97 News
publicidade
 
Vídeo em Destaque
 
Vereador, filho do prefeito de Brumado é escoltado pela Polícia durante sessão
 
Mais vídeos
 
publicidade
 
Facebook
 
publicidade
 
Resultado da busca pela categoria "educacao":
21.Mar.2017 - 10:10
 
Malhada de Pedras: Estado precário das estradas vicinais pode prejudicar o transporte dos alunos do meio rural
Redação 97NEWS
 
 

A situação de inúmeras estradas vicinais do município é bem deficitária (Foto: 97NEWS)
 

Todos os anos a novela da situação precária das estradas vicinais de Malhada de Pedras volta à cena concomitantemente com o início das aulas. O atual momento em que vive o município é o pior da sua histórica política, envolvendo prisão de ex-prefeito e do vice-prefeito eleito nas últimas eleições municipais, o que pode, caso a justiça confirme as previsões, ter desmontando um dos piores esquemas de corrupção envolvendo o transporte escolar em toda a região. E é justamente o transporte escolar que está novamente em evidência, desta feita pelo péssimo estado, segundo várias denúncias que foram repassadas à redação do 97NEWS, de grande parte das estradas vicinais do município. Um dos locais mais afetados é a região de Baixa Grand, Lajedo e Lagoa do Boi, onde a trafegabilidade está muito prejudicada. Além da disparidade no calendário em comparação à grande maioria dos municípios da região, o ano escolar em Malhada de Pedras poderá sofrer um déficit em sua qualidade no quesito transporte escolar. Os alunos, pais e a comunidade escolar do meio rural espera que a prefeitura municipal inicie com urgência o processo de recuperação das estradas vicinais do município, pois é uma urgência estrutural. 

 
(1) comentário(s)
publicidade
19.Mar.2017 - 19:20
 
Brumado: Secretária de Educação responde à APLB
 

A educadora e secretária de Educação de Brumado, Ednéia Ataíde ao lado do prefeito Eduardo Vasconcelos (Foto: Luciano Santos | 97NEWS)
 

Entendo que a categoria está buscando “nossos” direitos. Estou secretária de educação nesse momento, mas não deixei de ser educadora. Nesse pouco tempo a frente da educação, tentei fazer as coisas da forma mais correta possível, dando o que é de direito para uns sem que fosse necessário interromper o direito do outro. Prova disso foi o questionamento sobre o planejamento na escola dentro das duas horas depois da aula e o outro dia ficando para se planejar em casa. Uma outra questão foi sobre o dia 15 ter a falta abonada, pois acredito que a luta contra a reforma  da previdência é de suma importância pra todos nós. No entanto, os outros nove dias de greve não atinge a administração e sim os nossos alunos. Não estamos querendo tirar o direito dos professores, mas precisamos que o direito do aluno também seja assegurado. A greve causa um dano irreversível no aluno, ainda que aconteçam a reposição dos dias letivos o desestímulo que isso causará no aluno, justamente no início do ano, é um prejuízo muito grande na aprendizagem. A administração não deu resposta negativa ao piso salarial e a outras reivindicações e eu me coloco à disposição para colaborar com o professor fazendo a ponte entre a categoria e a administração, levando seus questionamentos ou até mesmo promovendo um encontro de alguns de vocês com o atual gestor, desde que o professor esteja trabalhando na sala de aula, e não em greve. Por isso, peço, em nome dos alunos e dos pais dos alunos, retornem às suas atividades nesta segunda-feira e evitaremos prejuízos na aprendizagem do nosso principal foco que é o aluno.


Profa. Edneia Ataide
Secretária Municipal de Educação de Brumado 

 
(2) comentário(s)
publicidade
19.Mar.2017 - 15:29
 
APLB emite comunicado à comunidade escolar brumadense
 

(Divulgação)
 

Os professores Municipais de Brumado  comunica a toda a comunidade escolar, a saber, pais, responsáveis, alunos,  que A GREVE CONTINUA, conforme definido pela categoria, até 24/03/2017.  Para  garantir aos alunos o direito constitucional à Educação e os 200 dias letivos,  as aulas serão repostas posteriormente,  desde que o gestor não desconte os dias da greve. Retornaremos às atividades letivas,  com o compromisso funcional que temos, dia 27/03/2017.

 
(0) comentário(s)
publicidade
19.Mar.2017 - 13:21
 
APLB emite Nota de Esclarecimento à População de Brumado
 

(Divulgação)
 
(0) comentário(s)
publicidade
19.Mar.2017 - 10:26
 
Prefeitura de Brumado volta a convocar os professores para retornarem às suas atividades
 

(Divulgação)
 

Visando a continuidade normal do ano letivo, sem que haja prejuízo na qualidade do ensino oferecido, a Prefeitura Municipal de Brumado, por meio da Secretaria Municipal de Educação, volta a comunicar à toda a comunidade escolar, a saber, pais, responsáveis, alunos, professores, gestores e demais servidores, que a partir desta segunda-feira, dia 20/03/2017, o transporte escolar estará novamente disponível em toda a rede municipal de educação, bem como os demais serviços educacionais do município de Brumado, com o objetivo de garantir aos alunos o direito constitucional à Educação. A nota ainda ressalta que “em tempo solicitamos aos nossos professores o retorno às atividades letivas, na certeza de podermos contar com o compromisso funcional de todo o corpo docente da rede pública municipal de ensino de Brumado”.

 
(0) comentário(s)
publicidade
18.Mar.2017 - 10:01
 
Nota de Esclarecimento: APLB - Delegacia da Caatinga
 

(Divulgação)
 

Em resposta ao comunicado emitido no último dia 17 de março pela atual gestão do município, a APLB – Sindicato esclarece que, caso haja desconto de pagamento em folha dos trabalhadores em educação, referente aos dias não trabalhados durante a greve contra a Reforma da Previdência, de acordo a pauta da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação), comprometerá o ano letivo de 2017, de acordo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que prevê a obrigatoriedade do cumprimento mínimo da carga horária anual dividida em 200 dias letivos, em todas as unidades de ensino, como direito líquido e certo dos estudantes.


O desconto dos dias não trabalhados pelos profissionais inviabiliza a reposição das aulas e, por conseguinte, o cumprimento dos 200 dias letivos previstos em Lei.


O desrespeito ao calendário escolar gera improbidade administrativa para o gestor responsável, assim como é passível de ação cível pública. 

 
(0) comentário(s)
publicidade
18.Mar.2017 - 08:02
 
Visando a continuidade das aulas, Prefeitura de Brumado não abonará faltas dos grevistas
 

(Divulgação)
 

Com o objetivo de resguardar o interesse público, a Prefeitura Municipal de Brumado comunica a todos os servidores públicos municipais que, com exceção do dia 15 de março, que é destinado à paralisação nacional em protesto contra a Reforma da Previdência, as faltas não serão abonadas em caso de não comparecimento dos servidores para realização de suas atividades nos dias que se seguem. A medida visa resguardar o direito do aluno e não comprometer o andamento do ano letivo. Diante do exposto, ficam os servidores públicos municipais cientes da importância do retorno às atividades na próxima segunda-feira (20).

 
(0) comentário(s)
publicidade
15.Mar.2017 - 13:11
 
Brumado: Alunos da Rede Estadual se mobilizam em protesto contra o prefeito municipal
Redação 97NEWS
 
 

Os alunos acabaram fazendo um acampamento relâmpago na recepção da sede da Prefeitura Municipal de Brumado (Foto: 97NEWS)
 

Os protestos contra os polêmicos projetos de lei de autoria do executivo de Brumado continuaram e, aproveitando o gancho que as escolas não tiveram aula, devido ao movimento nacional de paralisação, alunos da Rede Estadual de Ensino se dirigiram à sede da Prefeitura de Brumado para protestar contra a Reforma da Previdência, mas acabaram dirigindo o foco dos seus manifestos contra o prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB), que acabou sendo o alvo principal do protesto. Com muitos cartazes e proclamando palavras de ordem contra o gestor municipal, eles invadiram a recepção da prefeitura e fizeram uma espécie de acampamento momentâneo para chamara a atenção da opinião pública local. O protesto teve a sua concentração contra os projetos de lei que foram enviados para votação no Legislativo, os quais foram avaliados como negativos pelos estudantes. Um dos momentos em que mais chamou a atenção foi quando eles entoaram um coro que dizia: ‘o prefeito vai ganhar uma viagem, mas não é de carro, nem de trem, nem de avião, mas sim dentro de um camburão”. 

 

(Foto: 97NEWS)
 
 
(0) comentário(s)
publicidade
15.Mar.2017 - 11:24
 
‘O prefeito de Brumado acabou manchando a imagem do PSB na Bahia’, declara assessor jurídico da APLB – Sindicato
Redação 97NEWS
 
 

O advogado da APLB - Sindicato, Dr. Tadeu Sincorá acabou fazendo uma abordagem política sobre o PL 06/2017 (Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)
 

Diante da tensão que envolveu a votação de vários projetos de lei oriundos do executivo brumadense, inúmeras manifestações de protesto e pronunciamentos contrários inundaram a mídia local e estadual, fazendo com que Brumado se notabilizasse com amplitude mais uma vez. Dentro das várias colocações, uma acabou indo para o campo político, que foi a do assessor jurídico da APLB – Sindicato de Vitória da Conquista, Dr. Tadeu Sincorá, que fez uma abordagem partidária da ação promovida pelo prefeito Eduardo Vasconcelos (PSB). “A imagem do PSB na Bahia acabou sendo manchada por esse Projeto de Lei 06/2017, o qual acaba prejudicando as servidoras públicas municipais, que terão a redução da sua licença maternidade de 180 para 120 dias” declarou o advogado que continuou argumentando que “isso foi um péssimo exemplo inclusive para as empresas da cidade, pois se a prefeitura toma um posicionamento desses é possível que o modelo possa ser seguido”. Ele ainda indagou que “é uma grande incongruência que foi patrocinada pelo prefeito de Brumado que pertence aos quadros do PSB, um partido que tem o S de Socialismo em sua sigla e que tem como maior representante a senadora Lídice da Mata. Infelizmente no mês das mulheres, as brumadenses foram ‘agraciadas’ como uma ação como essa que, sobretudo, fere uma norma federal” e emendou dizendo que “parece os pensadores em gestão pública do Brasil inteiro são todos ignorantes e somente o prefeito de Brumado é o único que sabe fazer as coisas certas. Realmente é isso que ficou parecendo”. E finalizou disparando que “essa ação do gestor brumadense acabou maculando, manchando e prejudicando a imagem, a iconografia do PSB na Bahia, que é um partido de grandes lutas e conquistas, mas que, agora, tem esse episódio negativo contra as mulheres em sua história”. 

 
(0) comentário(s)
publicidade
14.Mar.2017 - 15:18
 
Presidente da APLB confirma que Brumado terá dez dias de paralisação em adesão à greve nacional
Redação 97NEWS
 
 

A presidente da APLB, Vanusia Lobo, fez uso da tribuna livre para falar também sobre a adesão à greve nacional (Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)
 

Os pais e alunos, tanto do ensino municipal quando ao estadual que estavam em dúvida se os professores de Brumado iriam aderir à greve nacional que está sendo organizada pelos sindicatos, tendo como alvo principal a reforma da Previdência, que vem gerando muita insatisfação em todo o país, agora podem ter certeza que o movimento paredista irá acontecer. Enquanto os bancos, que são as instituições que mais lucram no país, devem bilhões ao INSS e não pagam, a conta acabou indo para os trabalhadores que estão tendo direitos e conquistas históricas cortadas. O 97NEWS falou na noite desta segunda-feira (13), com a presidente da APLB – Sindicato, a professora Vanusia Lobo, a qual garantiu a adesão ao movimento nacional. “Estivemos reunidos em assembleia, da qual participaram os professores do estado e do município e ficou certa a nossa adesão ao movimento nacional”, destacou a educadora. Ela ainda relatou que “teremos em Brumado uma paralisação de 10 dias, acompanhando o cronograma da CNTE, que começerá nesta quarta-feira (15), tendo a realização de várias atividades e manifestos contra esse projeto nefasto que Temer quer empurrar goela abaixo dos brasileiros. Também iremos fazer a defesa do piso salarial da categoria e pelos direitos do professor, então serão dez dias de intensas atividades”. 

 
(1) comentário(s)
publicidade
13.Mar.2017 - 11:52
 
SOS Cultura: Suspensão da subvenção por parte da prefeitura para a Lira Ceciliana Brumadense pode decretar o fim da entidade
Redação 97NEWS
 
 

A Lira Ceciliana Brumadense, um patrimônio cultural do município já está para encerrar as suas atividades se não houver um plano de emergência para salvar a entidade (Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)
 

Considerada um dos mais importantes patrimônios culturais do município, A Lira Ceciliana Brumadense estaria com os dias contados, já que, ao que tudo indica, o corte da subvenção por parte da Prefeitura Municipal para ajudar a manter a entidade será mesmo realizado pelo prefeito Eduardo Vasconcelos. Segundo as alegações do gestor, a falta de uma prestação de contas correta, inviabiliza a continuidade do pagamento da subvenção, trazendo, inclusive, prejuízos para o município, com penalizações por parte do TCM. Essa é mais uma queda-de-braço que vem revoltando os amantes da cultura local, já que, segundo eles, é um problema muito fácil de ser resolvido e o indicativo do fim da subvenção estaria sendo mais uma “apunhalada” na população, por parte do gestor que estaria se caracterizando como “inimigo da cultura”. Em contato com representantes da instituição eles garantiram que a subvenção que era de R$ 2,3 repassados mensalmente, é fundamental para a continuidade da Lira Ceciliana de Brumado, já que a entidade tem que arcar com as contas de luz, água, gastos com limpeza e com a manutenção dos equipamentos musicais. Outra atividade muito importante feita pela Lira são as aulas de música para inúmeras crianças carentes, que, caso a subvenção seja mesmo retirada, terão que ser encerradas. Outra afirmação dos representantes é que a prestação de contas vem sendo feita de forma correta e que essa alegação por parte do gestor seria sem sentido. 

 
(0) comentário(s)
publicidade
12.Mar.2017 - 12:53
 
TV troca Bahia por 'Jahia' em chamada para jogo; veja
 

(Foto: Reprodução TV Bahia)
 

A TV Bahia deu uma bola fora durante a chamada para o jogo entre Bahia e Moto Club, que acontece neste domingo (12), pela Copa do Nordeste. Ao divulgar a transmissão da disputa, a emissora usou o escudo errado do time baiano e chamou o tricolor de "Jahia". No escudo, há ainda um erro no ano da fundação do clube. O correto é o ano de 1931, ao invés de 1924. O jogo será transmitido pela emissora a partir das 16h.

 
 
(0) comentário(s)
12.Mar.2017 - 10:19
 
Cearense cria ferramenta de paquera dentro do Facebook
 

Ferramenta já conta com 350 mil usuários do Brasil e de outros países. Messenger Match é o primeiro chatbot de paquera do país (Foto: Reprodução)
 

Com a ideia de facilitar a aproximação de pessoas que buscam um relacionamento, o analista de sistemas cearense Marlos Távora, 31 anos, desenvolveu uma ferramenta de paquera dentro da rede social Facebook, batizada de Messenger Match. Criada há quatro meses, a ferramenta já conta com 350 mil usuários do Brasil e de outros países e possui mais de 1 milhão e 200 mil interações, segundo Marlos. A iniciativa de desenvolver o Messenger Match surgiu a partir de trabalhos anteriores do analista, que é fundador de uma empresa que desenvolve esse tipo de produto. "Já havia feito duas outras aplicações que facilitavam esse tipo de primeiro contato, então resolvi estender essa experiência para os usuários da rede social", afirma.   Continue lendo...

 
(0) comentário(s)
publicidade
07.Mar.2017 - 10:31
 
Brumado: APLB-Sindicato entrará com ação de inconstitucionalidade contra PL 04/2017
Redação 97NEWS
 
 

A presidente da APLB fazendo uso da tribuna livre expressando a sua indignação (Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)
 

A sessão tumultuada desta segunda-feira (06) teve vários fatos marcantes e um deles se referiu a APLB-Sindicato, já que o Projeto de Lei 04/2017, o qual tem como objetivo o fim da contribuição sindical dos professores municipais teve a sua primeira votação favorável ao Executivo. A presidente da entidade, professora Vanusia Lobo, fez uso da tribuna livre para expressar a sua profunda indignação contra o projeto, o qual foi classificado como antidemocrático, pois tira a escolha individual dos professores em participar do sindicato de sua preferência, mas, o ponto mais sério, seria o da inconstitucionalidade, tanto que os advogados da APLB irão entrar na Justiça com uma com uma ADIN – Ação Direta de Inconstitucionalidade, caso o projeto seja aprovado na próxima sessão (foto abaixo). Também foi citada a possibilidade de um mandado de segurança, ou em embargo, como outras medidas para tentar anular o projeto. 

 

(Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)
 
 
(0) comentário(s)
publicidade
07.Mar.2017 - 06:58
 
Brumado: Revolta, tensão e muita confusão em sessão polêmica da Câmara de Vereadores
Redação 97NEWS
 
 

O clima de tensão deu o tom à sessão (Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)
 

A previsão de que a sessão da Câmara de Vereadores de Brumado desta segunda-feira (06) seria de forte tensão se cumpriram e demonstraram uma forte inversão de expectativa quanto ao governo municipal. Projetos de Lei carregados de polêmica de autoria do Poder Executivo entraram na pauta e provocaram uma forte indignação de vários segmentos da sociedade, principalmente dos guardas municipais, professores e fiéis católicos. Cerca de 1.500 pessoas lotaram o plenário da Casa Legislativa para pressionar os vereadores para que os referidos projetos não fossem aprovados. Logo no início da sessão o clima de forte tensão era notório e, logo que o primeiro projeto foi para a votação, o qual tratava da redução do tempo da licença maternidade de 6 para 4 meses, os ânimos se acirraram a ponto de deixar claro que os manifestantes iriam invadir a sessão, o que realmente aconteceu assim que o projeto que tira a contribuição sindical para a APLB-Sindicato foi para a votação. Aos gritos de “fora ditador” e “queremos justiça”, aconteceu a invasão, a qual foi acompanhada de ameaças verbais a vários vereadores que votaram a favor do projeto, sendo que os alvos principais foram os parlamentares Zé Carlos de Jonas (PT) e Dudu Vasconcelos (PSDB), que, inclusive, teve que ser escoltado por policiais militares. Nesse momento, em que o PL 05/2017 iria para a votação, a sessão foi suspensa pelo presidente Leonardo Vasconcelos (PDT). Após uns 45 minutos de muita discussão, com os ânimos mais controlados, a sessão retornou e o referido projeto que tratava da extinção principalmente da Guarda Municipal foi votado e aprovado por 8 votos a 5, o que deixou o clima novamente tenso, provocando assim o encerramento da sessão por não existir mais condições para a continuidade. Moedas foram atiradas e os vereadores que foram favoráveis ao projeto foram taxados de “inimigos do povo” e “comprados”. Os vereadores que votaram a favor do prefeito foram Ilka Abreu (PR), Lia Teixeira (PDT), Vanderlei Nem (PDT), Zé Carlos de Jonas (PT), Palito (PSD), Dudu Vasconcelos (PSDB), Rei de Domingão (PSB), sendo que o presidente Leonardo Vasconcelos (PDT). Os que se posicionaram contrários foram Zé Ribeiro (PT), Gladson Dias (PDT), Lek Cabeleireiro e Elias Piau (PV) e Santinho (PTC). O vereador Zé Ribeiro foi um dos mais aplaudidos devido ao seu posicionamento, sendo muito aplaudido durante os seus pronunciamentos na tribuna livre (foto abaixo). Os projetos voltarão à pauta na sessão da próxima segunda-feira (13) para segunda votação e o clima de tensão pode ser ainda maior. 

 

(Foto: Daniel Simurro | 97NEWS)
 
 
(0) comentário(s)
publicidade
 
Rádio Alternativa FM 97,9
 
Últimos Eventos
 
 
Mais vídeos
 
publicidade
 
Comentários
 
Julieta Maria em:
Malhada de Pedras: Estado precário das estradas vicinais pode prejudicar o transporte dos alunos do meio rural
 
Lucas em:
Brumado: Secretária de Educação responde à APLB
 
Genilson Pereira em:
Brumado: Prefeito Eduardo Vasconcelos cria Lei que aumenta os gastos públicos; confira tabela
 
Milton ... em:
Presidente da APLB confirma que Brumado terá dez dias de paralisação em adesão à greve nacional
 
 
 
Categorias
 
97 News © 2010-2017. Todos os direitos reservados.
 [email protected]
Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções