbarrando em pequenas barreiras e, uma delas, a Central de Marcação, já tinha se tornado "habitué" da mídia local, especialmente do 97NEWS, que veiculou várias reportangens registrando a insatisfação popular com o que vinha sendo classificado um descaso. Em concomitância com a realização da Conferência Municipal de Saúde, a administração municipal buscou dar uma solução para a problemática e, segundo informações do próprio secretário Claudio Feres, 5 funcionários foram remanejados para o órgão que já teve uma rápida reversão, já que as senhas foram aumentadas o que causou a queda nas longas filas que vinham se formando.

O aviso comprova o aumento das senhas (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

 A reportagem do 97NEWS esteve mais uma vez na unidade e constatou a melhoria dos serviços que agora oferecem 4 guichês em funcionamento e a distribuição de 80 senhas pela manhã e 50 no período da tarde, o que vem atendendo a demanda, inclusive com a sobra de fichas. Com isso uma nova fase positiva deve estar sendo efetivada na Central de Marcação de Brumado, o que já é uma projeção do projeto macro da regionalização da saúde. 

O clima foi de tranquilidade nesta terça-feira (08) na Central de Marcação em Brumado (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)


Atuação do MPF garante distribuição de análogos de insulina pelo SUS no interior da Bahia

(Foto: Reprodução)

A partir de agostos de 2017, pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) com diabetes mellitusresidentes no interior da Bahia deverão ter acesso à insulina de ação basal ultrarrápida em unidades de saúde situadas em 28 municípios. A conquista é resultado de um processo movido pelo Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) desde 2012, que buscou a implantação de protocolo clínico e o fornecimento do medicamento – classificado pelo Ministério da Saúde como excepcional ou de alto custo – em todo o estado. No curso do processo, movido contra a União e o Estado da Bahia, o MPF obteve liminar favorável ao repasse dos recursos necessários, à construção do protocolo clínico e à efetiva distribuição da substância em todo o estado. O protocolo chegou a ser construído pelo Centro de Referência Estadual para Assistência ao Diabetes e Endocrinologia (Cedeba), e a medicação passou a ser distribuída pelo SUS. Antes, os pacientes que precisavam da insulina basal de ação ultrarrápida – conhecida como glargina (Lantus), detemir (Levemir), asparte (Novorapid), lispro (Humalog) e glulisina (Apidra) – precisavam propor ações individuais contra o estado. Contudo, a dispensação da insulina passou a ser feita somente na capital baiana, em descumprimento à decisão judicial. Após a adoção de medidas restritivas deferidas pela Justiça Federal, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou ao MPF, em reunião realizada em 24 de julho último, o início da descentralização da medicação, cuja primeira etapa deve ser concluída até o fim de agosto de 2017, contemplando 28 núcleos regionais e bases operacionais de saúde do SUS na Bahia. De acordo com os documentos apresentados pela Sesab, os pacientes cadastrados para receberem a insulina no interior são oriundos de lista fornecida pelo Cedeba, e foram incorporados a partir dos critérios do Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas do centro. A avaliação de novos pacientes para inclusão no protocolo continua sendo feita pelo Cedeba, a partir de pedidos formalizado pelos núcleos e bases operacionais. Confira os municípios que passam a dispensar a medicação aos pacientes cadastrados: Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Boquira, Brumado, Caetité, Cícero Dantas, Cruz das Almas, Eunápolis, Feira de Santana, Gandu, Guanambi, Ibotirama, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Santa Maria da Vitória, Santo Antônio de Jesus, Seabra,Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.



Vereadores brumadenses participam de VII Conferência Municipal de Saúde

(Foto: Reprodução)

Nos dias 03 e 04 de agosto foi realizada nas dependências da Câmara Municipal de Vereadores de Brumado a VII Conferencia Municipal de Saúde e I Conferencia em Vigilância a Saúde. A solenidade de abertura contou com a mesa formada pelo prefeito Eduardo Lima Vasconcelos, Cláudio Soares Feres (secretário municipal de saúde), Caroline Rebouças (coordenadora do núcleo regional de saúde em Vitória da Conquista), Ita de Cássia Aguiar Cunha (sanitarista da vigilância e proteção da saúde), Conceição Machado (conselheira municipal de saúde) e Marcelo Rocha (sanitarista da base regional de saúde). A vereadora Ilka Abreu representou a mesa diretora da Câmara de Vereadores em virtude do presidente da Casa, Léo Vasconcelos não poder estra presente por compromissos agendados anteriormente. Durante o evento, os participantes ouviram palestras com slides, formaram oficinas de grupos e debateram os temas sugeridos e as demandas da saúde local, além de elegerem os delegados que representarão o município nas conferências regional e estadual.  Os vereadores que compõem o legislativo brumadense estiveram presentes destacando a importância do evento que permite a participação popular, detectando carências do setor e buscando ideias para o melhoramento, sempre destacando que as ações de prevenção de doenças são o foco principal.  



Implante de Viagra é condenado por especialistas na área

Viagra em pílulas azuis tomadas oralmente, como é indicado por médicos para ser usado (Foto: Reprodução)

No universo masculino, um procedimento controverso e que tem gerado a ira de muitos médicos é o implante de Viagra. Defendida por pouquíssimos profissionais, essa técnica consiste em pequenas incisões nas nádegas, onde são inseridas cerca de dez cápsulas, do tamanho de grãos de arroz, cada uma com uma substância. Entre elas, Viagra, testosterona e e outros elementos que os profissionais que fazem o implante dizem ser necessários para evitar efeitos colaterais. A promessa é de que o Viagra passaria a ser liberado em pequenas doses e de forma contínua no corpo, fazendo com que um paciente de 40 anos, por exemplo, volte a ter ereções como um de 25, sem precisar tomar a pílula azul toda vez que for ter relações sexuais. O implante pode custar entre R$ 1.500 e R$ 4 mil, e o efeito se prolongaria por uma média de seis meses. Faz em torno de um ano que se teve notícia do primeiro procedimento do tipo sendo realizado no Brasil. — Essa história de que você aplica o Viagra de forma subcutânea e ele vai sendo liberado aos poucos é difícil de acreditar, porque o princípio do Viagra é justamente oferecer um pico de funcionamento, que dura cinco ou seis horas. Como se faz para liberá-lo aos poucos eu não sei. Ele não é como um hormônio — explica Bertero.,O urologista conta que trabalha com Viagra desde o lançamento do medicamento, há mais de 20 anos. E ele nunca foi testado cientificamente de forma subcutânea, portanto não há como saber se funciona ou mesmo se é seguro. — É lógico que a ideia é atraente. Mas a absorção subcutânea é diferente da oral, então não sabemos quantos miligramas do Viagra implantado devem ser absorvidos pela corrente sanguínea para que ele faça efeito. Sem estudos em camundongos e depois em humanos mostrando isso, como vamos saber que dose implantar, se vai ser eficaz, se vai ser seguro? — questiona. — Já se fez experimentos de injeção de Viagra no pênis e não funcionou. Isso torna improvável que funcione por meio de implante.



Brumado: Protesto em forma de arte contra a atual situação da Central de Marcação

O artista plástico Robson Trindade e o seu protesto em forma de arte (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)

A novela, aos melhores padrões dos dramalhões mexicanos, que tem como protagonista a Central de Marcação em Brumado ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira (02), tendo a participação coadjuvante do artista plástico Robson Trindade, que resolveu fazer um protesto em forma de arte contra a situação que vem revoltando a situação, já que a demanda do local é enorme, mas, mesmo assim, a administração municipal, até o momento não conseguiu resolver o problema, alegando falta de funcionários e a demora na qualificação dos que irão ingressar no órgão. Um painel elaborado pelo artista, que retratava um espectro com um cartaz que dizia "senhas somente na próxima encarnação", acabou fazendo sucesso e exprimindo a indignação dos usuários que vêm se amontoando em filas cada vez maiores sem poderem ter o seu tão desejado atendimento. O artista que tem um lado místico tão acentuado, que, inclusive já garantiu ter tido contatos do terceiro grau, ressaltou que "somente dessa forma é que chamamos atenção para esse problema que vem se arrastando há um bom tempo sem que seja dada uma solução". E, subindo o tom disparou que "é um total descaso com a nossa população que precisa urgentemente dos serviços, mas que não consegue pegar as senhas que são muito limitadas. Realmente é um quadro revoltante que vem contando com o desdém da gestão que teima em fazer vistas grossas para uma situação tão séria como essa". Pauta constante, a Central de Marcação é um retrato do defícit no atendimento da população na área de saúde pública, que enfrenta um grande paradoxo, já que se anuncia um grande salto de qualidade para o setor com a regionalização dos serviços e o funcionamento da tão esperada UTI, mas que não consegue resolver um problema muito menor que é da Central de Marcação, que hoje mesmo teve uma fila enorme como pode se constatar na imagem abaixo. Com diz o ditado bíblico "engole um camelo e se engasga com um mosquito". 

Fila enorme e muita revolta na tarde desta quarta-feira (02) na Central de Marcação de Brumado (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)


Carla Visi raspa a cabeça em luta contra o câncer

(Foto: Reprodução Instagram)

A cantora Carla Visi, que está em tratamento contra o câncer de mama, usou o Instagram para revelar pela primeira o novo visual, após raspar os cabelos. Sorridente, ela escreveu na legenda: “DESAPEGO … visual libertador. A essência está na alma. Ser feliz faz bem a saúde”. Ex-vocalista da banda Cheiro de Amor, ela passou por uma cirurgia no mês passado para a retirada de um tumor na mama. Em junho, Carla contou que a doença foi descoberta no início e que isso facilitou o tratamento. “Quanto mais cedo detectamos, maior é chance de cura… Homens e mulheres, façam exame de rotina”, afirmou.