ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Waldenor e Zé Raimundo se reúnem com secretário de saúde para tratar da agenda de inauguração dos leitos da UTI de Brumado

13 de Dezembro - Dia do Pedreiro: Quartzolar parabeniza a todos os profissionais

Servidor do INSS de Vitória da Conquista é condenado por fraudes em concessão previdenciária

Moradores do São Jorge preocupados com poste danificado; 'pode causar um grave acidente', relatam

Delegacia Territorial de Polícia Civil de Livramento recebe reforma

Instituto Nacional de Meteorologia emite boletim de alerta para Brumado e demais cidades da Região Sudoeste

Vem ai virada de preço: Raneychas e Banda Magnatas no Pré-Réveillon da AABB de Brumado

Brumado: Chuvas deixam estradas e pontes do meio rural intransitáveis; em alguns locais moradores estão ilhados

O filme se repete: Pista da Lindolfo fica destruída após a forte chuva da noite desta terça-feira (12)

Rastreamento com Inteligência: Aproveite a nova promoção da RotSat

Fraudes: PF cumpre mandados na Câmara de Deputados em investigação

Trabalhadores da RHI Magnesita e da Brumado Talco reprovam propostas do ACT/2017

Em visita ao Parque de Exposições Gilson Brito, comandante da 34ª CIPM elogia estrutura do Brumado Sunset

Ultrassonografia na Clínica Master com Dr. Joaquim Donato Júnior

Brumado: Temporal danifica vias públicas e derruba muros na cidade

TRF mantém bloqueio de 20 milhões em precatórios do Fundef recebidos por Paratinga (BA)

Cinco bandidos morrem em confronto com a Polícia após assalto a banco na BA; população aplaude

Sócios definem nesta quarta-feira (13) o novo presidente do Vitória

Flagrante: Adultos 'brincando' no parquinho infantil da Zeca Leite

Livramento: CIPE/Sudoeste apreende 4 espingardas artesanais no Distrito de Itanagé



BUSCA PELA CATEGORIA "Política"

Segue para sanção projeto que facilita acesso de professores à universidade

Para o autor do projeto, Cristovam Buarque, será um 'grande incentivo para que os professores continuem sua formação' | Edilson Rodrigues/Agência Senado

Proposta do senador Cristovam Buarque (PPS-DF) que facilita o acesso de professores do ensino básico da rede pública a cursos superiores vai à sanção da Presidência da República. A Câmara dos Deputados aprovou, na última quarta-feira (28), o texto do PLS 322/2008 (PL 6514/2009 naquela Casa). Pelo projeto, as universidades e faculdades deverão criar processo seletivo diferenciado para os professores concursados que querem concluir uma licenciatura, prioritariamente Pedagogia, Matemática, Física, Química, Biologia e Língua Portuguesa. A matéria altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9.394/1996). — É um grande incentivo para que esses professores continuem sua formação. Depois de certa idade, passar no vestibular é uma coisa muito difícil, um professor que já tem 15 anos de carreira, chegando aos 40, fazer concurso com essa meninada que termina o ensino médio agora? Disputar o Enem, praticamente nem chance tem. Então, ele terá outra porta para entrar. E vai ser bom para a faculdade, para a universidade, que vai receber um aluno já com formação. Estou satisfeito que esse projeto tenha chegado à sua conclusão. Agora falta a sanção do Presidente — disse Cristovam à Agência Senado, nesta sexta-feira (30). Poderão utilizar o benefício profissionais concursados da rede pública nos níveis municipal, estadual e federal, com pelo menos três anos de experiência e sem diploma de graduação, tanto do ensino regular e da educação especial quanto da educação de jovens e adultos. — Esse foi meu primeiro projeto quando entrei no Senado. Terminou sendo arquivado por algumas razões, eu voltei e apresentei outra vez. Estou muito satisfeito de dar essa chance as nossos professores — acrescentou o senador. A LDB determina que os professores da educação básica deverão ter formação superior, mas é admitida, para o exercício do magistério na educação infantil e nas quatro primeiras séries do ensino fundamental, a formação mínima oferecida no ensino médio, o chamado “Curso Normal”.  Esse público, em especial, será beneficiado com a proposta. — O Brasil ainda tem muitos professores sem graduação, e a graduação, embora eu não ache que seja uma coisa absolutamente necessária, porque tem professores sem graduação muito bons, ajuda muito — declarou.



Médio São Francisco e Sertão Produtivo: Waldenor e Zé Raimundo entregam equipamentos e anunciam mais investimentos

(Fotos: Divulgação)

Quatorze municípios das regiões do Médio São Francisco e Sertão Produtivo baianos foram beneficiados na manhã desta sexta-feira (30) com a entrega de 150 km de tubos e 5.000 caixas de 500 litros para abastecimento de água, resultantes de emenda parlamentar dos deputados Waldenor Pereira (federal) e Zé Raimundo (estadual).  Os parlamentares estiveram na sede da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em Guanambi, onde se encontraram com presidentes de associações, vereadores, prefeitos, vice-prefeitos e lideranças políticas de Caetité, Candiba, Matina, Urandi, Pindaí, Riacho de Santana, Tanque Novo, Macaúbas, Palmas de Monte Alto, Rio do Pires, Iuiú, Malhada, Carinhanha e Sebastião Laranjeiras, que assinaram convênio junto ao Coordenador Regional do órgão, Dr. Péricles Oliveira de Carvalho.  Além da entrega dos equipamentos para abastecimento de água, Waldenor e Zé Raimundo anunciaram mais investimentos dos seus mandatos para a região em diversas áreas como Educação, Agricultura Familiar, Saneamento Básico e Saúde. Através de emendas parlamentares dos deputados estão sendo investidos R$ 4 milhões e 330 mil em Saúde (destacando-se a destinação de R$ 1 milhão para o Hospital Regional de Guanambi), R$ 2 milhões para elaboração de Planos de Saneamento Básico (Caetité, Guanambi, Macaúbas, Candiba, Matina, Palmas de Monte Alto e Tanque Novo), R$ 1,8 milhão para aquisição de 7 tratores agrícolas, 4 caminhões carga-seca e 1 retroescavadeira (Candiba Macaúbas, Palmas de Monte Alto, Riacho de Santana, Rio do Pires e Tanque Novo), R$ 300 mil para limpezas de aguadas em Sebastião Laranjeiras, R$ 250 mil para construção de laboratórios no Ifbaiano de Guanambi e R$ 100 mil para a criação de Conselhos Municipais de Direitos da Pessoa com Deficiência naquela microrregião. As regiões do Médio São Francisco e Sertão Produtivo têm recebido atenção especial dos mandatos dos deputados Waldenor e Zé Raimundo.

(Fotos: Divulgação)


Brumado: Arthur Maia e Vitor Bonfim têm reunião fechada com prefeito, presidente da Câmara e alguns vereadores na noite desta quinta-feira (29)

(Foto: Divulgação)

O deputado federal Arthur Maia (PPS), - que é o atual relator da conturbada reforma da Previdência -, acompanhado do secretário estadual da Agricultura, Vitor Bonfim, que atualmente está licenciado do cargo de deputado estadual pelo PDT, realizaram um encontro político na noite desta quinta-feira (29) em Brumado com o prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB), com o presidente do Poder Legislativo, Leonardo Vasconcelos (PDT) e com os vereadores Lia Teixeira e Gladson Dias, ambos do PDT e Santinho (PTC). A pauta do encontro que se iniciou com um jantar e aconteceu num restaurante da cidade, não foi divulgada, mas, segundo especulações de bastidores o “prato principal” teria sido as “costuras” para as eleições 2018, o que sugere que esse grupo dará apoio à possível dobradinha Vitor Bonfim e Arthur Maia. O prefeito Eduardo Vasconcelos que vem denominando o seu grupo político de “turma que puxa Brumado para cima”, ao que tudo indica, irá também dar o seu apoio à dupla, mas teria exigido benefícios para o município. A presença do vereador Santinho, também sugeriu que o parlamentar deverá abandonar a base de oposição na Câmara de Vereadores e voltar a dar o seu apoio ao prefeito Eduardo. O principal articulador destas possibilidades seria o vereador Léo Vasconcelos que é um conhecido estrategista político e que já teria iniciado as suas ações visando o pleito do ano que vem. 



Será possível?: Propaganda partidária pode acabar após reforma política

(Reprodução)

Qual seria o modelo ideal de Reforma Política? É o que todos estão se perguntando diante de tantos escândalos de corrupção revelados nos últimos tempos. Várias alterações na legislação estão em discussão no Congresso Nacional e a grande dificuldade é chegar a um consenso. Uma das alternativas para preencher o fundo partidário para as eleições do próximo ano é acabar com programa dos partidos.De acordo com o colunista Maurício Lima, da revista Veja, isso não significa que não existirá mais propaganda eleitoral. Mas aquelas propagandas veiculadas fora de ano eleitoral podem acabar sendo excluídas. Cada partido tem direito a 10 minutos de programa por ano e várias inserções nos intervalos de programação. Apesar de ser considerado “gratuito”, o governo paga as emissoras com compensação tributária.“Em médio e longo prazo, o ideal é que a propaganda política seja feita na internet, É a melhor propaganda política que você pode ter. É a mais livre, a mais rápida, a mais limpa. É o que sempre defendi. A internet precisa ser melhor utilizada como veículo de propaganda partidária”, analisa o advogado eleitoral José Amando à Tribuna. “A propaganda em papel é um desastre, já deveria ter acabado há muito tempo.Não tem como o eleitor ir para uma urna sem ter o conhecimento de qual será o candidato dele”, completa. “Não vejo muito sentido também na propaganda eleitoral gratuita em televisão”, acredita. “O problema do marketing político não é o que eles cobram, e sim, o caixa dois. O caixa dois nas eleições sobre foi feito por meio das agências de publicidade. Todo mundo sabe disso, até porque já tivemos denúncias contra Duda Mendonça e João Santana”.Outra proposta implementa a cláusula de barreira e o fim das coligações proporcionais. Por meio dela, seria possível, reduzir de 28 para 12 partidos representados na Câmara. Mas também existem outras propostas. “Tem uma proposta de federalização das coligações, para que os partidos federalizassem nacionalmente as suas relações partidárias independentemente das eleições”, avalia Amando.



Três baianos decidirão futuro de Temer na CCJ

(Foto: Reprodução)

Dos três baianos que compõem a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, apenas Félix Mendonça Jr., do PDT, adianta seu voto sobre o pedido de investigação a Michel Temer (PMDB), feito ao Supremo Tribunal Federal (STF) pela Procuradoria Geral da República (PGR) na segunda-feira (26). Em entrevista à Tribuna, Félix adiantou que votará a favor da abertura da investigação contra o presidente na corte máxima do País. “Ainda não tivemos acesso à denúncia, mas vou votar a favor da abertura da investigação. Eu até lamento que isso esteja acontecendo com o presidente do meu país. Eu gostaria que essa tempestade diminuísse e ele conseguisse concluir o mandato, para termos eleições normalmente e escolher um novo presidente em 2018. Mas as denúncias são graves, e têm de ser investigadas. É um absurdo, por exemplo, Henrique Meirelles ser ministro da Fazenda, porque ele era presidente do conselho econômico do grupo JBS”, disse o deputado do PDT. Integrante da base de apoio ao governo no Congresso Nacional, o deputado José Carlos Aleluia, do Democratas, por sua vez, não adiantou seu voto, e disse que só o fará após “analisar profundamente” a denúncia, e garante que sua condição de aliado não garantirá voto a favor de Temer. “Sou da base do governo, mas antes de tudo penso no meu país. Não vou fazer nenhum juízo de valor agora. Vou analisar com muita serenidade a denúncia quando ela chegar à comissão. Eu lamento que isso aconteça. Acho que o governo está indo bem, sobretudo nos quesitos econômicos. Mas não posso de jeito nenhum de levar a sério um pedido de investigação feito pelo Ministério Público e o pedido de nossa posição feito pelo Supremo Tribunal Federal. De jeito nenhum”, disse Aleluia à Tribuna. Outro aliado do presidente, o tucano Jutahy Magalhães Jr. também prega cautela, e na mesma linha de Aleluia, afirmou que seu compromisso com o governo “não é mais forte do que seu compromisso com o Brasil”. “Nossa posição diante disso na CCJ nada tem a ver com sermos governo ou oposição. Tem a ver com seriedade e com respeito às instituições e ao povo brasileiro. Vou analisar profundamente a denúncia, vou ouvir com calma os áudios e vou ouvir com muita atenção a defesa do presidente. Meu voto será um voto de consciência e de cunho pessoal”, garantiu Jutahy Jr. à Tribuna. O tucano disse ainda que o PSDB não vai se posicionar como bancada na votação do pedido de abertura de investigação contra Temer. O partido tem sete deputados na CCJ, “e nenhum será substituído”, segundo o deputado. Jutahy Jr. ainda relativizou o fato de o governo ter maioria na CCJ. “Essa maioria, nesse caso, é uma coisa muito relativa. Eu acredito que os partidos não vão orientar seus parlamentares como bancada”. A relatoria do processo será designada em decisão monocrática do presidente da comissão, o que dá relativo alívio ao Planalto, porque obviamente não cairá nas mãos de algum deputado de oposição.



Forró do Mica 2017: Brumadenses irão invadir Livramento neste sábado (01)

(Divulgação)

Que o brumadense gosta de festa, isso é inquestionável, mas também existe a exigência pela qualidade e nesse ponto o promoter Ney Trindade é um dos nomes mais conceituados e respeitados em toda a região. Com um histórico de excelência em realizar eventos de grande magnitude, que conseguem atrair públicos fantásticos, Ney Eventos e Empreendimentos como é conhecido no meio artístico, desta feita, em parceria com a Edy Show e Marcos Galvão irão realizar neste final de semana uma das festas mais aguardadas de toda a região, o Forró do Mica 2017 que irá trazer os maiores nomes da música brasileira atual, o fenômeno Gusttavo Lima, que está num momento exitoso de sua carreira musical; a grande vocalista Solange Almeida, que dispensa comentários; a alegria da dupla Donas de Bar e uma das grandes sensações da música baiana, a irreverente e incomparável Papazoni. Diante do impasse da divulgação de algumas festas locais, os brumadenses que gostam de uma festa de alta qualidade já decidiram e irão invadir Livramento no próximo sábado (01) fazendo valer a fama de um povo alegre e que sabe valorizar os grandes eventos. A reportagem do 97NEWS comprovou a alta vendagem dos ingressos para o Forró do Mica na cidade. Num dos pontos de vendas mais procurado, Tiazinha Distribuidora, segundo os proprietários, a venda superou todas as expectativas e deverá confirmar a invasão brumadense ao Forró do Mica 2017. Então você que ainda está em dúvida, esperando a confirmação de grades que não se confirmam, não pense duas vezes e adquira já o seu ingresso para o Forró do Mica  2017, porque a alegria, o sucesso e a diversão estão garantidos. 



Brumado: Crescem os rumores de que o vereador Dudu Vasconcelos pode ser substituído pelo suplente Girsom Ledo

(Fotocomposição: 97NEWS)

Apesar da sessão bem tranquila da Câmara de Vereadores de Brumado desta segunda-feira (26), os bastidores estavam agitados, já que os rumores envolvendo o possível afastamento do vereador Dudu Vasconcelos (PSDB) das suas funções parlamentares por motivos de saúde cresceram sobremaneira, já que foi a quarta sessão que o referido parlamentar esteve ausente. Os motivos da ausência vêm sendo explanados pela presidência e reportam a um tratamento de saúde, o qual estaria sendo feito em outro estado da federação. Diante desta possibilidade o 97NEWS ouviu na manhã desta terça-feira (27) o presidente do PSDB de Brumado, Sérgio Mauro de Oliveira que começou explicando que “o Regimento Interno da Casa Legislativa é muito vago nesse sentido, então, devido a isso enviamos um comunicado para o departamento jurídico do PSDB em Salvador e estamos esperando um posicionamento”. Questionado sobre a possiblidade do ingresso do suplente, Girsom Ledo, ele respondeu que “existe sim essa possibilidade, já que o PSDB não fez parte de nenhuma coligação, então, o substituto natural seria realmente Girsom, mas ainda é cedo para fazermos qualquer afirmação sobre isso”. Mesmo diante do impasse, os corredores da política brumadense se agitaram com essa possibilidade, já que Dudu Vasconcelos é vice-presidente da Casa Legislativa e filho do atual prefeito o engenheiro Eduardo Vasconcelos. 



PT classifica possível condenação de Lula como 'golpe para afastá-lo da eleição de 2018'

(Foto: Reprodução)

O Partido dos Trabalhadores (PT) afirmou nesta segunda-feira (26), através de uma nota, que caso o presidente Lula venha a ser condenado pelo juiz federal Sérgio Moro, o fato seria considerado um "golpe" para impedi-lo de disputar a Presidência nas eleições de 2018. O PT ainda afirmou que, caso Lula seja condenado, a eleição do ano que vem seria uma "fraude". A nota, assinada pela presidente do partido, senadora Gleisi Hoffmann (PR) ainda afirma que "qualquer sentença que não seja absolvição completa e irrestrita de Lula será injusta". "Uma hipotética condenação de Lula teria como único objetivo afastá-lo das eleições de 2018, o que é absolutamente inaceitável. Sem Lula, as eleições presidenciais não terão legitimidade e não passarão de uma fraude contra o povo brasileiro. Condenar Lula, o maior líder popular na nossa história, significaria desferir um golpe mortal contra a justiça e a democracia do Brasil", afirma a nota. O comunicado é realizado após a defesa de Lula ter apresentado as alegações finais no processo do tríplex.



Veículos do legislativo brumadense são identificados com logomarca oficial

(Foto: Reprodução)

Dando continuidade as ações traçadas pela nova gestão do legislativo brumadense que prima pela modernização e transparência foi realizada a identificação dos veículos com a logomarca oficial, ficando desta forma todos padronizados. O presidente da Câmara de Vereadores de Brumado, vereador Léo Vasconcelos destaca que é uma obrigação da gestão identificar os veículos, pois eles são utilizados pelos parlamentares no desenvolvimento de seus mandatos em prol da comunidade. Essa identificação não vinha acontecendo nas gestões passadas, tendo ocorrido na última gestão do vereador Léo Vasconcelos, que agora volta a efetivar demonstrando transparência e probidade na administração da coisa pública e também envidando seus melhores esforços no sentido de permitir amplo controle social e institucional sobre seus atos.



Datafolha: Lula lidera; Bolsonaro e Marina empatam em 2º lugar

Em simulações para o 2º turno, o ex-presidente vence Alckmin (45 a 32%), Doria (45 a 34) e Bolsonaro (45 a 32), mas empata com Marina (40 a 40) (Foto: Reprodução)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manteve a liderança nas intenções de voto para a eleição presidencial de 2018 com 30% da preferência do eleitorado, à frente da ex-ministra Marina Silva (Rede) e do deputado Jair Bolsonaro (PSC), que aparecem empatados com 15%, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira. Em cenário tendo o prefeito de São Paulo, João Doria, como candidato do PSDB, Lula passou de 31% em abril para os atuais 30%, enquanto Bolsonaro foi de 13% para 15 e Marina saiu de 16 para os mesmos 15%. O tucano aparece em quarto lugar, com 10%, um ponto acima do levantamento anterior.  Lula também alcança os 30% de preferência do eleitorado quando o governador paulista, Geraldo Alckmin, substitui Doria como concorrente do PSDB. Nesse cenário, Bolsonaro fica um ponto à frente de Marina, 16 a 15%, e o tucano aparece com 8 pontos. Bolsonaro sobe ante os 5% de levantamento realizado em dezembro de 2015, enquanto Marina cai dos 24% que possuía. Em simulações para o 2º turno, Lula vence Alckmin (45 a 32%), Doria (45 a 34) e Bolsonaro (45 a 32), mas empata com Marina (40 a 40), de acordo com o Datafolha. Em uma eventual disputa entre Marina e Bolsonaro, a ex-ministra venceria por 49 a 27%. Apesar da liderança nas intenções de voto, Lula também aparece em primeiro lugar na lista das maiores rejeições, com 46%, seguido por Alckmin (34) e Bolsonaro (30). A pesquisa Datafolha foi realizada entre os dias 21 e 23 de junho, com 2.771 pessoas, em 194 cidades. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

(Com agência Reuters)



Procurador Rodrigo Janot deve apresentar até terça-feira denúncia contra Temer

Presidente passou a ser investigado por crimes como corrupção passiva após delações da JBS. Temer tem negado todas as acusações e afirmado que não atuou para beneficiar a empresa (Foto: Reprodução)

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deverá apresentar nesta semana denúncia contra o presidente Michel Temer junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo crime de corrupção passiva. O prazo para o oferecimento da denúncia termina na terça (27), mas é possível que a peça seja protocolada nesta segunda (26). A acusação preparada por Janot deverá se basear nas investigações abertas a partir das delações de executivos da JBS no âmbito da Lava Jato. Além de Temer, é alvo do inquérito o ex-assessor do presidente e ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), flagrado com uma mala com R$ 500 mil. Segundo o Ministério Público, o dinheiro era parte de propina paga pela empresa para ser favorecida, por influência do governo, no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), órgão federal que arbitra disputas entre empresas concorrentes. Para a Polícia Federal, a ligação de Rocha Loures com Michel Temer foi atestada numa conversa gravada, em março, na qual o presidente indica o ex-deputado como "homem de confiança" a um dos donos da JBS, Joesley Batista, para tratar problemas enfrentados pela empresa no governo.

Em sua defesa, Temer diz que "simplesmente ouviu" reclamações do empresário, sem conceder benesses do governo para ajudá-lo. O presidente tem negado todas as acusações dos delatores e afirmado que não renunciará ao mandato.

"Não há crime em ouvir reclamações e me livrar do interlocutor indicando outra pessoa para ouvir suas lamúrias. E confesso que o ouvi como ouço empresários, políticos, trabalhadores, intelectuais e pessoas de diversos setores da sociedade no Palácio do Planalto, no Palácio do Jaburu, no Palácio da Alvorada e em São Paulo", disse o presidente, em maio deste ano.

A suspeita de corrupção é um dos pontos da investigação sobre Temer, que também inclui suposta prática de obstrução da Justiça e participação em organização criminosa. Como a investigação da PF ainda não terminou, é possível que denúncias sobre essas outras suspeitas ainda sejam apresentadas posteriormente pela PGR.

Essas outras suspeitas tratam do aval do presidente, segundo a PGR, para o pagamento de propina ao ex-deputado Eduardo Cunha, pela JBS, para que ele não feche acordo de delação.

 

O que é uma denúncia

 

A denúncia é o documento por meio do qual o Ministério Público, em um processo penal, acusa formalmente uma pessoa, juntando provas de que ela cometeu um crime.

Feita com base na investigação da polícia, é apresentada à Justiça para avaliar se há indícios concretos de autoria e materialidade para aceitá-la ou rejeitá-la.

Se a Justiça acolher a acusação, abre-se uma ação penal, e o acusado se torna réu. Somente ao final desse processo, após novas manifestações das partes, a Justiça condena ou absolve.

 

Denúncia de presidente da República

 

A Constituição, porém, prevê regras diferentes quando o acusado é presidente da República. Por acumular a função de chefe de Estado e ser a mais alta autoridade do país, o presidente tem garantias diferentes das previstas para os demais cidadãos.

Além do chamado foro privilegiado no STF em crimes comuns (como corrupção), uma denúncia contra o presidente só pode ser aceita pela Justiça com autorização da Câmara.

Assim, o STF só poderá decidir se acolhe a acusação para abrir a ação penal se 342 dos 513 deputados federais concordarem com a denúncia da PGR.

A exigência abre uma chance política para o presidente barrar o processo na Justiça, se conquistar maioria de apoio parlamentar. Se não conseguir o apoio necessário, e o STF decidir abrir a ação penal, o presidente ficará suspenso de suas funções por até 180 dias.

Se o STF não concluir o julgamento nesse prazo, o presidente, então, retorna ao cargo. Uma eventual prisão só pode ser decretada quando houver sentença condenatória.

CONTINUE LENDO


Vereador é filmado grampeando órgão genital em mesa depois de aposta com amigos

(Fotos: Reprodução)

Uma aposta, no mínimo inusitada, gerou polêmica no distrito Witmarsum, distrito de Santa Catarina, nesta semana. De acordo com notícia da imprensa local publicada pelo site Verdades Políticas, o caso ganhou repercussão após o vazamento de um vídeo vazou nas redes sociais, em que o vereador Marcos Montibeller, (PMDB) permitiu ser filmado no momento em que tem o pênis grampeado em uma mesa. Segundo as informações, para desprender o órgão genital, o vereador utilizou uma chave de fenda e uma faca. O vereador, que foi o quarto mais votado no distrito, anunciou que irá concorrer a uma vaga na Câmara de deputados.



Pastor Edmar é libertado da cadeia

(Foto: BDM)

O pastor Edimar Brito, suspeito de mandar assassinar duas mulheres em Vitória da Conquista já está solto. O alvará foi entregue à diretoria do Presídio Regional da cidade na terça-feira (21/6). O crime aconteceu em janeiro de 2016. De acordo com a Polícia Civil, Edimar mandou matar a pastora e professora da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Marcilene Oliveira Sampaio, e a sobrinha dela, Ana Cristina Santos. O crime foi sido motivado por vingança após as vítimas, que eram colegas do pastor suspeito, terem saído da igreja dele depois de um desentendimento para fundar uma nova e levado a maioria dos fiéis.



Se a Moda Pega: Sem público nas sessões de SAJ, vereador sugere sortear brindes e dinheiro

(Foto: Reprodução)

Preocupado com o descrédito da classe política junto à população e com a ausência de público nas sessões da Câmara Municipal de Santo Antônio de Jesus (a 190 km de Salvador), no Recôncavo Baiano, o vereador Pedro de Teca (PSD), fez uma sugestão inusitada na sessão da Câmara da última segunda-feira (19/6). Ele propôs sortear brindes e até R$ 400 entre os que participarem e permanecerem até o final dos trabalhos. Segundo o site BA Cidades, esse sumiço do povo deve-se a vários fatores, entre eles os mais citados são o desgaste mental, pois ir às sessões da câmara e ouvir, em algumas sessões, 15 vereadores, é desgastante. A falta de público também deve-se ao horário, começa às 19h e às vezes termina por volta das 23h ou mais tarde, ficando cansativo para quem sai do trabalho às 18h. A ideia do vereador Pedro de Teca é conseguir ampliar o número de plateia e tornar essa participação mais fácil nas noites de segunda, já que a maioria se fará presente motivada pela expectativa de, ao final, receber brinde e dinheiro. A tentativa de mudar esse quadro negativo, explicou o vereador durante entrevista na Andaiá FM, serve para a população ter ciência dos projetos e ações dos vereadores. “Trazer a população santoantoniense para dentro da Câmara, que é a casa do povo. Esta foi a única forma que Deus me iluminou no momento”, disse. De acordo com ele, o único objetivo é atrair o povo para as sessões. “Alguns políticos estão sem credibilidade com a população e a gente paga o pato pelos erros dos outros. Acho que sou o único vereador no Brasil a dar um incentivo no valor de R$ 400 para que a população participe da sessão, e vai ser do meu salário”, garantiu.



Demonstrando estabilidade econômica Câmara de Vereadores de Brumado antecipa primeira parcela do 13º salário de servidores

(Divulgação)

A crise econômica pela qual vem passando o país tem causado muitas dificuldades a Estados e Municípios fazendo com que deixem de cumprir com compromissos considerados de primeira necessidade, inclusive pagamentos de salários de funcionários. Contrariando essa realidade, mediante a realização de uma administração que prima pelo compromisso na aplicação dos recursos públicos de forma transparente e responsável, a mesa diretora da Câmara de Vereadores de Brumado, que tem como presidente o vereador Léo Vasconcelos realizou o pagamento nesta segunda-feira, 19 da primeira parcela do 13º salário a todos os servidores que compõem o quadro da Casa Legislativa, excetuando-se os vereadores que não tem direito a gratificação conforme dita a lei. “O pagamento de 50% da gratificação oportuniza ao servidor o recebimento em duas datas distintas durante o ano, podendo fazer melhor aproveitamento desses recursos, inclusive movimentando a economia local” destacou o presidente. 

 



PF encontra indícios de crime de corrupção contra Temer

Rocha Loures era identificado em Brasília como uma pessoa próxima de Temer, de quem foi assessor. - Divulgação/Rodrigo Rocha Loures

O Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu relatório parcial das investigações da Polícia Federal no inquérito do qual o presidente Michel Temer faz parte. Para os investigadores, houve crime de corrupção. A conclusão leva em consideração, além dos indícios e de outras provas, duas conversas entre o diretor da JBS Ricardo Saud e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures que já foram periciadas e ajudam a reforçar os indícios de crime. Procurada, a Polícia Federal não comentou o relatório e nem quis se manifestar. Foi pedido ainda um prazo adicional de cinco dias para apresentar uma conclusão sobre o crime de obstrução de Justiça. Esse tempo será usado para concluir a perícia no audio da gravação do dono da JBS Joesley Batista com o presidente Temer. A PF teria optado por ser mais cautelosa nesse ponto. O prazo inicial dado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato, foi de dez dias. Depois, a pedido da PF, foram concedidos mais cinco dias. Agora, o ministro vai decidir se estende ainda mais o prazo.


stest 



‘Sem o governador não teremos UTI em Brumado’, afirma presidente do Poder Legislativo

O presidente do Legislativo de Brumado, Léo Vasconcelos expressou a sua preocupação quanto às ações do governo do estado para Brumado (Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)

O que, a princípio, parecia uma falta de sincronia, a partir de agora, já soa como possível ruptura, pois a ausência de ações mais significativas para Brumado, já há um bom tempo, por parte do governo do estado, parece ter chegado ao limite, ou seja, algumas gotas a mais deverão entornar o “balde da paciência”, já que a pressão popular é cada vez maior e a avaliação é cada vez negativa, o que vem provocando um forte desgaste para a atual gestão municipal. O ponto central deste possível rompimento, apesar de que não existe uma aliança firmada e consolidada entre o prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB) e o governador Rui Costa (PT), seria a não liberação das verbas para a otimização da área de saúde municipal. Esta possibilidade acabou substanciado um embate ideológico mais robusto durante a sessão da Câmara de Vereadores desta segunda-feira (19). Tudo se iniciou com a fala do líder do prefeito, o vereador Rei de Domingão (PSB), que se dirigiu ao líder da oposição Zé Ribeiro (PT) dizendo a ele que “ao invés de somente ficar criticando os projetos do executivo, que vossa excelência fosse cobrar de forma mais enérgica do governador Rui Costa, que é inclusive do seu partido, para que ações imediatas sejam efetivadas para o pronto funcionamento da UTI de Brumado”. O clima ficou mais acalorado, o que fez com que o presidente do Legislativo, o vereador Léo Vasconcelos (PDT) fosse para a tribuna livre para um pronunciamento impactante. Muito seguro, ele afirmou que “em sua recente visita a Rio de Contas, o governador Rui Costa falou que liberou 4 milhões para Brumado, mas se esqueceu de dizer que esse montante vem desde o governo Paulo Souto” e emendou disparando que “em seguida ele falou que vai liberar R$ 20 milhões para a policlínica, mas fica a dúvida, será mesmo que vai?; esperamos que sim”. E de forma contundente declarou que “sem o governador não teremos UTI e a população precisa saber disso. Não teremos UTI; nem ampliação da barragem de Cristalândia; nem o sistema de esgotamento sanitário da Embasa; nem novos cursos universitários, em suma, o progresso e desenvolvimento do município estaria ameaçado”. E finalizou narrando uma situação que viria comprovar que as relações entre município e estado estariam para ficar bem arranhadas citando que “a administração municipal deu a data limite do dia 30 de julho para que as ações e a liberação das verbas para a UTI de Brumado sejam realizadas, caso isso não ocorra, as relações ficarão bem complicadas e, com isso, poderemos ter novos rumos para a política local”. 



‘O prefeito precisa parar de mimimi e começar a trabalhar por Brumado’, dispara vereador Lek Cabeleireiro

O vereador Lek Cabeleireiro não deixou sem resposta as colocações ácidas feitas pelo chefe do executivo brumadense (Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)

Conhecido pela acidez de suas colocações e pelo seu jeito irônico em citar alguns fatos relativos à política local, o prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB), mais uma vez voltou a disparar a sua “metralhadora giratória” contra os seus críticos na manhã do último sábado (17) durante o seu programa semanal de rádio. Em algumas de suas colocações ele voltou a mirar nos vereadores oposicionistas, sendo que, em dados momentos, ele usou de linguagem chula e termos rasteiros, desrespeitando e distratando seus opositores, indo na contramão dos objetivos do programa que deveria ter exclusivamente o caráter institucional, mas que, no entendimento de muitos, estaria sendo utilizado para fazer política partidária de uma forma muito subterrânea, já que ele ataca de forma veemente a oposição e enaltece os que estão ao seu lado, neste último caso cintando nomes, fazendo promoção pessoal e classificando os aliados como “turma que puxa Brumado para cima”. Na sessão da Câmara de Vereadores desta segunda-feira (19), o vereador Lek Cabeleireiro (PV), que vem tendo uma postura muito dinâmica apesar de estar em seu primeiro mandato, não deixou sem resposta o chefe do executivo e, com muita segurança, após ser questionado pelo líder da situação, declarou que “o prefeito deveria deixar de mimimi e começar a trabalhar por Brumado, já que, até o momento, a sua gestão está deixando muito a desejar”. As declarações causaram um impacto durante a sessão, onde aconteceram defesas e ataques, promovendo debates calorosos que acabaram indo para o lado pessoal. A leitura dos oposicionistas é que o prefeito vem promovendo, por meio do seu programa, que deveria tratar somente das ações administrativas, de criar um clima de forte rivalidade para desviar o foco das críticas que vêm recendo da população, principalmente por meio das redes sociais. O vereador Lek Cabeleireiro também questionou o fato de que a transmissão radiofônica das sessões da Câmara de Vereadores de Brumado foi suspensa pela Justiça, mas que, no caso do programa do prefeito, apesar de ser na mesma emissora de rádio, a transmissão é liberada. “Temos que saber quais são os critérios adotados para o pagamento deste programa, pois caso se confirme que é por meio de um contrato bancado com verbas públicas, isso seria inadmissível, pois usar dinheiro do povo para fazer política e atacar os adversários é uma coisa reprovável. Vamos intensificar as nossas ações nesse sentido para que tudo fique esclarecido, já que as sessões do Legislativo tiveram a sua transmissão suspensa”.

 



Vereadora Lia Teixeira participa de São João antecipado do Bairro São José

A vereadora Lia Teixeira ao lado do presidente da Associação de Moradores do Bairro São José, Ivan Oliveira (Foto: Divulgação)

Sempre buscando a valorização da Cultura, a vereadora Lia Teixeira (PDT) vem tendo promovendo a defesa da tradição das festas juninas em Brumado. Nesse sentido, a parlamentar vem dando o seu apoio para que vários eventos sejam realizados, trazendo alegria para as comunidades, já que a cultura junina nos bairros e na zona rural ainda é muito forte no município. No último dia 14, Lia Teixeira esteve participando do São João antecipado do Bairro São José, o qual é organizado pela associação dos moradores. Ele fez questão de parabenizar os esforços do presidente da referida entidade, Ivan Oliveira, que demonstrou mais uma vez o seu dinamismo em realizar um evento muito bem organizado e que fez a alegria dos moradores do bairro, como também de um grande número de brumadenses que compareceram à festa. Nessa semana a vereadora está se empenhando para contribuir com a organização dos festejos de São João da Comunidade de Umburanas e do Distrito de Cristalândia. “Reconhecemos a grande importância da manutenção das tradições juninas em nosso município, então, diante disso, fazemos questão de dar o nosso apoio para que eles aconteçam”, destacou a parlamentar. 



Nota de Esclarecimento: Prefeitura Municipal de Lagoa Real

Foto: Divulgação

Vimos a público prestar esclarecimento em virtude da divulgação, no dia 13 de junho do ano corrente, da reportagem intitulada “Lagoa Real comemora 28 anos de emancipação política”.


Em suma a reportagem, equivocadamente, afirmou ter ocorrido na terça-feira (13/06/2017) festividade referente aos 28 anos de emancipação política acompanhado de grandes shows musicais e inauguração de obras. Que o Gestor Municipal na presença da primeira dama fez o hasteamento da bandeira frente à sede do executivo e posteriormente seguiu para Igreja Matriz onde fora celebrado uma Missa Solene.


Não sabendo a origem das informações equivocadas divulgada no site, a Prefeitura esclarece que não fora realizada nenhuma atividade de cunho festivo justificada nos 28 anos de emancipação política, que não houve hasteamento de bandeira, inauguração de obras, caminhada com destino a Igreja e que não existiu Missa solene em homenagem ao município, não existindo ainda Padre com o nome de Pedro atuante na Diocese de Caetité na qual o Município de Lagoa está interligada, que os fatos relatados na reportagem não traz nenhuma relação com o governo atual e que esta nota tem como principal objetivo esclarecer a divulgação de informações inverídicas e também evitar que a população venha a denegrir a imagem do Governo atual.


Sendo o que nos cumpria para momento, apresentamos votos de estima e consideração.


Atenciosamente,

PEDRO CARDOSO CASTRO

Prefeito