ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Detran faz campanha pela valorização da vida no trânsito durante os festejos juninos

'Arraiá da Educação': Pelo segundo dia, escolas municipais dão um show com as quadrilhas juninas

Policiais lotados na 34ª CIPM de Brumado participam de palestras

Em reunião com o prefeito, Zé Carlos de Jonas busca novos avanços para a região da Vila Presidente Vargas

Em plena Copa do Mundo: Brasileiros gostam mais de sexo do que de futebol

Sem dinheiro, menino pinta as próprias figurinhas da Copa do Mundo

Brumado: Dias 23 e 24 o bairro Dr. Juracy realiza o 'São João da Copa'

Pedagoga brumadense é vítima de atos libidinosos dentro de ônibus da Novo Horizonte; autor foi preso em flagrante

Brumado: Catadora de material reciclável clama por ajuda para que o sonho do seu filho seja realizado

Em visita a Brumado, Jorge Solla acena com a tendência de parceria com o pré-candidato Márcio Moreira

Homens suspeitos de integrarem facção criminosa são presos em Guanambi; uma submetralhadora foi apreendida

Brumado: Segundo previsão, São João será de garoa e temperaturas na casa dos 20 graus

Zé Ribeiro participa, juntamente com Waldenor e Zé Raimundo, do lançamento do Plano Safra da Agricultura Familar

Homem é preso após tentar roubar PM com arma de brinquedo

Psicologia na Clínica Master com Juhéli Cerqueira

Ex-vereador Dedéu confirma apoio à pré-candidatura de Carlinhos Moura

Café da Manhã: Uma variedade de delícias com uma qualidade inigualável você só encontra na Padaria Divina

Lídice da Mata é excluída da chapa governista; PSB nacional fica irritado

Falha no Sistema fez usuários da Coelba voltarem às lotéricas para pagar as contas, mas pagamentos ainda estão suspensos

‘O que era para ser para o lazer, acabou se tornando esconderijo de bandidos’, afirmam moradores de Umburanas



BUSCA PELA CATEGORIA "Política"

Vaza áudio de voo de Lula: ‘Manda esse lixo janela abaixo’

Foto: Reprodução

A comunicação do voo que levou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de Congonhas, em São Paulo, para o aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, foi interrompida por vozes não identificadas que pediam ao piloto do avião: “leva e não traz nunca mais”; “manda esse lixo janela abaixo”. Os comentários que xingavam o petista foram vazados e circularam no domingo, 8, nas redes sociais. A Força Aérea Brasileira (FAB) confirmou, pelo Twitter, que os áudios são verdadeiros e foram captados entre a Torre Congonhas, em São Paulo, e a Torre Bacacheri, em Curitiba. No entanto, a instituição informou que as vozes não são de controladores de voo.

Foto: Reprodução l Twitter

A FAB ressaltou que a frequência utilizada para essas comunicações é aberta. Segundo a Força Aérea, as regras de tráfego orientam os usuários a se identificarem, o que não ocorreu nesse caso. “Lamentavelmente, na gravação em questão, a frequência foi utilizada de modo inadequado por alguns usuários que se valeram do anonimato para contrariar essas regras”, comunicou a nota. Lula foi levado em um monomotor Cessna Caravan para o Paraná, onde cumpre pena na Superintendência da Polícia Federal por corrupção e lavagem de dinheiro.



Ausência de Wagner e de Rui de despedida de Lula intriga militância petista

(Foto: O Polêmico)

Chamou a atenção da militância a ausência dos figurões petistas baianos, principalmente do ex-governador Jaques Wagner, que já chegou a ser cotado para plano B presidencial do PT, do ato em que o ex-presidente Lula se despediu dos companheiros antes de ir para a prisão, ontem em São Paulo. Tanto ele quanto o governador Rui Costa preferiram tocar suas agendas pessoais – e de campanha na Bahia – no sábado.



Em Curitiba, Gleisi diz que apoiadores farão vigília para soltura de Lula

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, fala no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC sobre o mandado de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Rodrigo Pinto/VEJA)

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, disse na madrugada deste domingo que, apesar de até aquele momento (4h) não ter tido contato com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde a noite de sábado em Curitiba, soube por um delegado da Superintendência da Polícia Federal que ele está bem. Não posso falar como está o presidente, pois não estive com ele. O presidente saiu de São Bernardo de forma tranquila, segura e vai enfrentar tudo de cabeça erguida”. De acordo a presidente, os apoiadores farão a partir de agora uma vigília cívica no local até que o ex-presidente seja liberado. Lula foi levado para uma sala especial na Superintendência que foi reservada para ele. O local funcionava como dormitório para agentes da PF e foi transformada em uma sala de Estado Maior para receber o ex-presidente. No espaço, há apenas uma mesa, uma cadeira, uma cama e um banheiro. Há ainda uma janela que dá vista para a parte interna do prédio. Sobre tumulto entre manifestantes durante a chegada de Lula à PF, Gleisi Hoffmann disse que nos próximos dias diversos grupos irão querer se manifestar sobre a prisão do ex-presidente e cobrou que as polícias estejam preparadas para garantir a segurança de todos.



Joaquim Barbosa assina ficha de filiação ao PSB

(Foto: Reprodução)

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa assinou ficha de filiação ao PSB na noite desta sexta-feira (6/4), em São Paulo. O presidente Carlos Siqueira saudou a filiação do ministro. “Joaquim Barbosa é um homem público honrado, de trajetória admirável, que vem reforçar e qualificar os quadros do partido. É uma satisfação contar com o ministro no PSB neste momento tão desafiador do nosso país”, afirmou. Siqueira ressaltou a atuação de Barbosa à frente da Suprema Corte. “Ele deixou sua marca pessoal de firmeza e independência, e, ao colocar em discussão na corte pautas progressistas contribuiu para um significativo avanço civilizatório da sociedade brasileira”, disse. Ministro do STF de 2003 a 2014, Barbosa foi presidente da corte entre 2012 e 2014 e desempenhou papel de destaque no julgamento da Ação Penal 470. Doutor e mestre pela Universidade de Paris-II Panthéon-Assas, o ex-ministro é professor licenciado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Em sua longa carreira pública, antes de chegar ao Supremo, atuou quase 20 anos como procurador do Ministério Público Federal. Natural de Paracatu (MG), Barbosa mudou-se para Brasília nos anos de 1970, concluiu os estudos secundários e ingressou no curso de Direito da Universidade de Brasília.



Desistência de Neto gera desânimo na oposição do interior

Foto: Tácio Moreira/Metropress

O clima da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) é de desânimo com a desistência do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), à candidatura para governo do Estado. Alguns deputados jogaram a toalha e estão preocupados – tanto em relação a 2020 quanto a 2022. A avaliação dos oposicionistas é de que em 2020, com a eleição municipal, Rui se fortaleceria ainda mais com a possível reeleição. E, em 2022, os ânimos estariam enfraquecidos para, eventualmente, apoiar Neto, já que ele deixou muita gente na mão com a novela da não renúncia à prefeitura de Salvador. A expectativa também é de que, a oposição perderia pelo menos três parlamentes na AL-BA, que hoje possui 21.



Apesar de não ter se entregado, Lula não é considerado foragido, esclarece Justiça

Foto: Reprodução

O fim do prazo para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se entregar à Polícia Federal, em Curitiba chegou ao fim, contudo, ele não pode ser considerado foragido, apesar de não ter se entregado. A situação foi esclarecida pela assessoria de imprensa da Justiça Federal no Paraná, na sexta-feira (06). O juiz federal Sérgio Moro determinou que o petista se entregasse até às 17h de sexta, mas ele optou por continuar no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo, São Paulo, onde está desde quinta (05). “A condição de foragido é específica. Tem que haver componentes de fuga, de rejeição de apresentação. Terminou o prazo para que ele se apresente voluntariamente. Como não aconteceu, o mandado será cumprido”, explica o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luís Antônio Boudens. A expectativa é que Lula se entregue na manhã deste sábado (07), em São Paulo, após a missa em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia, que completaria 68 anos caso estivesse viva. A informação foi passada pela defesa do ex-presidente à cúpula da Segurança Pública.



Reviravolta: ACM Neto diz em coletiva que não será candidato ao governo do Estado da Bahia

Foto: Conteúdo l 97News

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), anunciou, nesta sexta-feira (06), que não será candidato ao governo do Estado da Bahia. O anúncio foi feito durante inauguração da primeira etapa da urbanização da Comunidade Guerreira Zeferina, em Periperi. ACM Neto afirmou que ama o que faz, e que tem responsabilidade para com os 3 milhões de soteropolitanos, embora confie plenamente no vice Bruno Reis. "Então, diante dessa decisão que tem de ser tomada (de renunciar ou não para disputar as eleições), ouvi muita gente da política e de fora da política. Ouvi amigos, a família, mas no final só sobrou ouvir meu coração. E a decisão que tomei foi com base no meu coração. Quero dizer que meu coração me impede de deixar a Prefeitura neste momento", declarou, com os olhos vermelhos por conta das lágrimas.



Bahia: Mais um político comete 'gafe' ao parabenizar cidade com foto errada

Foto: Reprodução l Instagram

Na manhã desta sexta-feira (6), o deputado estadual Fábio Souto (PFL) cometeu uma gafe ao divulgar no Instagram, uma peça publicitária felicitando a cidade de Boquira, na Chapada Diamantina por seu aniversário de emancipação político-econômica. A assessoria do parlamentar ao parabenizar o município, divulgou a imagem de uma igreja de pedra, porém, a imagem usada não era do município aniversariante, mas da igreja de Santana na cidade de Rio de Contas, que também fica na Chapada Diamantina, construída no século XVIII. O descuido da equipe rendeu bastante ironias nas mídias sociais. Até a apuração desta reportagem, a publicação permanecia sendo veiculada de forma patrocinada nas redes sociais e a assessoria não havia se manifestado sobre o erro. Essa não é a primeira vez que políticos do Brasil cometem essas "gafes" nas redes sociais ou em sites de comunicação. As cidades de: Brumado, Dom Basílio e Livramento, já foram alvos de erros cometidos pela assessoria de parlamentares.



Saída do PDT para o PR, cria fortes especulações sobre rompimento de Vitor Bonfim com Rui Costa

A saída no 'apagar das luzes' de Vitor Bonfim do PDT acabou gerando ainda mais especulações sobre um possível rompimento com Rui Costa (Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)

A “troca de cadeiras” na política baiana, catalisada pelo fechamento da janela eleitoral, já está começando a criar um clima ao melhor estilo “Hitchcock”, ou seja, um forte suspense começa a tomar conta dos corredores políticos da “Boa Terra”. Dentre as várias alterações que já estão acontecendo, uma ganhou um contorno especial, que é a saída, no “apagar das luzes”, do deputado Vitor Bonfim do PDT, partido da base de Rui Costa. Vitor que esteve no comando da Secretaria Estadual de Agricultura, teve que deixar o cargo já que irá para a disputa eleitoral, mas, a sua saída acabou gerando surpresa e fortes especulações, pois ele estaria com as malas prontas para desembarcar no PR de José Carlos Araújo e José Rocha. A possibilidade de um rompimento com o governador Rui Costa também foi dimensionada nesta semana, já que numa reunião para selar a parceria para as eleições 2018, os líderes republicanos teriam exigido do governador 3 secretárias estratégicas. A princípio o pedido teria sido rejeitado, porque as nomeações podem ter um custo-benefício muito alto para o PT. Então, dentro desta lógica, a ida de Vitor Bonfim para o PR também pode significar, mesmo que ele não queira, um rompimento com o governo e sua ida para a oposição, caindo de “mala, cuia e votos” na sala do prefeito de Salvador, ACM Neto, que com a debandada de partidos da base governista, deverá ir para a disputa com Rui Costa, o que, se vier a se confirmar, fará com que a Bahia venha a ter uma das eleições mais disputadas dos últimos tempos. Buscamos contato com políticos e lideranças próximas de Vitor Bonfim, os quais não quiseram ainda comentar a ida para o PR e um possível rompimento. Muitos deles não acreditam que Vitor, que recebe os conselhos do seu pai, o ex-deputado João Bonfim, - que atualmente é conselheiro do TCE -, iria deixar a base de Rui, então, sua ida para o PR que ainda não foi oficializada poderia “melar”, caso o partido vá para a oposição.



Sem Lula: Qualquer nome indicado pelo PT deve ir para o 2º turno, avalia analista

Foto: Reprodução

Quando o escândalo do Mensalão inviabilizou a candidatura à presidência da República de figuras da proa do PT como Antonio Palocci, José Dirceu e José Genoino, em 2010, o apoio do até então presidente Luiz Inácio Lula da Silva elegeu Dilma Rousseff, que não tinha expressão política que a gabaritasse como candidata de primeira escolha. Provavelmente fora da jogada após sua prisão decretada pela Justiça, Lula pode, assim como 2010, novamente decidir a eleição por meio de apoio. É o que acredita o historiador político Carlos Zacarias, que defende a ideia que o candidato escolhido pelo ex-presidente em 2018 pode ter um rumo já conhecido pelos brasileiros. “Importada do PDT e sem tradição nenhuma dentro do partido, Dilma dificilmente seria presidente. Lula elegeu sua candidata e, provavelmente fora da disputa deste ano, tem a capacidade de indicar alguém que pode vir a fazer o papel que Dilma fez em 2010”. Para o professor da Universidade Federal da Bahia, qualquer nome adotado pelo ex-presidente pode herdar boa parte dos votos do PT. Ainda de acordo com Zacarias, a figura do ex-presidente deve ganhar força após a prisão decretada nesta quinta-feira (5). “A experiência de interrupção do PT em 2016 salvaguardou a imagem de Lula para a posteridade”, falou. Caso escolha não apoiar uma das candidaturas de grupos aliados, o PT pode viabilizar a disputa de nomes como Fernando Haddad, Celso Amorim e Jaques Wagner, acredita o estudioso. 



Urgente: Moro decreta prisão de Lula, ele deve se entregar até as 17h desta sexta-feira

Foto: Conteúdo l 97News

O juiz Sergio Moro determinou nesta quinta-feira que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se entregue à Polícia Federal até as 17h desta sexta-feira para início da execução da pena de 12 anos e um mês no caso tríplex do Guarujá. O magistrado recebeu do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) documento que da aval à prisão. A PF preparou uma cela especial para receber o ex-presidente. Ontem, o Supremo Tribunal Federal negou pedido de habeas corpus apresentado pela defesa do petista. “Em relação a Lula, concedo-lhe, em atenção à dignidade do cargo que ocupou, a oportunidade de apresentar-se voluntariamente à Polícia Federal em Curitiba até ás 17h do dia 6 de abril, quando deverá ser cumprido o mandado de prisão”, escreveu o magistrado. Moro vedou a utilização de algemas em qualquer hipótese e informou que foi preparada uma sala reservada, espécie de “sala de Estado Maior”, na própria Superintência da Polícia Federal, para início do cumprimento da pena. Nela, Lula ficará separado dos demais presos, “sem risco para a integridade moral ou física”. Os detalhes da apresentação de Lula, de acordo com a decisão do juiz, deverão ser combinados diretamente entre a defesa e o delegado Maurício Valeixo, superintendente da Polícia Federal no Paraná. Minutos antes, o Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4) enviara a Moro um ofício que dá aval à prisão de Lula. Assinado pelo juiz Nivaldo Brunoni, o documento informa que o processo terminou na segunda instância, embora a defesa de Lula ainda tenha direito a um recurso na corte: o embargo dos embargos.



Maioria do STF nega habeas corpus ao ex-presidente Lula

Foto: Marcelo Camargo l Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pela rejeição do habeas corpus preventivo apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nesta quarta-feira (04). Dos 11 ministros do STF, seis votaram contra a concessão do benefício e cinco votaram a favor. O voto de desempate foi dado pela presidente do Supremo, a ministra Cármen Lúcia. Ao final da votação do décimo ministro, Celso de Mello, a defesa de Lula citou uma norma do artigo do Supremo que diz que a regra geral é que o presidente da corte não vote, desta forma, Cármen Lúcia não deveria desempatar o habeas corpus. A presidente, por sua vez, alegou que quando a matéria é constitucional, ela poderia votar. De qualquer modo, ela colocou seu voto à disposição do plenário, que decidiu por unanimidade que ela participasse da votação. O julgamento foi iniciado no último dia 22 com as manifestações da defesa e do Ministério Público, a decisão final foi dada na noite desta quarta. Além do habeas corpus, também foi rejeitada, por oito a três, a liminar que impediria a prisão do ex-presidente antes do julgamento das Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs). A decisão por manter a condenação do ex-presidente foi tomada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em janeiro deste ano, e a pena aplicada pelo juiz Sérgio Moro, de 9 anos e 6 meses, foi aumentada para 12 anos e 1 mês. Lula foi condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso da posse e reforma de um apartamento tríplex, no Guarujá, em São Paulo.



Bahia: Prefeito de Jaguarari tem mandato cassado e vice assume cargo

Everton Carvalho Rocha (PSDB), prefeito de Jaguarari que teve o mandato cassado (Foto: Reprodução)

O prefeito de Jaguarari, Everton Carvalho Rocha (PSDB), teve o mandato cassado em sessão realizada na Câmara de Vereadores da cidade do norte da Bahia, na quinta-feira (29). A cassação do prefeito foi aprovada por 10 votos a favor e três contra, e a decisão não cabe recurso. Everton Rocha é acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de crime político/administrativo em denúncia encaminhada pelo ex-vice-prefeito de Jaguarari. Ele já havia sido cassado em uma sessão no mês de fevereiro, mas conseguiu permanecer no cargo por conta de uma liminar. Apesar da decisão da Câmara na quinta-feira, a assessoria de Everton Rocha informou que na segunda-feira (2) ele vai entrar com um pedido de anulação da cassação no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O cargo de prefeito foi assumido pelo vice de Everton, Fabrício Santana D'Agostinho (DEM). Segundo Fabrício, ele rompeu aliança política com Everton Rocha em junho do ano passado. Ainda assim, ao chegar à sede da prefeitura de Jaguarari, na noite de quinta-feira, Fabrício foi vaiado por manifestantes. De acordo com o TJ-BA, uma liminar deferida pela Juiza Geysa Rocha, impediu a Câmara de realizar a sessão de julgamento do prefeito na quarta-feira (28). Entretanto a liminar foi suspensa por determinação do presidente do TJ-BA, o desembargador Gesivaldo Britto. Ele alegou que a liminar fragilizava o princípio de separação e harmonia entre os poderes legislativo e judiciário. Na quarta-feira, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) realizou outra ação que envolve investigações referentes a fraudes na prefeitura de Jaguarari. Foi a operação Fallitur Visio. Segundo as investigações, diversas fraudes ocorreram em processos licitatórios e contratações da prefeitura de Jaguarari, a exemplo de contratos firmados para execução de serviços de locação de veículos, de hospedagem e alimentação de pacientes que fazem tratamento fora do domicílio, e com cooperativa de profissionais de Saúde. A operação também ocorreu em outras duas cidades do norte da Bahia, Senhor do Bonfim e Irecê. Em outubro de 2017, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) havia pedido à Justiça que, de forma liminar, suspendesse a nomeação e determinasse o afastamento de um secretário, prefeito e servidores da prefeitura de Jaguarari, no norte da Bahia, por improbidade administrativa. Em 30 de novembro, os vereadores realizaram uma sessão que aprovou o início do processo de cassação. Entretanto, a juíza Maria Luiza Nogueira, em Jaguarari, emitiu uma liminar anulando a sessão, após acatar denúncias de pessoas da cidade que disseram ter sido impedidas de participar da sessão na Câmara. Diante da situação, o TJ-BA derrubou a liminar da juíza no dia 19 de dezembro, por considerar que qualquer pessoa poderia ter assistido à sessão pelas transmissões que são feitas em redes sociais e carros de som disponibilizados pela Câmara.No dia 20 de dezembro, o Tribunal de Justiça da Bahia publicou no diário oficial a aprovação do processo de cassação do prefeito, Everton Rocha, que deveria ser feito através de votação na Câmara de Vereadores da cidade. No dia 21 de fevereiro, Everton Rocha teve o mandato cassado pelos vereadores do município. Entretanto, ao final da sessão, Everton apareceu com uma liminar expedida pelo desembargador Roberto Frank, do TJ-BA, que anulou a decisão dos vereadores de Jaguarari.



'O Mecanismo': Há um ano, equipe de Lula notificou Netflix

(Foto: Reprodução)

Advogados do ex-presidente Lula notificaram, há um ano, a Netflix no Brasil e nos EUA sobre a produção "O Mecanismo". De acordo com a Folha, eles apresentaram documentos e alertaram sobre o que já consideravam riscos de distorções na história da Lava Jato envolvendo o ex-presidente. As notificações podem servir hoje de base para um eventual processo de Lula contra a Netflix nos EUA. Questionados, os defensores do petista dizem que não comentam.



'Psicoterapeuta' político de Temer, José Yunes é preso pela PF

Foto: Reprodução

A Polícia Federal prendeu na manhã de hoje (29) José Yunes, amigo do presidente Michel Temer. Yunes foi também assessor do mandatário. De acordo com o G1, a decisão foi autorizada pelo ministro do STF, Luís Roberto Barroso. Em 2017, o Congresso em Foco revelou que os bens mais valiosos de Temer pertenciam a Yunes. Ele pediu demissão do cargo em dezembro e prestou depoimento voluntário ao Ministério Público em fevereiro, quando afirmou que foi “mula involuntária” do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.Uma casa, duas salas comerciais e um andar inteiro em um prédio na cidade de São Paulo fazem parte da lista de bens que foram vendidos por Yunes e suas empresas para a família Temer. Apesar do padrão curioso e de algumas transações não terem seguido o padrão convencional, a revista não detectou nenhuma ilegalidade nas atividades. As propriedades somavam R$ 18 milhões antes de serem vendidas a Temer. Uma das transações que mais chama a atenção é a do andar em um prédio em São Paulo. O edifício está localizado em área nobre da cidade e foi construído pela família de Yunes. Temer comprou o andar em 2011 por R$ 2,2 milhões. O montante equivale a apenas um terço do valor de mercado para um imóvel na região à época. Atualmente, o valor estimado de mercado é de R$ 14 milhões.



Câmara pode votar Sistema Único de Segurança Pública nesta terça-feira (27)

(Foto: Reprodução)

O plenário da Câmara dos Deputados pode votar na terça-feira (27) o Projeto de Lei 3734/12, que cria o Sistema Único de Segurança Pública (Susp). Tratado como prioridade do Congresso Nacional neste ano, o projeto tem o objetivo de integrar e tornar mais eficaz a ação dos órgãos de segurança e defesa social. De acordo com o relator da proposta, deputado Alberto Fraga (DEM-DF), a proposta tem como eixo central a integração entre os órgãos policiais para que os entes federados compartilhem informações com o Ministério da Segurança Pública. “O ministério vai cadastrar todas as informações e elas devem ser compartilhadas com todos os operadores da segurança pública”, diz. De acordo com o projeto de lei, a criação do Susp tem a finalidade de proteger as pessoas e seus patrimônios, por meio da atuação conjunta, coordenada, sistêmica e integrada. O texto estabelece como integrantes operacionais do Susp a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, as Polícias Civis, as Polícias Militares, os Corpos de Bombeiros Militares, as Guardas Municipais, os agentes penitenciários, os agentes socioeducativos e os peritos. Segundo o relator da proposta, o projeto traz diretrizes e não deve gerar novas despesas para os cofres públicos. No entanto, o texto prevê que a União implemente um sistema padronizado, informatizado e seguro que permita o intercâmbio de informações entre os integrantes do Susp. Pelo texto, os sistemas estaduais, distrital e municipais serão responsáveis pela adoção dos respectivos programas, ações e projetos de Segurança Pública, com liberdade de organização e funcionamento.



Filho de Nilo Coelho passa a ser ventilado para vice de ACM Neto

Gercino Coelho recebe homenagem ao lado do pai, dos vereadores Alexandre Aleluia e Léo Prates e de ACM Neto | Foto: Divulgação

Filho do ex-governador Nilo Coelho, o empresário Gercino Coelho passou a ter seu nome ventilado para vice na chapa ao governo do prefeito ACM Neto (DEM). A presença de Neto na festa em que Gercino recebeu a medalha Thomé de Souza, na Câmara Municipal, na semana passada, reforçou a especulação, embora o empresário insista em que a paixão de sua vida são os negócios. Para concorrer, ele se filiaria a um dos partidos da base do prefeito.



Zé Raimundo destaca eficiência nas contas do governo do estado

(Foto: Divulgação)

A manutenção da Bahia no topo do ranking dos estados que mais investem no país, desafiando a crise econômica nacional e a redução nas transferências da União, foi destacada pelo deputado estadual Zé Raimundo (PT). Ele exaltou a confortável situação baiana após apresentação da prestação de contas feita pelo secretário da Fazenda, Manoel Vitório, em audiência pública da Comissão de Finanças e Orçamento da Assembleia Legislativa, a qual integra como membro titular e vem se e tem se projetado como relator de importantes projetos, inclusive das contas do estado de exercícios dos últimos anos. Zé Raimundo ressaltou que o estado melhorou a execução orçamentária e continua investindo em melhorias para a população, na construção e recuperação de estradas, na ampliação da rede estadual saúde, no apoio à agricultura familiar e nas diversas áreas. “Na região de maior atuação do nosso mandato, o sudoeste, podemos destacar investimentos nas estradas que ligam Tanque Novo a Igaporã, Urandi a Caculé e o entorno de Vitória da Conquista”, citou.Segundo a explanação do secretário Manoel Vitório, uma melhoria contínua da arrecadação de impostos estaduais e um controle dos gastos públicos garantiram a manutenção do equilíbrio fiscal pelo governo baiano em 2017. Com as finanças em ordem, a Bahia registrou mais uma vez o segundo maior volume de investimentos do país, de acordo com dados divulgados pelo jornal Folha de S. Paulo, totalizando R$ 2,48 bilhões em obras e ações que beneficiam diretamente a população. Conforme Vitório, o Estado ainda ampliou em 1,01 bilhão os valores aplicados em educação, saúde e segurança, reforçando a atuação do setor público nas áreas sociais. Já o endividamento permaneceu entre os menores do país, com a dívida consolidada líquida equivalendo a 58% da receita corrente líquida, bem abaixo do que prescreve a legislação. Mesmo com as transferências da União tendo deixado de acompanhar a receita própria e perdido representatividade desde 2014, o que equivale a um impacto de R$ 1,118 bilhão nas contas do ano passado, o governo baiano vem se mantendo rigorosamente em dia com a folha do funcionalismo e honrando os compromissos com os fornecedores, ressaltou o secretário da Fazenda. Com essa estratégia, a Bahia tem assegurado a plena operacionalização da máquina pública, como destacou Manoel Vitório. “Sob a liderança do governador Rui Costa, o trabalho árduo nos permitiu fechar com equilíbrio mais um ano difícil, em dia com os salários dos servidores e os compromissos com fornecedores, mantendo a máquina pública em funcionamento e ainda investindo mais que a maioria dos Estados”. Ele ainda observou que a Bahia “permanece entre os poucos estados do país que pagam os salários dentro do mês trabalhado mesmo sob o impacto da crise econômica iniciada em 2015”.



Nova tendência nacional do PT recebe o nome de Resistência Socialista

(Foto: Divulgação)

Resistência Socialista. Este é o nome da nova tendência nacional do PT, definido em encontro realizado em Lauro de Freitas, na sexta-feira e neste sábado ( 16 e 17), que reuniu petistas de 20 estados brasileiros. O novo agrupamento de forças políticas defende o socialismo como alternativa ao capitalismo em crise, quer arejar o partido retornando às bases e carregar as baterias para eleger Lula presidente presidente do Brasil nas próximas eleições de 2018. É composto de coletivos políticos estaduais que integram a corrente Mensagem ao Partido e já nasce com  11 deputados federais, um senador e dezenas de deputados estaduais.  Na Bahia, dois coletivos do PT integram a nova tendência nacional: o Reencantar, que tem entre as principais lideranças o deputado federal Waldenor Pereira e os deputados estaduais Zé Raimundo, Joseildo e Gika, a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, e os secretários estaduais Geraldo Reis e Carlos Martins; e a EDP ( Esquerda Democrática Popular), que tem entre seus expoentes o deputado federal Nelson Pelegrino, e a deputada estadual Maria Del Carmem. O encontro que fundou a nova tendência nacional do PT  aconteceu no município de Lauro de Freitas, vizinho de Salvador, na oportunidade da realização do Fórum Social Mundial de 2018, na capital baiana. Foram dois dias de palestras, debates, atividades de organização, que o deputado Waldenor Pereira avaliou como  "um momento extremamente rico, especialmente pela qualidade do debate, e estimulante, pela vontade demonstrada pelos participantes de se unir para reencantar e revigorar o nosso partido". O deputado Zé Raimundo destacou a riqueza do encontro e a sua expectativa com a nova tendência que integra: " As intervenções dos diversos companheiros proporcionaram um debate de alto nível que elevaram o nosso otimismo e disposição para lutar, sobretudo para vencer o desafio que se coloca de garantirmos a candidatura de Lula e reelegê-lo nosso presidente". 



Petistas do país se reúnem em Lauro de Freitas para criar nova tendência

(Foto: Divulgação)

A criação de uma nova tendência nacional do PT está  sendo discutida num evento que reúne em Lauro de Freitas, nesta sexta-feira e sábado ( 16 e 17), petistas de vários estados brasileiros, na oportunidade em que também se realiza na Bahia o Fórum Social Mundial de 2018. Reencantar o Petismo - Encontro dos Coletivos  da Mensagem ao Partido é título do evento para definir inclusive o nome da tendência que pretende resgatar a ideologia e a prática do partido na sua origem, como também avançar na estrutura, buscando um funcionamento mais democrático e transparente. Na Bahia, dois coletivos do PT engrossam a proposta da nova tendência: o Reencantar, que tem entre as principais lideranças o deputado federal Waldenor Pereira e os deputados estaduais Zé Raimundo, Joseildo e Gika, a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, e os secretários estaduais Geraldo Reis e Carlos Martins; e a EDP ( Esquerda Democrática Popular), com o deputado federal Nelson Pelegrino. No primeiro dia da programação do encontro, Waldenor Pereira Zé Raimundo compuseram a mesa de abertura, junto com deputados, dirigentes e representantes de diversos estados. Em seguida houve palestra sobre a conjuntura, feita pelos deputados Paulo Pimenta, líder da bancada federal petista, e Paulo Teixeira, vice-presidente nacional do PT, e pela dirigente nacional do partido, Jussara Dutra. Os participantes defenderam a necessidade de arejar o partido através de uma nova força política capaz de  retornar às bases e defender o socialismo como alternativa ao capitalismo em crise. Depois foi aberto o  debate entre participantes. A programação continua neste sábado com a discussão sobre o regimento e propostas para a nova tendência.

(Foto: Divulgação)